Água está a 2,5 cm de profundidade do solo de Marte

Tempo de leitura: 3 min.

Quando os primeiros astronautas pousarem em Marte, eles não poderão levar tudo o que precisam. A logística e o peso de transportar tanto material em uma espaçonave, junto com uma tripulação, desafiam a tecnologia atual.

Água está a 2,5 cm de profundidade do solo de Marte
Os leitos de rio até mostram evidências de água fluindo, ao invés de corpos estagnados do derretimento de geleiras. Crédito: ESA

Embora os cientistas da NASA tenham discutido missões para entregar materiais ao Planeta Vermelho antes de uma missão tripulada, pode haver recursos em Marte que poderiam ser usados.

Um desses recursos essenciais é a água, mas a determinação de como acessar a água é igualmente crucial. Saber a localização da água acessível em Marte pode até ajudar a determinar um local de pouso para uma missão tripulada.

Um novo estudo publicado esta semana na revista Geophysical Research Letters mostra um mapa de gelo d’água que pode estar a apenas 2,5 centímetros abaixo da superfície empoeirada.

Antecedendo qualquer missão tripulada, os robôs exploram Marte há anos. Os jipes-sonda investigaram a superfície em busca de sinais de vidas passadas e evidências de água, enquanto as sondas espaciais orbitam Marte e mapeiam o planeta.

Dados do Mars Reconnaissance Orbiter da NASA e do Mars Odyssey Orbiter também foram capazes de detectar a assinatura de gelo d’água abaixo da superfície.

Sylvain Piqueux, autor do estudo no Jet Propulsion Laboratory da NASA, disse:

Você não precisaria de uma retroescavadeira para desenterrar este gelo. Você poderia usar uma pá. Continuamos a coletar dados sobre o gelo enterrado em Marte, procurando os melhores lugares para os astronautas pousarem.

Marte já foi um planeta quente que poderia potencialmente suportar a vida e a água em sua superfície. Mas algo mudou cerca de 3,5 bilhões de anos atrás e ele perdeu a maior parte de sua atmosfera. Hoje existe apenas uma atmosfera fina, permitindo que gases como o vapor de água escapem. E se a água estivesse na superfície agora, ela evaporaria instantaneamente.

Mas a água existe em Marte na forma de gelo abaixo da superfície, tanto nos pólos quanto nas latitudes médias do planeta. O gelo polar é o mais conhecido porque os orbitadores o fotografaram. Os meteoros até ajudaram a aumentar a compreensão do gelo polar porque o impactam, permitindo que as sondas orbitais tirem fotos do gelo perturbado.

O Phoenix Lander da NASA conseguiu raspar e provar o gelo polar para confirmar que era gelo d’água em 2008.

Ambas sondas espaciais orbitadoras têm instrumentos a bordo sensíveis ao calor, o que é relevante para o gelo subterrâneo, porque ele altera a temperatura da superfície em Marte. Os pesquisadores também usaram o espectrômetro de raios gama da sonda Odyssey para coletar dados que ajudaram a mapear as áreas onde o gelo d’água poderia ser encontrado.

Além do gelo de água que eles já conheciam nos pólos e na região equatorial, os dados também revelaram áreas em que o gelo de água pode estar logo abaixo da superfície.

Muito parecido com a Lua, há partes de Marte que tornariam o planeta já congelante inóspito para os astronautas – como os pólos. Fatores como temperatura e exposição à luz solar devem ser considerados.

Isso faz com que as partes norte e sul da região equatorial sejam atraentes. O hemisfério norte também é mais adequado como ponto de aterrissagem para uma missão tripulada, porque a elevação é mais gerenciável e há mais atmosfera para ajudar a desacelerar o pouso.

Os pesquisadores querem aprender mais sobre o gelo subterrâneo e se ele varia ao longo das estações marcianas.

Leslie Tamppari, cientista do projeto Mars Reconnaissance Orbiter, disse:

Quanto mais procuramos gelo próximo à superfície, mais encontramos. Observar Marte com várias naves espaciais ao longo dos anos continua a nos fornecer novas maneiras de descobrir esse gelo.

(Fonte)

Colaboração: Lênio


Deixa ver se eu entendi. O artigo diz:

O hemisfério norte também é mais adequado como ponto de aterrissagem … há mais atmosfera para ajudar a desacelerar o pouso.

Então, a atmosfera em Marte não é homogênea? Há mais atmosfera em determinados pontos do planeta? Isso significa que ela é mais espessa, ou ela sobe mais alto que em outras partes de Marte?

Se for mais espessa, agora eu sei porque o helicóptero que a NASA pretende enviar a Marte irá funcionar: eles sempre disseram que a atmosfera de Marte era muito fina, mas não nos contaram que há uma região onde ela é mais espessa!

Pode isso Arnaldo? 😀 😀 😀

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.