OVNIs ficam pairando no ar POR DIAS!

Tempo de leitura: 5 min.


Piloto militar e ex-diretor do Pentágono confirmam que os OVNIs ficam pairando no ar por dias, nesse recente artigo de Danny Silva, editor do site Silva Records:

OVNIs ficam pairando no ar POR DIAS!
Imagem ilustrativa de um OVNI pairando no ar, o qual foi captado por instrumentos de aeronaves militares, cujo video pode ser visto aqui.

Quando ouvi Luis Elizondo falar publicamente sobre aeronaves pairando por dias, com dados para dar apoio às alegações, fiquei impressionado. Eu não tinha certeza de onde, quando ou com que frequência isso aconteceu e eu ainda não faço ideia. Voltaremos ao que Elizondo disse depois. No entanto, mais recentemente, o comandante Dave Fravor também mencionou que a nave estava “apenas pairando lá” e até descreveu como, de fato, era isso que o vídeo Gimbal mostra. Não sabemos se o evento Gimbal incluiu naves pairando por dias ou períodos mais curtos, mas é extremamente digno de nota em qualquer caso. Fravor também diz que isso foi testemunhado na costa da Virgínia, possivelmente na mesma época do evento Gimbal ou durante essas ocorrências históricas.

Aqui está um trecho da entrevista do comandante Dave Fravor no UFO Fest em Oregon, com George Knapp e Jeremy Corbell:

Jeremy Corbell: Então, existem três vídeos oficialmente divulgados no Pentágono: o seu vídeo – o vídeo do Tic Tac – aquele do seu comando, o vídeo Gimbal – onde vemos a nave que se parece com o que Lazar descreveu e, em seguida, o vídeo Go Fast. Agora, a conversa sobre esses, eu quero ouvir os pilotos que filmaram o Gimbal, os pilotos que filmaram o Go Fast, já foi dito publicamente … isso é público. Então, aquelas coisas sobre as quais falamos ou ouvimos falar online, me fale sobre os pilotos… você sabe… as pessoas gostam de argumentar “o Gimbal é um avião que está girando ou virando e a assinatura térmica é de algo prosaico”. Você pode falar sobre esses outros veículos ou naves, de outros pilotos, e o que você vê nesses vídeos?

Comandante Dave Fravor: Sim. Vamos começar com o vídeo Gimbal. É aí que os caras estão falando e começa a girar. Você sabe, parece uma espécie de pires com uma coisa grudada no topo, a parte inferior faz isso (movimento giratório da mão).

OK, então eu falei com uma das equipes que estava lá fora fazendo aquilo, que estava lá fora quando o vídeo foi filmado. Se você entende o que está vendo, é porque as pessoas dizem “ah, poderia ser um avião”, não, não poderia ser. Há ‘desbancadores’ que dizem “ah, é isso”, não é.

Normalmente, quando um avião vira nesse ponto, existe essa coisa que nos mantém voando, elas são asas e asas criam sustentação. Quando você vai assim (movimento lateral da mão) não há sustentação. Se você não retornar, ele faz isso (movimento da mão caindo para baixo). Então, na verdade, em teoria, como um ângulo de noventa graus, uma curva, quem viu os Blue Angels ou os Thunderbirds? Eles realmente não estão totalmente em noventa, eles têm que … eles usam um pouco de leme e eles podem fazer algumas coisas para manter o avião … enquanto ele voa…

Mas, na verdade, em zero graus de noventa graus, existe uma sustentação zero sendo criada e o avião começará a descer. Apenas fica lá. Então, se isso acontecer, tem que colocar ‘G’ e você verá uma mudança de aspecto como esta (movimento de mão direita). Então, se é desse jeito (movimento lateral) você vai ver isso (movimento da mão girando à direita) ou este (movimento da mão esquerda girando). Nesse vídeo você não vê nenhuma mudança, o objeto apenas fica lá. E isso funciona assim (movimento giratório da mão). E não se move. Você não recebe nenhuma mudança de aspecto.

George Knapp: Não é um avião que conhecemos.

Comandante David Fravor: Não. Não, na verdade eles quase atingiram um.

Há algumas coisas … isso é tudo ocorreu em Virgínia, a propósito. São os VACAPES. Então, há áreas … lá fora também. É aí que NAS Oceana (Naval Air Station Oceana) sai e treina.

Então, na verdade, há algumas coisas, eles os acompanharam apenas sentados lá, eles os acompanharam em altas taxas de velocidade. Eles foram extensivamente rastreados. Os radares que eles estão usando agora são ainda melhores que os que eu tinha no Super Hornet. É incrível. Então, tecnologia mais avançada, você sabe … coisas mais legais … mais capazes.

Eles estão vendo isso. No começo eles pensaram que eles estavam … quando viram pela primeira vez, eles pensaram, “oh, estes são apenas sinais fantasma”, e eu estou tipo, “não que o radar realmente não forneça sinais fantasmas”, que são alvos falsos. É muito bom. E então alguém realmente jogou seu pod de alvo lá e havia algo lá, porque você não pode se esconder do pod de alvo se tiver algum tipo de assinatura de calor.

