web analytics
OVNI Hoje!
Notícias diárias sobre OVNIs / UFOs, vida extraterrestre, bem como assuntos impactantes relacionados ao Universo e à Terra.

Homem que publicou vídeos de OVNIs reage à confirmação pelo Pentágono

Tempo de leitura: 2 min.

Como o mundo todo agora sabe, o Pentágono finalmente oficializou a liberação de três vídeos de OVNIs que tem circulado pela Internet já há algum tempo. Mas agora, o homem que trouxe os vídeos a público, começando em 2017, tem algo a dizer sobre isto.

Homem que publicou vídeos de OVNIs reage à confirmação pelo Pentágono
Luiz (Lue) Elizondo.

Desde que os vídeos (1, 2 e 3) começaram a circular na Internet, Luis (Lue) Elizondo, um ex-funcionário do Pentágono que dirigiu o Programa Avançado de Identificação de Ameaças Aeroespacial (de sigla em inglês, AATIP) e agora trabalha para a To The Stars Academy, tem dito que ele só os publicou, porque o próprio Pentágono havia permitido. Contudo, o Pentágono tem mudado sua história várias vezes desde que os vídeos se tornaram públicos, e agora diz que anteriormente eles não haviam sido liberados.

Mas veja abaixo que Elizondo disse em uma entrevista de 2018:

Os vídeos foram divulgados pelo Departamento de Defesa. O Departamento de Defesa tomou a decisão de libertá-los. Eles deveriam ser liberados, no nível não classificado, e o Departamento de Defesa, através do processo de revisão “DOPSER”, aprovou a liberação exatamente devido ao motivo pelo qual a solicitação foi feita. Então foi completamente ‘dentro da legalidade’.

Lue Elizondo – Ex-ofidial do Pentágono, AATIP

E abaixo está a última declaração de Lue Elizondo sobre a confirmação recente do Pentágono sobre os vídeos (Fonte):

Fico encorajado que a recente declaração do Pentágono confirme a validade dos três vídeos e, além disso, que eles não “colidem” com os esforços que possam estar em andamento para investigar mais o fenômeno aéreo não identificado. Essa nova declaração do Departamento reforça ainda mais minha posição de que o fenômeno é real e que nosso aparato de segurança nacional leva essas questões como um assunto sério até hoje.

No entanto, o fato do Departamento de Defesa continuar a categorizar a publicação como uma “divulgação não autorizada” quando houve ampla documentação provando o contrário é decepcionante. Como afirmado anteriormente pelo Departamento de Defesa, se houve algum erro envolvendo a publicação desses vídeos, ele ficou sob a responsabilidade do Departamento de Defesa e não o meu ou de meus colegas da AATIP.

Lue Elizondo – Ex-ofidial do Pentágono, AATIP

Em quem acreditar?

Bem, conhecendo o modus operandi de órgãos governamentais, eu colocaria mais fé no Luis Elizondo, até porque o Pentágono tem mudado sua posição várias vezes desde que os vídeos foram publicados na Internet. Mas, de qualquer forma, o que importa é que agora o Pentágono não tem mais como voltar atrás quanto à autenticidade dos vídeos.

Em tempo, como já era de se esperar, muitos “professores da impossibilidade” agora estão afirmando que os objetos vistos nos vídeos são aeronaves convencionais e até mesmo balões. É claro, sem tirarem seus traseiros de suas confortáveis cadeiras ou sequer saberem dos intrigantes detalhes destes avistamentos, eles acham que sabem mais do que as próprias testemunhas que viram os objetos, as quais eram militares altamente treinados e familiarizados com qualquer tipo de aeronave convencional.

Esses “professores da impossibildade” sempre lutam com unhas e dentes para se sentirem mais inteligentes do que realmente são. Afinal, é muito mais fácil negar o fenômeno OVNI do que investigar a fundo sua origem.

Bem, não que os objetos vistos nos vídeos sejam naves extraterrestres, mas certamente aeronaves convencionais não conseguem descer de 80.000 pés (24.000 metros) para cerca de 28.000 pés (8.500 metros) em alguns segundos, e de 28.000 pés para um pouco acima do nível do mar em menos de um segundo, como afirmaram os operadores de radar na época.

Este fato por si só levou o físico quântico, Dr. Jack Sarfatti, afirmar que esses objetos não poderiam ter sido construídos com material “convencional” da indústria aeroespacial, e que provavelmente podem até ter viajado pelo tempo.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe esta informação com a galáxia!

[Sassy_Social_Share]



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.

Obs: A versão AMP do site não possui área de comentários. Para comentar, favor acessar o OVNI Hoje sem a extensão /amp no endereço do artigo, ou acesse através do seu computador desktop.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More