web analytics

Avistamentos de OVNIs no sul do Brasil estão sendo investigados por especialistas

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 3 min.
Ouça este artigo...


De acordo com o site NSCTOTAL, o Grupo de Pesquisa Ufológica de Santa Catarina, GPU-SC, recebe dezenas de alertas sobre objetos voadores não identificados, sendo a maior parte na faixa entre o Litoral Norte catarinense e a região litorânea do Paraná

Avistamentos de OVNIs no sul do Brasil
Segundo o GPU, essas são as rotas percorridas por alguns dos objetos avistados em SC (Foto: GPU-SC, divulgação)

O site informa que aquele estado recebe, em média, 80 novos relatos a cada mês, e que a maioria destes relatos vem da costa catarinense, se estendendo por uma extensa área que vai do Litoral Norte de SC até a região litorânea do Paraná. Segundo testemunhas e pesquisas realizadas por lá, seriam luzes triangulares que sobrevoam o céu de cidades como Balneário Camboriú, Barra Velha, Itapoá, Joinville, Piçarras, Guaratuba (PR) e Curitiba (PR) (Curitiba fica a aproximadamente 100 km do litoral).

Foi informado pelo site que o relato mais recente ocorreu em 4 de junho na praia Brava, em Itajaí. Uma testemunha anônima disse que, ao anoitecer, enxergou um triângulo sobrevoando o mar da Praia Brava. Apesar da rápida velocidade, ela afirma que o objeto possuía luzes na parte inferior.

Segundo o ovniólogo/ufólogo do GPU-SC, Luiz Prestes Junior, os misteriosos objetos avistados têm geralmente como característica quatro pontos iluminados – um em cada extremidade e outro no centro. De acordo com ele, estas luzes poderiam ser um tipo de propulsão, fazendo com que as naves disparem em alta velocidade, com a capacidade de aparecer repentinamente no céu.

Ele diz:

Eles receberam o nome de Triângulos Voadores e aparecem entre às 21h e 1h. Equipamentos eletrônicos e de comunicação sofrem interferência na presença deles, por isso a maioria dos relatos não possuem fotos ou vídeos.

Segundo Luiz Prestes Junior, como reportado pelo site NSCTOTAL o GPU-SC acompanha os fenômenos desde 2014 por meio de vigílias, coletas de materiais, fotografias e entrevistas com testemunhas:

A gente marca com a pessoa, faz uma entrevista, vamos ao local, tiramos fotos e registramos em vídeo. Se tiver algum sinal no solo, por exemplo, coletamos material para uma análise. Então, o caso é aberto quando tem algum fundamento e diante da complexidade dele. Procuramos usar a ciência como base.

Através do uso de um detector de anomalia eletromagnética, o GPU-SC identificou anormalidades na Estrada Cornelsen em Itapoá, na Baia de Guaratuba (PR), montanha Cantagalo em São Francisco do Sul e no topo do Monte Crista em Garuva, onde o índice de microteslas – unidade de medida de fluxo magnético – acusou 3 mil, sendo que as leituras foram realizadas mais de duas vezes para efeito de prova e contraprova.

Segundo o grupo, uma testemunha em São Francisco do Sul fotografou um OVNI triangular que tinha três luzes. O grupo teria analisado a foto e disse que ela não foi manipulada, e que também foi possível determinar que o objeto tinha 20 metros de diâmetro.

Nos municípios de Itapoá, Joinville e Balneário Piçarras também foram flagrados objetos voadores na forma de triângulo, com pelo menos três pontos iluminados e diâmetros que variam entre 15 e 30 metros, aproximadamente.

Mais avistamentos na região

Ariel Pellegrini, uma auxiliar administrativa de 23 anos, afirma que no fim de 2017, por volta da 1h, na região da Figueira do Pontal, em Itapoá, onde mora, viu na companhia de um amigo uma luz parecida com uma lâmpada de led.

Ela disse:

Nós estávamos onde os pescadores deixam os barcos e apareceu uma luz muito forte no céu. Não tinha como ser um avião, um drone, porque estava muito longe e a luz era muito forte. Ela subiu em milésimos de segundo e foi se apagando.

O grupo ufológico/ovnilógico, que é formado por seis profissionais, (dois engenheiros agrônomos, um ovniólogo/ufólogo, uma psicóloga e dois analistas de casos), diz que outros avistamentos também foram relatados em cidades como Florianópolis, Garopaba, Gaspar e Urubici. Aproximadamente 80% dos recursos usados nas verificações e divulgações dos fenômenos, é desembolsado pelo próprio grupo.

…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar. Cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

As doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês!

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code