web analytics

Cientistas afirmam que podem fazer a luz viajar 30 vezes mais rápida que o normal – as implicações disso são estupendas!

Tempo de leitura: 2 minutos

Cientistas da Universidade da Flórida Central dizem que descobriram como fazer pulsos de luz viajarem 30 vezes mais rápido do que o normal – ou mesmo para trás.

* Conteúdo da matéria com veracidade comprovada, de fontes originais fidedignas. (Em se tratando de tese ou opinião científica, só pode ser garantida a veracidade da declaração da pessoa envolvida, e não o fato por ela declarado.) (Missão do OVNI Hoje)

fazer a luz viajar 30 vezes mais rápida que o normal
BRUNO THETHE / OSMAN RANA VIA UNSPLASH / TAG HARTMAN-SIMKINS

O pesquisador Ayman Abouraddy disse em um comunicado:

Somos capazes de controlar a velocidade do pulso indo para dentro do próprio pulso e reorganizando sua energia, de modo que seus graus de liberdade de espaço e tempo sejam misturados entre si. Estamos muito felizes com esses resultados e estamos muito esperançosos de que é apenas o ponto de partida de futuras pesquisas.


Chacoalhando o fóton

Não se engane: é uma alegação extraordinária, e um dos pesquisadores por trás dela diz que isto poderia revolucionar a comunicação óptica.

Mas Abouraddy e seus colegas publicaram os resultados na prestigiada revista Nature Communications, onde descreveram o uso de um dispositivo chamado ‘modulador de luz espacial’ para fazer com que os pulsos de luz viajassem mais rápido ou mais devagar do que o normal, ou mesmo para trás.


Fibra viva

Em 2006, os pesquisadores realizaram um feito semelhante com a luz viajando através de uma fibra óptica. Agora, de acordo com os pesquisadores, eles podem fazer o mesmo truque no espaço aberto.

Abouraddy disse no comunicado:

Esta é a primeira demonstração clara de controlar a velocidade de uma luz pulsada no espaço livre, e abre portas para muitas aplicações, sendo um buffer óptico apenas uma delas; mas o mais importante é que é feito de uma maneira simples, que é repetível e confiável .

(Fonte)

Esperem um minuto! Deixa ver se eu entendi: eles fizeram com que a luz viajasse 30 vezes mais rápido do que ela normalmente faria? Sabem quais são as ramificações disso? São realmente estupendas!

Digamos que gostaríamos de enviar uma mensagem para alguma civilização alienígena que residisse no sistema estelar Proxima Centauri, que é a estrela mais próxima do Sol, a 4,24 anos luz de nós. Então, uma mensagem viajando à velocidade normal da luz levaria normalmente 4,24 anos para chegar até lá, ou 50,88 meses (vamos dizer 51 meses, para simplificarmos as contas). Mas, se conseguíssemos fazer a luz viajar 30 vezes mais rápida do que o normal, isso significaria que a mensagem chegaria lá em apenas 1,7 meses. Isto já tornaria uma conversação com essa possível civilização tão eficiente quanto o envio de cartas pelos correios internacionais no século passado.

Este parece ser só o começo dessa tecnologia, e sabem como é, qualquer nova tecnologia descoberta sempre é aperfeiçoada e melhorada ao longo do tempo. Isto significa que os cientistas podem fazer com que a luz viaje ainda mais rápida. Que tal 1000 vezes mais rápida?

Outro ponto a ser considerado é que se nossos cientistas conseguiram esse feito aqui, então possíveis civilizações mais adiantadas do que nós podem já estar utilizando esta tecnologia para comunicação através das vastas distâncias do Universo. Isso certamente pode explicar porque o SETI não consegue captar nenhuma mensagem alienígena enviada por ondas de rádio que viajam na velocidade normal da luz. Ou ainda, será que as Rajadas Rápidas de Rádio que têm sido captadas pelos cientistas, mas ainda são inexplicáveis, não fazem parte de uma tecnologia de comunicação que ainda não compreendemos?

Há muita coisa lá fora que, mesmo com nossa imaginação fértil, nem sequer chegamos perto de sonhar.