Curso do Itamaraty pergunta como proceder em caso de invasão de alienígenas

Tempo de leitura: 2 min.

Por que o Itamaraty se preocupa com invasão alienígena? Veja abaixo a informação recém publicada no blog de Mateu Leitão, no site G1:

Curso do Itamaraty pergunta como proceder em caso de invasão de alienígenas

Em exercícios aplicados a alunos do curso de formação para promoção na carreira de oficial de Chancelaria, o Itamaraty perguntou o que eles fariam diante de uma “invasão de alienígenas oriundos de Beta Centauri”.

O questionamento faz parte de apostila dos alunos do curso deste semestre e foi inserido no exercício apresentado aos oficiais de chancelaria sobre gestão patrimonial.

A questão cria um cenário hipotético, no qual acontecem um terremoto, um tsunami, a explosão de uma bomba atômica e, enfim, a invasão de alienígenas.

Nessa situação quase apocalíptica, a apostila pergunta qual deveria ser a prioridade do responsável pela gestão patrimonial no ambiente descrito: “Um terremoto atingiu o Posto, ao mesmo tempo que um tsunami, a explosão de uma bomba atômica por um grupo terrorista e a invasão de alienígenas oriundos de Beta Centauri. Qual deverá ser a prioridade do responsável pela gestão patrimonial?”…

Pergunta feita em apostila do Itamaraty em exercício apresentado aos oficiais de chancelaria sobre gestão patrimonial — Foto: Reprodução

A notícia ainda informa que, quando o blog procurou o Itamaraty, foi explicado através da assessoria de imprensa queo conteúdo que aborda a suposta invasão alienígena faz parte do material didático do curso de Gestão Patrimoniale queo objetivo principal seria reforçar que, em uma situação de extremo pânico, como abalos sísmicos, terremotos ou a dominação da Terra por extraterrestres, o mais importante seria a preservação da vida, e não a gestão dos bens patrimoniais“.

Ainda de acordo com o blog no G1, a assessoria ainda destacou queTerremotos, incêndios, guerras, invasões alienígenas, etc.: preocupe-se com as pessoas, não com os bens (existem também preocupações relacionadas a documentos e segurança de informações, mas que também estão fora da alçada da gestão patrimonial)“.

Foi informado também que o Itamaraty usa recursos retóricos exclusivamente para fins didáticos.

Bem, tudo que posso dizer, sendo este exemplo sido usado como recurso retórico ou não, sinceramente não sei porque há tanto ênfase em sempre mostrar alienígenas como sendo maléficos, quando, na verdade, há muito mais mal presente neste mundo vindo de certos elementos da raça humana.

Para mim, todas essas instâncias cheiram muito mal nesse dias.

Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.

Colaboração: Marcelino, Lênio, NINGUEM, Carlos, O’Neil, André Machado

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.