China revela imagem do material misterioso encontrado na Lua


O programa de exploração lunar da China divulgou imagens que nos dão um vislumbre do material misterioso encontrado na Lua.

China revela imagem do material misterioso encontrado na Lua
O veículo espacial lunar Yutu-2 da China capturou essa imagem da borda da pequena cratera, onde encontrou um material misterioso, semelhante a um gel. (Crédito da imagem: CNSA / CLEP)

O Yutu-2, o veículo lunar da missão Chang’e-4 da China, chamou a atenção no mês passado, depois que sua equipe de avistamento descobriu algo incomum enquanto andava perto de uma pequena cratera. Uma publicação científica na língua chinesa que anunciou as descobertas em 17 de agosto, usou o termo ‘胶状 物’ (jiao zhuang wu), que pode ser traduzido como ‘semelhante a gel’. Essa noção despertou amplo interesse e especulação entre os cientistas lunares.

Agora, os cientistas deram uma olhada nesse material curioso, graças a um post (chinês) lançado no fim de semana pela publicação científica, por meio de sua conta de rede social WeChat. Juntamente com novas imagens do material na Lua, o post detalha como a equipe Yutu-2 abordou cuidadosamente a cratera para analisar o espécime, apesar dos riscos.

China revela imagem do material misterioso encontrado na Lua
Uma imagem cortada mostrando a área destacada da substância. .(Crédito da imagem: CNSA / CLEP)

A foto em preto e branco compactada vem de uma câmera usada para evitar obstáculos no veículo espacial. Suspeita-se que a área verde, retangular e o círculo vermelho estejam relacionados ao campo de visão do instrumento Espectrômetro Visível e Infravermelho Próximo (VNIS), e não ao objeto em si, de acordo com alguns cientistas lunares…

Após obter o primeiro conjunto de dados que a câmera coletou na cratera em julho, a equipe do Yutu-2 considerou insatisfatório devido às sombras, de modo que os membros da equipe tentaram uma segunda abordagem e medição durante o dia lunar seguinte em agosto. Segundo a publicação científica chinesa, uma detecção satisfatória foi feita – mas os resultados não foram divulgados.

Clive Neal, um cientista lunar da Universidade de Notre Dame, disse ao Space.com que, embora a imagem não seja ótima, ela ainda pode dar pistas sobre a natureza do material.

Neal disse que o material destacado no centro da cratera se assemelha a uma amostra de vidro de impacto encontrada durante a missão Apollo 17 em 1972. A amostra 70019 foi coletada pelo astronauta Harrison Schmitt, um geólogo treinado, de uma cratera nova de 3 metros em diâmetro, semelhante à abordada pelo Yutu-2

Neal descreve a 70019 como sendo feita de microbreccia escura e coerente – fragmentos quebrados de minerais cimentados juntos – e vidro preto brilhante. “Acho que temos um exemplo aqui do que o Yutu-2 viu”, disse Neal.

Impactos de alta velocidade na superfície lunar derretem e redistribuem as rochas através das crateras que fazem e podem criar rochas vítreas e ígneas e estruturas cristalinas.

Quanto a ser incomum e “misterioso”, conforme descrito no relato inicial da China, “é esperado ter crateras parecidas com as do Yutu-2 e onde 70019 foram coletadas”, disse Neal…

A equipe do Yutu-2 terá ótimas imagens para trabalhar, e isso pode sugerir algo diferente. No entanto, as imagens da missão Chang’e-4 podem demorar para serem divulgadas publicamente em até um ano após terem sido obtidas.

Dan Moriarty, bolsista do Programa de Pós-Doutorado da NASA no Goddard Space Flight Center em Greenbelt, Maryland, concorda que é difícil fazer uma avaliação definitiva da composição química da substância, dada a baixa qualidade da imagem e a seção colorida sobreposta na imagem Yutu-2.

Moriarty disse ao Space.com que o material descrito parece um pouco mais brilhante que o material circundante, embora o brilho real seja difícil de confirmar nas fotografias. Nesse caso, o contraste pode ser devido às diferentes origens dos respectivos materiais.

Moriarty disse:

O Chang’e-4 pousou em uma cratera cheia de basalto, que normalmente é escura. Os materiais crustais das regiões altas são tipicamente mais brilhantes, então isso seria um candidato em potencial.

‘Será muito interessante ver o que o espectrômetro vê e, se as imagens de alta resolução forem disponibilizadas.

O Yutu-2 está indo para oeste do local de pouso Chang’e-4 na cratera Von Kármán desde o histórico pouso lunar de 2 de janeiro, cobrindo 285 metros até agora.

(Fonte)


Abaixo está uma foto da amostra lunar 70019 obtida pela Apollo 17, a qual o cientista da Universidade de Notre Dame, Clive Neal, comparou com o material misterioso que a sonda chinesa encontrou no lado oculto da Lua.

Com todo respeito ao cientista Clide Neal, embora a foto da amostra obtida pela NASA mostre um material petrificado devido ao impacto de um meteoro numa cratera lunar, ele não se parece nem um pouco como ‘gel’, que foi a descrição feita pelos cientistas chineses daquilo que encontraram recentemente.

Eu diria que os cientistas chineses saberiam diferenciar entre uma rocha petrificada pelo calor do impacto de um meteoro e um material gelatinoso, não é mesmo.

Será interesse ver os resultados dos futuros testes e novas fotos mais detalhadas desse material misterioso encontrado na Lua, pois pode ser algo completamente diferente daquilo que já encontraram na Lua antes.

n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.