Trump anuncia planos para Força Espacial, Lua e Marte no discurso do Estado da União

Tempo de leitura: 2 min.

A exploração espacial foi mencionada de forma incisiva no discurso do Estado da União do presidente Donald Trump, na noite de terça-feira (4 de fevereiro).

Trump anuncia planos para Força Espacial, Lua e Marte no discurso do Estado da União
Donald Trump falando durante seu discurso do Estado da União em 4 de fevereiro de 2020. (Crédito da imagem: WhiteHouse.gov)

Durante o discurso de quase 80 minutos, Trump elogiou o recente estabelecimento da Força Espacial – o primeiro novo ramo militar dos EUA a ser levantado desde a Força Aérea em 1947 – como uma das principais realizações de seu governo até agora.

E um dos convidados especiais do presidente para o discurso do Estado da União, que é realizado todos os anos na Câmara dos Deputados do edifício do Capitólio dos EUA, era uma criança com sonhos da Força Espacial.

Trump disse:

Na galeria hoje à noite, temos um jovem cavalheiro. E o que ele tanto deseja – 13 anos – Iain Lanphier, ele é do oitavo ano do Arizona. Iain, por favor, levante-se. Iain sempre sonhou em ir para o espaço. Ele foi o primeiro de sua classe e o mais jovem de uma academia de aviação. Ele aspira ir para a Academia da Força Aérea e depois está de olho na Força Espacial. Como diz Iain, “a maioria das pessoas olha para o espaço; eu quero olhar o mundo lá de cima”.

O presidente Trump também fez referência ao programa Artemis da NASA de exploração lunar tripulada. Artemis pretende colocar os astronautas na superfície da Lua até 2024 e usar o vizinho mais próximo da Terra como campo de treinamento para missões tripuladas a Marte na década de 2030.

A NASA originalmente alvejou 2028 para o pouso lunar humano, que será o primeiro desde a missão Apollo 17 em 1972, mas o vice-presidente Mike Pence anunciou um cronograma acelerado em março do ano passado. (No mês passado, o Comitê de Ciência da Câmara introduziu um projeto de lei de apropriações que redirecionaria 2028 para o pouso lunar. Mas esse projeto ainda tem um longo caminho a percorrer antes de ser promulgado por lei.)

Trump disse durante o discurso:

Ao reafirmar nossa herança como nação livre, devemos lembrar que a América sempre foi uma nação de fronteira. Agora devemos abraçar a próxima fronteira: o destino manifesto da América nas estrelas. Estou pedindo ao Congresso que financie totalmente o programa Artemis para garantir que o próximo homem e a primeira mulher na lua sejam astronautas americanos, usando isso como plataforma de lançamento para garantir que a América seja a primeira nação a plantar sua bandeira em Marte.

Em breve veremos que tipo de financiamento ele tem em mente; a Casa Branca deve apresentar sua solicitação de orçamento federal para 2021 na segunda-feira (10 de fevereiro).

O presidente Trump causou várias notícia sobre o espaço durante seus primeiros três anos no cargo. Há a Força Espacial, é claro, e a Diretiva de Política Espacial-1, que colocou oficialmente o programa de voos espaciais humanos do país no caminho da Lua para Marte. (O presidente Barack Obama havia instruído a NASA a levar as pessoas a Marte, mas a usando um asteroide como trampolim.)

Trump também assinou duas outras diretrizes de política espacial, que tratam do gerenciamento do tráfego espacial e da regulamentação das atividades comerciais no espaço, respectivamente. E em 2017, Trump ressuscitou o Conselho Nacional do Espaço (de sigla em inglês, NSC), que ajuda a orientar a política espacial americana.

O vice-presidente Pence preside o NSC, que esteve ativo pela última vez no início dos anos 90, durante a presidência de George H.W. Bush.

(Fonte)


Se Trump quiser que seus astronautas pisem na Lua antes de outra nação, é melhor ele apurar, pois a China parece estar caminhando a passos largos nessa direção, assim como a Índia.

Aliás, há quem diga que tudo isso é uma farsa, e que existe um programa espacial secreto já viajando entre as estrelas.

A verdade? Difícil dizer.

Não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

n3m3

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.