E foi isso que realmente começou, mas eles foram vistos por muitas pessoas até onde estão no radar e tem havido uma dupla que teve contato visual, porque um cara quase acertou um, estava apenas sentado lá.

George Knapp: Isso é recente. Isso é realmente recente.

Comandante David Fravor: Isso aconteceu nos últimos cinco anos.

Jeremy Corbell: Eles descreveram essas coisas como aeronaves convencionais, ou como ele descreveram essas coisas que quase atingiram, Dave?

Comandante David Fravor: Eles descrevem isso … bem como o que quase foi atingido foi como uma esfera de bola de praia clara com um cubo dentro. Então, os pequenos ápices em cada canto atingem a esfera. Então eu não sei se é como um … você sabe … é como uma bola de praia ou é como um campo de força? Eu não sei.

Falando na Conferência SCU, enquanto referenciava um dos cinco objetos observáveis de ​​“sustentação positiva”, Luis Elizondo falou sobre como os FANIs (Fenômeno Aéreo Não Identificado, comumente referidos como OVNIs) são capazes de pairar no ar… POR DIAS:

Luis Elizondo: E depois, claro, elevação positiva. A capacidade de desafiar os efeitos naturais da força gravitacional da Terra. Isso, a propósito, se aplica universalmente a todos nós. Agora temos tecnologia? Certo. Quer dizer … temos balões de ar quente. Isso é positivo. Nós temos sustentação, asas, certo? Como uma aeronave. Temos os quatro coeficientes a que você deve prestar atenção: impulso, elevação, arrasto, peso.

Você tem um motor a jato que pode fornecer esse empuxo. Você tem um motor de propulsão que é uma maneira mecânica de empurrar o ar, se você quiser. E então você tem motores de foguete, motores químicos. Mas, na verdade, essas são apenas as quatro maneiras reais que sabemos como desafiar – por qualquer período de tempo real – a força gravitacional natural da Terra. Além de balístico. Certo? Como um morteiro. Ou apenas lançando um míssil de um silo.

No entanto, essas coisas podem voar a essas velocidades incríveis e ainda pairar como um helicóptero. Às vezes por um minuto. Às vezes por horas. Às vezes por dias. Eles podem descer de 80.000 pés (24.000 metros) para 50 pés (15 metros) sobre a água em menos de alguns segundos. Dois segundos.

Você me diga. Eu fiz parte de muitos programas governamentais. Eu tenho uma boa e saudável experiência em tecnologias aeroespaciais e de proteção … tecnologias avançadas quando eu era um jovem agente especial. Nós ainda não temos essa capacidade.

Mais tarde na apresentação, Luis foi questionado sobre a nave pairando noa ar, e ele expandiu:

Pergunta: Você mencionou esses AAPs, os UAPs (OVNIs) têm a capacidade de pairar por dias, quando isso foi observado e qual foi a reação?

Luis Elizondo: Fique ligado. Sim, temos dados reais com essas coisas sendo capazes de fazer isso, de fontes altamente confiáveis ​​e altamente treinadas, e os dados estão lá. O que foi feito sobre isso? Bem, você viu com o Nimitz que nós despachamos uma missão para ir ver.

Será que irão reportar isso no próximo programa de televisão da To The Stars Academy, Unidentified? Esta informação será divulgada em outro lugar como o New York Times ou via George Knapp e KLAS?

Independentemente se Luis Elizondo e o Comandante Dave Fravor estiverem falando sobre o evento Gimbal, como diz Luis, os dados estão lá. Uma nave, ou qualquer outra coisa, capaz de pairar ou flutuar por dias, especialmente sem ser reabastecida, é um sinal revelador de algo extremamente estranho acontecendo, e muito mais. Como eu anteriormente especifiquei sobre os OSNIs (Objetos Subaquáticos Não Identificados), mostrar ao público diferentes cenários, dados e provas sobre a habilidade da nave de pairar por dias e permanecer no local por longos períodos de tempo pode abrir a mente e a percepção pública e introduzir novas idéias e maneiras de pensar.

(Fonte)

Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.


Se OVNIs ficam pairando no ar por dias, que tipo de “combustível” eles estariam usando? Estariam eles se utilizando da tão falada energia livre, que pode ser extraído do Universo?

Sim, algo está para ser revelado ao público em geral, embora aqueles como nós que ficam antenados sobre essas questões não ficarão surpresos.

Estamos passando por um período intenso de trabalho para o desacobertamento dos OVNIs / UFOs / FANIs / UAPs, ou seja lá como queira chama-los, e, à medida que o ano avança, mais informações vindas de fontes fidedignas chegam até nós.

Fique ligado aqui no OVNI Hoje, pois há mais coisas vindo pela frente.

-------

BOMBANDO NO planetaabsurdo.com.br:

ALGUÉM ESTÁ COLANDO CHAPÉUS DE CAUBÓI NOS POMPOS EM LAS VEGAS

-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.