web analytics

Este poderá ser o traje espacial que os astronautas usarão em Marte

Tempo de leitura: 2 minutos


Cinquenta anos depois de Neil Armstrong pisar na lua, vestindo um traje espacial fabricado pela ILC Dover, a empresa de fabricação aeroespacial com sede no estado de Delaware está lançando dois novos modelos.

Este poderá ser o traje espacial que os astronautas usarão em Marte
Trajes espaciais Sol e Astro. Crédito: ILC Dover

A empresa anunciou dois novos trajes espaciais em 28 de agosto, chamados Sol e Astro.

Diferentemente de outros trajes que a empresa produziu, como a unidade de mobilidade extraveicular (de sigla em inglês, EMU) e o traje Apolo, esses novos trajes espaciais são construídos com a adaptabilidade em mente.

Projetados para serem adaptáveis

O Astro é um traje espacial construído para caminhadas espaciais e exploração planetária, enquanto o Sol é projetado para ser usado dentro da cabine de uma espaçonave durante lançamentos e aterrissagens.

Trajes espaciais ganharam as manchetes recentemente, quando a NASA cancelou sua primeira caminhada espacial feminina. Os dois astronautas programados não poderiam usar os trajes espaciais disponíveis na ISS sem configurações extensas. O modelo atual remonta à década de 1970, quando os astronautas eram todos homens.

O traje Astro é mais facilmente configurável e pode ajudar a resolver esses problemas logísticos. Ele também é redimensionável sem ferramentas, de acordo com Dan Klopp, diretor de marketing de produtos da ILC Dover.

Este poderá ser o traje espacial que os astronautas usarão em Marte
Traje espacial Astro. Credito: ILC Dover

O Astro não apenas permite trocas rápidas de peças em órbita, ele disse, mas “quem está levando o traje ao espaço [pode] economizar volume e peso ao lançar essas coisas em órbita.” Isso porque você pode pegar um traje e modificá-lo para pessoas diferentes, em vez de levar vários deles.

No espaço, peso (ou massa) é dinheiro. Cada quilo lançado em órbita custa milhares de dólares. Trajes espaciais mais leves significam mais massa disponível para experimentos, equipamentos ou combustível.

Um traje espacial para outro planeta

O Astro também possui acomodações em seu design para caminhadas espaciais flutuantes – onde é necessária pouca mobilidade da parte inferior do corpo – ou para caminhadas em destinos futuros, como a Lua ou Marte.

Anteriormente, os projetistas de trajes espaciais tinham que escolher entre um design ou outro. Isso inclui uma estrutura de botas que pode ser modificada dependendo do terreno, a opção para incluir melhores articulações e materiais articulados que possam suportar os rigores do espaço ou da exploração planetária.

O Astro também vem com uma melhor visibilidade do capacete. Os futuros exploradores que percorrerem terrenos irregulares poderão ver seus pés, ao contrário dos astronautas da Apolo.

Os famosos saltos que os astronautas davam foram adotados em parte devido à sua visibilidade limitada, disse Klopp. Mas ainda era um problema, com astronautas tropeçando em pedras e outros equipamentos. Durante a Apolo 16, o astronauta John Young acidentalmente soltou um cabo em um experimento de fluxo de calor com os pés.

O traje Sol é destinado a algumas das fases mais perigosas do trabalho de um astronauta: o lançamento no espaço e o pouso na Terra.

Traje espacial Sol. Crédito: ILC Dover

Como o Astro, o Sol usa juntas altamente articuladas, um capacete com um amplo campo de visão e materiais leves para manter os astronautas confortáveis.

Sol e Astro estão a caminho do mercado, diz Klopp. A ILC está aguardando que seus clientes ofereçam suas especificações exclusivas antes de prosseguir, diz ele, e ambos poderão estar prontos dentro de vários meses. Por exemplo, o traje Astro poderia funcionar com uma mangueira amarrada ou uma mochila de suporte à vida.

(Fonte)


n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.



Participe dos comentários mais abaixo…