web analytics

Disco voador entre Mamanguape e João Pessoa, Paraíba – Brasil

Tempo de leitura: 2 minutos

Recebemos um e-mail do Professor Edvaldo Correia Honorato Gomes, o qual pede maiores informações sobre um evento com OVNI que ocorreu na década de 1980.  Publicamos o e-mail abaixo, caso alguém tenha maiores informações a respeito do incidente e queira nos informar:

Ilustração de disco voador

Foto meramente ilustrativa.

Tudo aconteceu na década de 1980, acredito que tenha sido em 1985, não sei precisamente o ano, por volta das 23h00.  Um disco voador (esférico, bem brilhoso, grande, de coloração laranja e silencioso) teria sobrevoado a BR-101, em baixíssima altura, entre as cidades de Mamanguape e João Pessoa, no estado da Paraíba.  Isso tudo aconteceu próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal.

A minha família, na época, estava viajando de carro por esse local e viu tudo.  Outras pessoas que estavam em dois outros carros nessa mesma estrada também viram, assim como os quatro policiais rodoviários que estavam de serviço nesse dia.  

Foram cerca de dezessete testemunhas.

No programa televisivo da Rede Globo, o Jornal Nacional, os apresentadores falaram sobre o ocorrido e todos na época viram essa edição jornalística.

 Vamos tentar encontrar a edição desse jornal televisivo, bem como as outras testemunhas (ocupantes dos outros dois carros e os quatro policiais rodoviários federais da Paraíba), para montar esse “quebra-cabeça”, produzir as provas testemunhais com a maior riqueza de detalhes possível e divulgar esse acontecimento.

Naquela época tudo era muito difícil. Não existia celular, filmadora era ‘objeto de rico’, não existia e-mails, não existia Facebook, não existia Internet.  Praticamente só se podia contar com relatos e fotografias.

Hoje tudo é muito mais fácil.

Agradeço quem puder contribuir com a montagem desse quebra-cabeça.

Favor deixar informações com o publicador do site, que ele saberá me encontrar.

– Professor Edvaldo Correia Honorato Gomes (Matemática Licenciatura Plena – UFRN, Matemática Bacharelado – UFRN)

Se você tiver maiores informações sobre este caso, ficaríamos gratos se as enviassem para meu e-mail (n3m3@ovnihoje.com), para que eu possa repassá-las ao professor.

Em nome do Professor Edvaldo e de todos os estudiosos da ovniologia, antecipadamente agradecemos.

n3m3