web analytics

Star Trek em Marte: NASA avista o logotipo das naves estelares da famosa série

Tempo de leitura: 2 minutos


A sonda Mars Reconnaissance OrbiterMRO da NASA olha para baixo no Planeta Vermelho e vê todos os tipos de formações fantásticas que se parecem com tudo, desde o marionete Beaker do Muppet Show, até ao Pac-Man. Uma nova foto da sonda irá inspirar você a fazer sua saudação vulcana.

Star Trek em Marte: NASA avista o logotipo das naves estelares da famosa série
NASA/JPL/University of Arizona

A equipe da câmeras MRO HiRise da Universidade do Arizona na quarta-feira destacou uma formação de dunas de areia marciana que poderia ser confundidas com o logotipo clássico da Starfleet da série Jornada nas Estrelas – Star Trek.

“Os espectadores empreendedores farão a descoberta de que esses recursos parecem visivelmente um logotipo famoso”, brincou a equipe.

A intrigante formação de Marte tem uma longa história geológica. Começou como uma duna em forma de meia-lua que se tornou uma ilha em um mar de lava, mas a areia acabou sendo soprada pelo vento.

“Elas também são chamados de ‘dunas’ e registram a presença de dunas cercadas por lava”, explicou o cientista planetário Ross Beyer.

Star Trek em Marte: NASA avista o logotipo das naves estelares da famosa série 1
Uma visão MRO mais ampla da paisagem mostra mais impressões do tipo insígnia. NASA/JPL/University of Arizona

 NASA / JPL / Universidade do Arizona Beyer fez questão de lembrar que a semelhança com o logotipo da Star Trek é ‘apenas uma coincidência’. Não há evidência confiável de que os fãs da série chegaram à superfície de Marte. Ainda.

(Fonte)

Colaboração: Lênio

Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.


Marte apresenta uma infinidade de formações geológicas naturais super interessantes. Contudo, algumas delas sempre nos deixam com “a pulga atrás da orelha” quanto a sua origem. Quem sabe quando finalmente plantarmos os nossos pés por lá muitas das teses sobre a criação dessas estranhas estruturas serão confirmadas… ou mudadas.

Termos recém pesquisados por leitores: