web analytics

Como os alienígenas poderiam salvar humanidade

Tempo de leitura: 3 minutos


Os alienígenas poderiam salvar a humanidade? É provável que uma coisa parecida com uma corrida armamentista já tenha acontecido na galáxia, opina o cientista norte-americano Avi Loeb.

alienígenas poderiam salvar humanidade

Aqueles que não aprendem as lições da queda de uma civilização alienígena extinta podem estar condenados a repeti-la.

A humanidade parece estar indo por um caminho perigoso. Nós desenvolvemos armas poderosas o suficiente para nos aniquilarmos muitas vezes, por exemplo, e estamos alterando o clima da Terra há décadas sem muita consideração pelas sérias consequências.

Um comportamento semelhante pode ter levado ao desaparecimento de raças alienígenas avançadas ao redor da galáxia, disse Avi Loeb, presidente do departamento de astronomia de Harvard. De fato, isso pode ajudar a explicar, pelo menos em parte, por que ainda temos que entrar em contato com o ET, apesar da profusão de imóveis habitáveis ​​na Via Láctea (um enigma conhecido como o Paradoxo de Fermi).

Loeb disse na semana passada durante uma palestra na The Humans to Mars Summit, em Washington, DC:

Uma possibilidade é que essas civilizações, com base na maneira como nos comportamos, tenham vida curta. Eles pensam a curto prazo e produzem feridas auto-infligidas que acabam por matá-los.

Assim, a busca por ET deveria ser ampla o suficiente para espionar artefatos deixados para trás por civilizações desaparecidas, acrescentou ele – evidências tais como superfícies planetárias queimadas e produtos de guerra nuclear em um mundo alienígena.

Tal descoberta seria talvez a maior descoberta científica de todos os tempos, e poderia ter o benefício adicional de colocar nossas espécies conturbadas em um caminho melhor.

Ele disse:

A ideia é que possamos aprender algo no processo. Podemos aprender a nos comportar melhor uns com os outros, não iniciar uma guerra nuclear, e monitorar nosso planeta para garantir que ele seja habitável enquanto pudermos torná-lo habitável’.

Existem outras justificativas práticas para a busca por inteligência extraterrestre (SETI) também, disse Loeb. Por exemplo, fazer contato poderia levar a grandes avanços tecnológicos – se os alienígenas tivessem a gentileza de compartilhar seus conhecimentos.

Loeb disse:

Nossa tecnologia tem apenas um século, mas se outra civilização tiver um bilhão de anos para desenvolver viagens espaciais, eles podem nos ensinar como fazê-lo.

Essa possibilidade é outra razão para continuar pressionando pela tecnologia de voo interestelar, acrescentou ele. Loeb está envolvido neste campo; ele preside o conselho consultivo da Breakthrough Starshot, um projeto de US $ 100 milhões para desenvolver minúsculas sondas de navegação a laser que possam ser enviadas em direção a sistemas exoplanetários a 20% da velocidade da luz.

A Breakthrough Starshot pretende ter esse sistema instalado e funcionando em 30 anos ou mais. Se esse esforço, ou algo parecido, for bem-sucedido, os alienígenas inteligentes podem nos considerar sob uma nova luz – como pares relativos dignos de atenção e respeito, disse Loeb.

Ele compartilhou:

Minha esperança é que encontrar civilizações mortas nos inspire a nos comportarmos melhor e atuarmos juntos. E outra esperança que tenho é que, assim que sairmos do sistema solar, receberemos uma mensagem: ‘Bem-vindo ao clube interestelar’. E vamos descobrir que há muito tráfego por aí que não conhecíamos.

Já podemos ter visto este tráfego, disse Loeb. Ele é co-autor de um recente artigo sugerindo que ‘Oumuamua, o primeiro objeto interestelar confirmado já visto em nosso sistema solar, pode ser uma espaçonave alienígena.

A opinião consensual é que ‘Oumuamua é um corpo cometário. Mas é importante não descartar a ideia da espaçonave, Loeb enfatizou.

Ele finalizou:

Devemos manter a mente aberta e não presumir que sabemos a resposta com antecedência. Você não precisa fingir que sabe alguma coisa.

(Fonte)

Colaboração: SENAM

Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta e Universo. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.


Este conselho de Avi Loeb chega até nós bem quando estamos passando por um período em que parecemos estar pedindo por guerra, como pode ser visto no artigo recém publicado aqui no OH.

Porém, penso que nem mesmo se encontrarmos algum exemplo de auto-extermínio fora de nosso planeta aprenderemos, pois há certos sentimentos humanos, como o egoísmo, a inveja e a ganância, que são cegos à razão.

Assim, penso eu, da forma como as coisas estão hoje, os alienígenas poderiam salvar a humanidade se manifestando abertamente. Isto tiraria todo o foco de nossas mente beligerantes dos conflitos entre países … ou não.

Mas mudando o foco, e dando valor a quem dele merece, Avi Loeb é um dos poucos cientistas que está aberto ao fato de que já tenhamos sido visitados por seres de outros planetas. Contudo, ele rema contra a corrente, pois a maioria dos cientistas sequer considera essa possibilidade quando se deparam com qualquer manifestação anômala.

Embora seja importante primeiro procurar uma razão natural para qualquer fenômeno estranho, não se pode deixar de lado a possibilidade alienígena quando algo é inexplicável com base no que a ciência já registrou. Não querer considerar a possibilidade alienígena nesses casos é uma característica de mentes obtusas e não de reais cientistas com sede de saber.

E você, acha que os alienígenas poderiam salvar a humanidade, de uma forma ou de outra?

n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.

O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS: