Astrônomos encontram buraco negro mais próximo da Terra, e é algo estranho

Tempo de leitura: 2 min.

Este é o primeiro sistema estelar com um buraco negro que pode ser visto a olho nu.

Astrônomos encontram buraco negro mais próximo da Terra, e é estranho
Astrônomos encontram buraco negro mais próximo da Terra, e é algo estranhoIlustração. Crédito: NEXT DOOR ASTRONOMICALLY

Astrônomos do Observatório Europeu do Sul (ESO) afirmam ter visto o buraco negro mais próximo da Terra.

O buraco negro fica a apenas 1.000 anos-luz da Terra – tão perto que o sistema em que ele está pode ser visto a olho nu no céu noturno do hemisfério sul, segundo os pesquisadores.

Petr Hadrava, cientista da Academia de Ciências da República Tcheca em Praga e co-autor do artigo publicado em Astronomy & Astrophysics, disse:

Ficamos totalmente surpresos quando percebemos que este é o primeiro sistema estelar com um buraco negro que pode ser visto a olho nu.

O buraco negro era relativamente difícil de detectar porque é relativamente escuro. Os buracos negros tendem a surgir quando se alimentam da matéria das estrelas companheiras, revelando sua localização. Mas esse buraco em particular não estava exibindo esse comportamento.

Isso significa que os pesquisadores o descobriram rastreando os efeitos gravitacionais que um objeto até então desconhecido exercia sobre duas estrelas, usando um telescópio de 2,2 metros no Observatório La Silla do ESO, no Chile.

Os cientistas originalmente se interessaram pelo sistema, chamado HR 6819, porque tinha duas estrelas muito próximas.

Uma das duas estrelas do sistema parecia orbitar o buraco negro a cada 40 dias terrestres. Ao estudar sua trajetória, eles concluíram que o buraco negro era bastante massivo.

Thomas Rivinius, principal autor e cientista do ESO, informou em comunicado:

Um objeto invisível com uma massa pelo menos quatro vezes maior que a do Sol pode ser apenas um buraco negro.

Dos poucos buracos negros descobertos em nossa própria galáxia até agora, quase todos revelam sua localização liberando flashes brilhantes de raios-X à medida que interagem com o ambiente próximo. Esse buraco negro em particular só apareceu a partir do momento em que os cientistas estudaram os efeitos gravitacionais que causavam nos corpos próximos.

Isso significa que poderíamos encontrar muito mais.

Rivinus disse:

Deve haver centenas de milhões de buracos negros por aí, mas conhecemos apenas poucos. Saber o que procurar deve nos colocar em uma posição melhor para encontrá-los.

De fato, os astrônomos já descobriram evidências precoces de um segundo sistema, chamado LB-1, que também é composto por três corpos como o HR 6819.

Marianne Heida, pós-doutorada no ESO e coautora do artigo, disse:

O LB-1 está um pouco mais longe da Terra, mas ainda é muito próximo em termos astronômicos, o que significa que provavelmente existem muitos outros sistemas.

(Fonte)

Colaboração: heliojuni


Esta notícia é realmente surpreendente e mostra que temos ainda uma estrada muito longa à frente para aprendermos o básico sobre o Universo.

E não esqueça que na nossa página principal várias notícias são publicas todos os dias. Clique aqui para acessá-la.

n3m3

Compartilhe este artigo com a galáxia!

_______

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)

_______

O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

[Devido a problemas técnicos, dispositivos móveis que acessam a versão amp (Accelerated Mobile Pages) do OVNI Hoje não terão acesso ao sistema de comentários Disqus. Neste caso, para acessar os comentários simplesmente acesse o site ovnihoje.com diretamente, e não por intermédio do sistema de procura. Estou trabalhando para tentar resolver esta questão.]

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.