Cientista-chefe da NASA: “Estamos perto de encontrar e anunciar vida alienígena em Marte … mas o mundo está pronto?”

Tempo de leitura: 4 min.


O mundo não está preparado para a descoberta da vida em outro planeta, mesmo que demore apenas alguns anos, alertou o cientista chefe da NASA.

Cientista-chefe da NASA: "Estamos perto de encontrar e anunciar vida alienígena em Marte
Dr. Jim Green, Cientista-Chefe da NASA

No próximo verão, dois veículos espaciais da NASA e da Agência Espacial Européia (ESA), viajarão para Marte para perfurar horizontalmente rochas e profundamente na superfície, na esperança de encontrar evidências de organismos vivos.

As missões são as melhores chances que a humanidade terá de responder à pergunta: ‘Estamos sozinhos no universo?’

O Dr. Jim Green, que foi fundamental em ambas as missões, disse ao The Telegraph que existe uma possibilidade real de que um ou ambos sejam bem-sucedidos. No entanto, isso teria implicações de longo alcance, e ele acredita que a Terra não está pronta.

Ele disse:

Será revolucionário. É como quando Copérnico declarou “não, nós caminhas ao redor do Sol”. Completamente revolucionário. Isso começará uma nova linha de pensamento. Acho que não estamos preparados para os resultados. Não estamos.

Tenho estado preocupado com isso porque acho que estamos perto de encontrá-la e de fazer alguns anúncios.

O que acontecerá a seguir é um novo conjunto de questões científicas. Essa vida é como nós? Como nos relacionamos? A vida pode passar de planeta a planeta ou temos uma centelha e apenas o ambiente certo e essa centelha gera vida – como nós ou não como nós – com base no ambiente químico em que está?

Cientista-chefe da NASA: "Estamos perto de encontrar e anunciar vida alienígena em Marte
Jipe-sonda ExoMars durante testes no deserto espanhol CRÉDITO: GEOFF PUGH

O jipe-sonda ExoMars da Europa está programado para pousar no Planeta Vermelho em março de 2021. Apelidado de ‘Rosalind’ em homenagem à química britânica Rosalind Franklin, a sonda perfurará 2 metros no chão para colher amostras.

Os núcleos marcianos serão então alimentados através de uma abertura no veículo espacial para um laboratório móvel, onde serão triturados e examinados quanto à matéria orgânica. A confirmação da vida pode ocorrer poucas semanas ou meses após o pouso.

Da mesma forma, o jipe-sonda Mars2020 da NASA perfurará formações rochosas na superfície e deixará as amostras em tubos de ensaio que serão coletados e enviados de volta à Terra para exame. Esta será a primeira vez que o material de Marte será trazido de volta.

Fundamentalmente, os cientistas estarão procurando os 300 minerais que só podem ser produzidos pela vida.

As sondas estarão pesquisando perto do local de um antigo oceano marciano, onde a vida pode ter vivido bilhões de anos atrás, quando o Planeta Vermelho era ‘azul’ como a Terra.

Jim Green / Cientista Chefe da NASA CRÉDITO: MAX ALEXANDER / Agência Espacial do Reino Unido

Green adicionou:

Estou empolgado com essas missões porque elas têm a oportunidade de encontrar vida, realmente o fazem, e eu quero que elas o façam.

Nós nunca fizemos isso tão profundamente. Quando os ambientes são extremos, a vida se move para as rochas.

Quando começamos o campo da astrobiologia, nos anos 90, começamos a procurar vida extrema. Descemos em minas a três quilômetros de profundidade na Terra e, se estavam encharcadas com água, estavam cheias de vida.

Fomos a fossos nucleares, lugares onde você acha que nada poderia sobreviver e eles são cheios de vida. E no final das contas, onde há água, há vida.

De fato, porque a crosta possui muita água, sabemos agora que há mais vida abaixo de nossos pés do que na superfície da Terra, e até mesmo a vida no oceano.

Green, que trabalha na NASA há 38 anos, acredita que, além de pequenos organismos em outros planetas, pode haver ‘vida estranha’ na lua de Saturno, Titã, e até civilizações nas regiões não tão distantes da galáxia.

Cientista-chefe da NASA: "Estamos perto de encontrar e anunciar vida alienígena em Marte
Jim Green / Cientista Chefe da NASA CRÉDITO: MAX ALEXANDER / Agência Espacial do Reino Unido

Pesquisas recentes também descobriram que áreas em sistemas solares que os cientistas consideravam inabitáveis ​​podem ter mantido água no estado líquido.

Dizem que planetas que não são muito quentes ou muito frios para água líquida estão na ‘Zona Cachinhos Dourados’, mas este mês a modelagem computacional mostrou que Vênus pode ter mantido a água por bilhões de anos, apesar de estar tão perto do Sol. A Lua também é agora conhecida por ter um ciclo da água.

O Dr. Green ainda disse:

Este conceito de como é uma ‘Zona Cachinhos Dourados’ precisa ser modificada.

Vênus foi um planeta azul por um período significativo de tempo.

Não há razão para pensar que não há civilizações em outros lugares, porque estamos encontrando exoplanetas em todo o lugar.

Agora sabemos pelas observações do [telescópio espacial] Kepler que existem mais planetas na galáxia do que estrelas.

Se estivéssemos indo a algum lugar para procurar uma vida que não é como nós, iríamos para Titã.

Em Titã, você substitui a água pelo metano, para ter um tipo de vida diferente, um novo conjunto de produtos químicos que comporiam um novo tipo de DNA. Seria realmente estranho.

As missões NASA e ESA decolarão no mesmo mês que outros projetos de Marte dos Emirados Árabes Unidos (EAU) e China.

O Dr. Green disse:

Todos estão indo ao mesmo tempo, porque é quando a janela se abre. É como a hora do rush para Marte, mas é aí que o alinhamento dos planetas é perfeito e podemos chegar lá o mais rápido possível, e não perseguindo Marte ao redor do Sol.

O veículo espacial da NASA entrará na atmosfera a 6 km por segundo e, para desacelerar, o módulo de aterrissagem deve virar para o lado e viajar na vertical para captar força suficiente para não cair na superfície. A sonda pousará e posicionará o veículo suavemente na superfície usando um “guindaste celeste”.

Ele adicionou:

Temos um pouco de espaço de manobra, mas ainda é como arremessar uma bola de golfe desde Nova Iorque e fazer com que ela acerte um buraco de primeira em Los Angeles.

A NASA pode fazer isso. Fazemos o impossível e o fazemos todos os dias. O mesmo acontece com a ESA. Nossas agências espaciais fazem coisas incríveis. Elas fazem milagres o tempo todo.

(Fonte)


É empolgante que as agências espaciais estejam indo até Marte para mais pesquisas, mas, para mim, as declarações do cientista só vêm a confirmar aquilo que tenho dito várias vezes: Anunciar a existência de vida alienígena abertamente não faz parte da agenda da NASA. E vou mais longe, eles já a encontraram há muito tempo.

Alguém tem dúvida disso?

n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

-------

BOMBANDO NO planetaabsurdo.com.br:

PORCOS VIVOS SÃO USADOS EM TESTES DE COLISÃO DE AUTOMÓVEIS

-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.