Sol entra em grande Mínimo Solar podendo causar catástrofes climáticas na Terra

Tempo de leitura: 2 min.

Nosso Sol entrou em “confinamento”, conhecido como Mínimo Solar, o que poderá causar clima congelante, terremotos e fome, dizem os cientistas.

Sol entrou em grande mínimo solar e isto pode causar catástrofes climáticas
Sol entrou em grande Mínimo Solar e isto pode causar catástrofes climáticasO Sol está “limpo” e não tem manchas solares. Mínimo solar. Imagem: SDO / HMI

Atualmente, o Sol está em um período de ‘Mínimo Solar’, o que significa que a atividade em sua superfície diminuiu drasticamente.

Especialistas acreditam que estamos prestes a entrar no período mais profundo de “recessão” do Sol já registrado, já que as manchas solares praticamente desapareceram.

O astrônomo Dr. Tony Phillips disse:

O Mínimo Solar está em andamento e é profundo.

A contagem de manchas solares sugere que é uma das mais profundas desde o século passado.

O campo magnético do sol tornou-se fraco, permitindo que raios cósmicos extras entrassem no sistema solar.

O excesso de raios cósmicos representa um risco à saúde de astronautas e viajantes aéreos nos polos [da Terra], afeta a eletroquímica da atmosfera superior da Terra e pode ajudar a intensificar os relâmpagos.

Medo do novo “Mínimo de Dalton”

Os cientistas da NASA temem que possa ser uma repetição do Mínimo de Dalton, que ocorreu entre 1790 e 1830 – levando a períodos de frio brutal, perda de safra, fome e fortes erupções vulcânicas.

As temperaturas caíram até 2 ° C (3,6 ° F) em 20 anos, devastando a produção mundial de alimentos.

Em 10 de abril de 1815, a segunda maior erupção vulcânica em 2.000 anos aconteceu no Monte Tambora, na Indonésia, matando pelo menos 71.000 pessoas.

Também levou ao chamado Ano Sem Verão em 1816 – também apelidado de “mil e oitocentos e congelado até a morte” – quando houve neve em julho no hemisfério norte.

Até agora este ano, o Sol estava ‘vazio’ sem manchas solares em 76% do tempo, uma taxa superada apenas uma vez antes na Era Espacial – no ano passado, quando ficou 77% em branco.

(Fonte)


Alguém aqui espera ansiosamente pelo término do ano de 2020? Cuidado, pois nunca se sabe se pode ficar ainda pior.

E não esqueça que na nossa página principal várias notícias são publicas todos os dias. Clique aqui para acessá-la.

n3m3

Compartilhe este artigo com a galáxia!

_______

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)

_______

O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

[Devido a problemas técnicos, dispositivos móveis que acessam a versão amp (Accelerated Mobile Pages) do OVNI Hoje não terão acesso ao sistema de comentários Disqus. Neste caso, para acessar os comentários simplesmente acesse o site ovnihoje.com diretamente, e não por intermédio do sistema de procura. Estou trabalhando para tentar resolver esta questão.]

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.