web analytics

NASA irá transmitir pouso de sonda InSight em Marte ao vivo

Tempo de leitura: 2 minutos

 

NASA irá transmitir pouso de sonda InSight em Marte

A impressão de um artista da sonda InSight. NASA / JPL-Caltech

A espaçonave InSight da NASA pousará no Planeta Vermelho em 26 de novembro, e pessoas de todo o mundo poderão assistir ao evento ao vivo na NASA Television, no site da agência, e plataformas de rede social, (Twitter, Facebook) inclusive no YouTube, informou a agência espacial norte-americana…

A InSight ajudará os cientistas a entenderem a formação de todos os mundos rochosos. A espaçonave está sendo seguida para Marte por duas mini-espaçonaves que compreendem o Mars Cube One (MarCO), da NASA, a primeira missão espacial para o CubeSats.

Cerca de 80 eventos de visualização ao vivo para o público assistirem ao pouso InSight ocorrerão em todo o mundo, a NASA.

Lançada em 5 de maio, a Mars Interior Exploration, utilizando investigações sísmicas, geodesia e transporte de calor (InSight) marca o primeiro pouso da NASA em Marte desde o jipe-sonda Curiosity em 2012.

O pouso vai iniciar uma missão de dois anos na qual a InSight se tornará a primeira espaçonave a estudar o interior profundo de Marte, disse a NASA.

Se a MarCO fizer o planejado sobrevoo de Marte, ela tentará transmitir dados da InSight ao entrar na atmosfera do planeta e pousar.

Os controladores de voo InSight e MarCO monitorarão a entrada, descida e pouso da espaçonave a partir do controle de missão no Laboratório de Propulsão a Jato da NASA (JPL) em Pasadena, Califórnia, onde todos os eventos de pouso serão realizados.

Cinco coisas a saber sobre o pouso da InSight em Marte:

  1. O pouso bem-sucedido em Marte é difícil. Apenas cerca de 40% das missões já enviadas a Marte – por qualquer agência espacial – tiveram sucesso.
  2. InSight usa tecnologia testada e comprovada. A espaçonave depois de se separar de um estágio de cruzeiro, descerá pela atmosfera. O pára-quedas e os retrofoguetes diminuirão a velocidade da espaçonave e as pernas suspensas absorverão parte do choque do pouso.
  3. Para a equipe da missão, o local de pouso da InSight, na Elysium Planitia, é considerado o ‘maior estacionamento de Marte’.
  4. A InSight foi construída para pousar em uma tempestade de poeira. Os engenheiros da InSight construíram uma espaçonave resistente, capaz de pousar com segurança em uma tempestade de poeira O escudo de calor da espaçonave é projetado para ser grosso o suficiente para suportar ser ‘jateado’ pela poeira.
  5. Após o pouso, a InSight fornecerá nova ciência sobre planetas rochosos. Ela nos ensinará sobre o interior de planetas como o nosso. A equipe de missão espera que, estudando o interior profundo de Marte, possamos aprender como outros mundos rochosos, inclusive a Terra e a Lua, se formaram.

(Fonte)

Colaboração: Sr. Spock, Lênio


Dentro da minha profunda ignorância, só não entendi uma coisa: Precisamos ir até Marte para executar testes a fim de descobrirmos como mundos rochosos, como a Terra e a Lua se formaram, quando já estamos na Terra e Lua é “logo ali” e até mesmo muito mais acessível do que Marte?

Não questiono o experimento em si, pois todos os dados adicionais contribuem para agregarmos mais conhecimentos sobre o Cosmos. O que questiono é se não seria muito mais importante para toda a humanidade a comprovação oficial da existência de vida além da Terra, ao invés de gastar tanto dinheiro para executar testes que poderiam ser feitos aqui mesmo, ou até na Lua?

De qualquer forma, segundo o site Olhar Digital, a previsão é que a sonda chegue em Marte por volta das 17h, horário de Brasília.

n3m3