Marinha dos EUA responde a questionamento sobre OVNIs

Tempo de leitura: 2 min.

A carta completa e não editada, enviada ao deputado Mark Walker dos EUA, foi agora divulgada ao público.

Marinha dos EUA responde a questionamento sobre OVNIs
Crédito da montagem: The Drive

Em 6 de julho de 2019, Walker escreveu uma carta à Marinha dos EUA solicitando respostas sobre avistamentos de objetos voadores não identificados (OVNIs) e, em particular, casos de alto perfil, como o incidente do USS Nimitz.

Uma resposta, que foi enviada originalmente a Walker em 31 de julho pelo então subsecretário da Marinha Thomas Modly, agora foi totalmente divulgada ao público.

Modly escreveu:

Houve vários relatos de aeronaves não autorizadas e/ou não identificadas entrando em várias faixas de treinamento controladas por militares e no espaço aéreo designado nos últimos anos.

O Departamento da Marinha (de sigla em inglês, DON) leva esses relatórios muito a sério e continua registrando avistamentos e investigando completamente os relatos.

A ampla proliferação e disponibilidade de sistemas aéreos não tripulados (de sigla em inglês, UAS – para “Unmanned aerial systems”) de baixo custo tornaram cada vez mais o conflito de espaço aéreo um problema para nossos aviadores.

 As tripulações navais receberam orientações de relatórios para determinar a frequência e a localização dos UAS operando nas áreas de treinamento.

A orientação apóia análises objetivas, baseadas em dados, de incursões. O DON continua a dedicar recursos ao rastreamento e investigação de relatórios que podem afetar a segurança de nossas tripulações aéreas.

A carta parece evitar qualquer menção ao incidente com o USS Nimitz ou outros casos de OVNI bem divulgados e, em vez disso, enfoca as preocupações colocadas pelos drones aéreos não tripulados convencionais.

Walker disse ao site Politico:

Embora eu esteja encorajado, pelo fato que o Subsecretário da Marinha confirmou que os encontros com UAPs [mesma coisa que OVNIs] são totalmente investigados, há uma frustração com a falta de respostas a perguntas específicas sobre a ameaça que aeronaves superiores que voam no espaço aéreo dos Estados Unidos podem representar.

Embora pareça altamente improvável que a Marinha dos EUA não esteja investigando ativamente esses incidentes, parece igualmente improvável que algum dia os discuta abertamente, mesmo com membros do Congresso.

(Fonte)


A quem possa interessar, abaixo está uma cópia da carta em inglês enviada pela Marinha ao deputado Walker:

Infelizmente, os OVNIs ainda são um grande tabu para os militares, e este fato torna a abertura por parte deles muito difícil. E suas insinuações de que se tratam de sistemas aéreos não tripulados – possivelmente até drones que você pode comprar hoje em qualquer loja de eletrônicos – não passa de uma grande falácia para acobertar os casos.

n3m3

Compartilhe este artigo com a galáxia!

_______

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais, ou use o botão abaixo:


_______

O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.