Crânio alongado com dentes perfeitos é encontrado na Rússia

Tempo de leitura: 2 min.
Crânio alongado com dentes perfeitos

Embora os crânios alongados de Paracas, no Peru, talvez sejam os mais famosos, estes tipos de crânios foram encontrados em todo o mundo. Na Europa e na Ásia, muitos pesquisadores acreditam que a prática se originou há 4.000 anos na Ásia Central (partes da China, Afeganistão e ex-repúblicas soviéticas que terminam em ‘-stão’) e depois mudou-se para o oeste, para as montanhas do Cáucaso. É lá que um crânio alongado incomum, que supostamente remonta à Idade do Bronze, foi encontrado recentemente – incomum não por causa de sua forma, mas por causa de sua boca cheia de dentes brancos aparentemente perolados. Ter um grande crânio na Idade do Bronze significava ter atendimento odontológico gratuito? Isso é real?

Aqui está o seu primeiro aviso de que algum estudo além do local de escavação deve ser feita aqui. As manchetes das várias fontes de mídia dos tabloides enfatizavam a conexão “alienígena”, mesmo quando rapidamente a descartavam, explicando que a “cabeça em forma de ovo” era provavelmente o resultado da amarração habitual do crânio durante a infância. A ‘Idade do Bronze’ foi o segundo aviso. A Idade do Bronze durou de cerca de 3200 aC a 600 aC. No entanto, os artigos dizem que o crânio e o esqueleto foram encontrados numa sepultura da Idade do Bronze, em uma escavação em andamento (desde 2017) no assentamento Gamurziyevskoye, na cidade de Nazran, nas montanhas do Cáucaso. Enquanto as armas, cerâmicas e jóias foram ditas serem da Idade do Bronze, o crânio foi datado de apenas 1700 anos atrás, pertencente a uma mulher que viveu em torno de 400 dC, na Idade das Trevas. Nenhuma explicação foi dada para essa discrepância.

A mulher também tinha dentes de alta qualidade que permaneceram bem preservados, apesar de terem sido enterrados por tanto tempo.

As fotografias do crânio chama a atenção – especialmente aquela boca de dentes gritantemente brancos que faria qualquer atriz de Hollywood orgulhosa. Essa é a advertência de número três – enquanto as fotos são em tons sépia (marrom-avermelhada), os dentes são brancos. Não só isso, a senhora tem um conjunto completo deles – muito incomum para crânios daquela idade, alongados ou não. Seria interessante se houvesse uma conexão entre os dentes e o crânio, mas ninguém parece tê-la perseguido.

Finalmente, parecia não haver outra cobertura da descoberta fora dos tabloides habituais. Enquanto a descoberta foi atribuída a equipes do Instituto de Arqueologia do Cáucaso e do Centro Arqueológico de Yevgeny Krupnov na Rússia, nenhuma outra referência a este crânio alongado com os dentes brancos pôde ser encontrada.

Arqueologia é um trabalho duro. Não é tão sujo, mas ainda duro é o trabalho de relatar novos e interessantes achados e eliminar a sujeira. Enquanto o crânio tem dentes, o resto da história estranha não tem.Isto faz aos arqueólogos, crânios alongados e alienígenas um desserviço.

(Fonte)

A questão ainda não explicada sobre esses crânios artificialmente alongados é a do porquê dessa moda. Será que a nobreza de alguns povos humanos queriam se parecer como os deuses que os visitavam? Que outra razão poderia explicar fazer com que crianças passassem por esse tipo de sofrimento, até que seus crânios fossem moldados dessa forma?

-------

BOMBANDO NO planetaabsurdo.com.br:

ALGUÉM ESTÁ COLANDO CHAPÉUS DE CAUBÓI NOS POMPOS EM LAS VEGAS

-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.