web analytics

Nave japonesa “bombardeia” asteroide

Tempo de leitura: 2 minutos

Uma espaçonave japonesa ‘bombardeou’ um asteroide a 300 mil quilômetros da Terra em uma tentativa de recuperar material que possa oferecer aos cientistas novas pistas sobre as origens da vida no planeta.

* Conteúdo da matéria com veracidade comprovada, de fontes originais fidedignas. (Em se tratando de tese ou opinião científica, só pode ser garantida a veracidade da declaração da pessoa envolvida, e não o fato por ela declarado.) (Missão do OVNI Hoje)

Nave japonesa "bombardeia" asteroide

A sonda Hayabusa 2 lançou o dispositivo na sexta-feira, enquanto pairava 500 metros acima do asteroide Ryugu, segundo a Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (Jaxa).

O impactador em forma de cone, equipado com um explosivo de cobre do tamanho de uma bola de tênis, foi programado para detonar 40 minutos depois de ser lançado, causando uma cratera na superfície do asteroide.

Enquanto a Hayabusa 2 fez uma saída rápida para evitar uma colisão com o asteroide ou sustentar os danos da explosão, ela lançou uma câmera acima do local que deveria ser capaz de capturar imagens do evento.

Não está claro quando a câmera será capaz de transmitir as imagens e permitir que a Agência Espacial Japonesa – Jaxa determine se a missão foi bem-sucedida.

A sonda retornará ao local após a poeira e os detritos se acomodarem, para observar a superfície do asteroide de cima e coletar amostras “frescas” do subsolo que não tenham sido expostas ao Sol ou raios espaciais.

Se for bem sucedida, seria a primeira vez que uma nave espacial coletaria esses materiais. Em 2005, uma missão de “impacto profundo” a um cometa, a NASA observou fragmentos após explodir a superfície, mas não os coletou.

Um webcast ao vivo da sala de missões na ilha de Tanegashima, no sul do Japão, mostrou a equipe de Jaxa aplaudindo enquanto a sonda completava com sucesso cada estágio da fase mais crítica de sua missão até agora.


“Estamos animados para ver o que acontecerá quando o impactador colidir com o asteroide”, disse Takashi Kubota, pesquisador de engenharia da Jaxa, antes da detonação.

A conta do Hayabusa 2 no Twitter confirmou que a espaçonave não encontrou nenhum problema durante a evacuação, acrescentando em sua atualização mais recente que a missão estava “progredindo constantemente”…

(Fonte)


n3m3

Você pode ajudar na manutenção do OVNI Hoje. Clique aqui para saber mais.

O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS: