Avião espacial secreto da Força Aérea dos EUA quebra recorde de permanência no espaço

Tempo de leitura: 2 min.

O avião espacial da Força Aérea dos EUA conduziu experimentos em órbita por 780 dias durante sua missão, quebrando recentemente seu próprio recorde ao permanecer em órbita por mais de dois anos. Atualmente, o número total de dias em órbita para todo o programa de veículos de teste é de 2.865 dias.

Avião espacial secreto da Força Aérea dos EUA quebra recorde de permanência no espaço
Seus experimentos no espaço são secretos.

A secretária da Força Aérea, Barbara Barrett, disse:

O X-37B continua demonstrando a importância de um avião espacial reutilizável. Cada missão sucessiva aprimora as capacidades espaciais de nossa nação.

Esta é a principal espaçonave reutilizável e não tripulada da Força Aérea, fornecendo desempenho e flexibilidade para melhorar as tecnologias de uma maneira que permita que cientistas e engenheiros recuperem experimentos testados em um ambiente espacial de longa duração.

O Chefe de Gabinete da Força aérea, Gen. David L. Goldfein, disse:

O retorno seguro desta nave espacial, depois de quebrar seu próprio recorde de resistência, é o resultado da parceria inovadora entre governo e indústria. O céu não é mais o limite para a Força Aérea e, se o Congresso aprovar, para a Força Espacial dos EUA.

Gerenciado pelo Air Force Rapid Capabilities Office (Escritório de Capacidades Rápidas da Força Aérea), o programa X-37B realiza redução de riscos, experimentação e conceito de desenvolvimento de operações para tecnologias de veículos espaciais reutilizáveis.

Randy Walden, diretor do Escritório de Capacidades Rápidas da Força Aérea, disse:

Esse programa continua a ser o único veículo espacial reutilizável do mundo. Com um pouso bem-sucedido hoje, o X-37B completou seu voo mais longo até o momento e completou com sucesso todos os objetivos da missão.

Essa missão hospedou com sucesso experimentos do Laboratório de Pesquisa da Força Aérea, entre outros, além de fornecer uma carona para pequenos satélites.

A capacidade distintiva de testar novos sistemas no espaço e devolvê-los à Terra é exclusiva do programa X-37B, e permite que os EUA desenvolvam de maneira mais eficiente e eficaz as capacidades espaciais necessárias para manter a superioridade no domínio espacial.

O Tenente-Coronel Jonathan Keen, gerente do programa X-37B, disse:

Esta nave espacial é um componente essencial da comunidade espacial. Esse marco demonstra nosso compromisso em realizar experimentos para a futura exploração espacial da América…

Esta é a segunda vez que o X-37B aterrissará no Centro Espacial Kennedy – Missão 4, após 718 dias em órbita. O avião espacial foi projetado para uma duração em órbita de 270 dias…

A quinta missão foi lançada em 7 de setembro de 2017 da Estação da Força Aérea de Cabo Canaveral, na Flórida, a bordo de um foguete Space X Falcon 9, e a Força Aérea está se preparando para lançar a sexta missão X-37B da CCAFS em 2020.

(Fonte)

Colaboração: Jacque, Lênio

——

Só que não contam para ninguém exatamente quais tipos de experimentos eles estão fazendo lá em cima. Por enquanto, é tudo segredo.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:


AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.