Desacobertamento Cósmico – William Tompkins – 2

Tempo de leitura: 2 min.


Como parte da série Desacobertamento Cósmico de Eduardo LBM, aqui esta a segunda parte do documentário sobre William Tompkins. A primeira parte pode ser encontrada aqui:

Desacobertamento Cósmico - William Tompkins - 2

Quando adolescente, o olho atento de William Tompkins para detalhes quase o colocou em água quente com a Marinha, já que seus modelos de navios da Marinha incluíam especificações classificadas. No entanto, a Marinha se interessou por suas capacidades e o recrutou em seus programas de Inteligência para trabalhar em projetos de tecnologia avançada. Depois da Marinha, Tompkins trabalhou em ‘think tanks’ altamente classificados, projetando armas avançadas para empresas aeroespaciais, incluindo North American Aviation, Northrop e Douglas Aircraft Company. Ele até ajudou com os programas espaciais Saturn e Apollo da NASA. Neste vídeo entrevista, ele vem revelar que seus muitos anos com programas clandestinos incluíam muito mais do que projetar a tecnologia convencional. Com inteligência naval, ele também avaliou a plausibilidade de ameaças extraterrestres de civilizações conhecidas. Durante seu tempo com os ‘think tanks’ aeroespaciais, ele foi fundamental no projeto de veículos espaciais para a Marinha. Todo o tempo, ele teve a ajuda de alienígenas do tipo nórdico que ajudaram a orientar o processo de design. Este é apenas o começo dos detalhes que Tompkins está apresentando. Seu trabalho ao lado de colegas de alto escalão da Marinha deu-lhe uma visão interna de eventos cruciais que muitos de nós só podemos especular.


O link para o vídeo pode ser acessado no site do Eduardo, clicando aqui.


Aguardem para mais artigos de Eduardo, da série Desacobertamento Cósmico…

Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.


AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.