web analytics

5 avistamentos de OVNIs credíveis da história moderna que ocorreram nos Estados Unidos

Tempo de leitura: 2 minutos


Como qualquer outro país do mundo, os Estados Unidos contam com muitos avistamentos de OVNIs. Mas seriam todos eles objetos dignos de estudo?

* Conteúdo da matéria ainda necessitando informações adicionais ou provas mais concretas para constatar a veracidade dos fatos, mesmo se vindo de fontes fidedignas. (Missão do OVNI Hoje)

avistamentos de OVNIs credíveis da história moderna
Suposto OVNI de Chicago.

Muitos avistamentos de OVNIs são publicados na Internet, mas, como já sabemos, 95% desses são farsas elaboradas por pessoas que querem seus 15 segundos de fama.

Abaixo estão 5 avistamentos de OVNIs que ocorreram na era moderna nos EUA, os quais são difíceis de serem descartados como farsas:

1) As luzes peculiares acima da Turnpike (rodovia) de Nova Jersey (2001)

Em 14 de julho de 2001, o tráfego parou na Turnpike de Nova Jersey quando uma visão hipnotizante foi vista por todos. Motoristas de Nova Jersey pararam e saíram de seus carros para ver uma estranha formação de luzes laranja e amarelas no céu, acima da Arthur Kill Waterway.

O tenente Daniel Tarrant, do Departamento de Polícia de Carteret, foi uma das testemunhas, além de vários outros moradores de Nova Jersey. Quando os meios de comunicação e os civis perguntaram sobre a formação em V, os controladores de tráfego aéreo negaram a presença de aviões, jatos militares ou vôos espaciais. Um grupo chamado New York Strange Phenomena Investigators alegou receber dados de radar da FAA que corroboraram os avistamentos de OVNIs daquela noite.


2) O encontro do USS Nimitz (2004)

Em 14 de novembro de 2004, o navio USS Princeton notou uma aeronave desconhecida no radar a 160 quilômetros da costa de San Diego. O USS Princeton rastreava objetos que apareciam a 80000 pés e despencavam sobre o Oceano Pacífico.

Dois jatos de combate FA-18F do porta-aviões USS Nimitz chegaram na área e identificaram água borbulhante em formato oval sob a superfície. Eles então identificaram um objeto branco em forma da balinha tic-tac que apareceu acima da água. Não havia sinais físicos de um motor ou escape no motor e, quando os jatos de combate pretendiam interceptá-lo, ele acelerou, movendo-se três vezes a velocidade do som e aparecendo a 100 km de distância.


3) O disco voador do Aeroporto Internacional O’Hare – Chicago (2006)

Em 7 de novembro de 2006, o voo 446 estava se preparando para voar do Aeroporto Internacional O’Hare de Chicago, quando um funcionário da United Airlines na pista observou um disco metálico cinza pairando no ar acima do portão C17. Mais de 12 funcionários da United Airline, bem como numerosos civis viram a nave.

Testemunhas afirmam que o objeto pairou por cinco minutos antes de disparar para cima, onde abriu um buraco nas nuvens, o suficiente para que as nuvens se separassem e os funcionários pudessem ver o céu azul.

Apesar de numerosas testemunhas, o OVNI não foi visto no radar, a FAA chamou o evento de ‘fenômeno meteorológico’ e recusou-se a investigar.


4) Os avistamentos de Stephenville (2008)

Em 8 de janeiro de 2008, os cidadãos relataram ter visto luzes brancas acima da Rodovia 67, apresentando-se como um único arco horizontal e depois em linhas paralelas verticais. Um piloto local, Steve Allen, estimou que as luzes estroboscópicas “tinham cerca de um quilômetro e meio de comprimento e 800 metros de largura”, viajando a cerca de 4.800 quilômetros por hora. Apesar disso, nenhum som foi relatado.

A Força Aérea dos EUA reivindicou a responsabilidade pelas luzes, afirmando que os F-16 estavam voando na área. As testemunhas rejeitaram esta explicação, acreditando que os movimentos feitos eram avançados demais para as habilidades humanas atuais,


5) Vídeo GO FAST da costa leste (2015)

Em 2017, um vídeo vazou no noticiário mostrando um encontro entre um Super Hornet F/A-18 e um veículo voador não identificado. A nave era semelhante à que foi vista em 2004, em San Diego, uma nave oval branca que se movia rapidamente, com 14 metros de comprimento e sem asas. Os pilotos a seguiram a 25 mil pés acima do Oceano Atlântico enquanto ela voava e girava simultaneamente em seu eixo.

Nenhuma explicação foi fornecida pela Força Aérea dos EUA.

(Fonte)

O fenômeno OVNI é real e ocorre no mundo todo. Já passou da hora dos governos o reconhecerem e começarem um trabalho junto com a comunidade científica para determinar sua origem.

Termos recém pesquisados por leitores: