Novo laser pode fazer um buraco na realidade

Tempo de leitura: < 1 min.


A prestigiosa revista de física acadêmica Physical Review Letters publicou um artigo esta semana sobre a tecnologia laser de ponta – e, se acreditarmos nos blogueiros, isso pode ter ramificações extraordinárias.

Novo laser pode fazer um buraco na realidade
IMAGENS VIA PIXABAY/VICTOR TANGERMANN

O artigo em si é seco e técnico, mas a interpretação das descobertas pelo proeminente blog de tecnologia Ars Technica é tudo menos isso. De acordo com o Ars, de fato, a tecnologia que ele descreve poderia pulsar um laser “através do tecido do Universo”.

Espelho de plasma

Um problema importante dos lasers superpoderosos, de acordo com a explicação do Ars, é que eles tendem a destruir tudo o que você usa para focar o feixe.

A ideia por trás do artigo, de um pesquisador da Université Paris-Saclay, é que você pode usar um espelho feito de plasma – você sabe, o material ultra-quente do qual o Sol é feito – para focalizar o raio.

Do além

E se eles conseguirem isso, de acordo com o Ars – e devemos ressaltar novamente que tudo isso parece muito hipotético – o laser poderia se transformar “no próprio tecido do espaço e do tempo”.

O editor do Ars, Chris Lee, escreveu:

Isso funcionará na realidade? Acho que sim, Então, é claro, todos podem olhar maravilhados para o buraco que fizeram.

(Fonte)

Colaboração: Gustavo Moraes


n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.