Após ter sido considerada perdida, sonda russa dá sinais de vida

Tempo de leitura: < 1 min.
Sonda Fobos-Grunt

Dia 11 de novembro passado, publicamos aqui no OVNI Hoje sobre a sonda russa Fobos-Grunt, que teria ficado enroscada em órbita terrestre e poderia até cair na Terra, causando um desastre ambiental, devido ao combustível que carregava.

Agora, nos chega uma notícia um pouco melhor, de que a sonda teria dado sinais de vida.  O comunicado foi feito pela Agência Espacial Européia – ESA.

A ESA indicou que a estação de acompanhamento de Perth (Austrália) teria recebido sinais da Fobos-Grunt nesta terça-feira. A sonda teria estado ‘muda’ há duas semanas, desde que foi lançada.

O contato ocorreu horas após o subdiretor da Roscosmos (agência espacial russa), Vitaly Davydov, considerar a sonda praticamente perdida.

Agora, estudos estão sendo feitos pela ESA para encontrar maneiras de manter a comunicação com a sonda.

A sonda havia sido projetada para cumprir uma missão de 34 meses, inclusive com um pouso na superfície de Fobos e um retorno à Terra com amostras do satélite.

O mais lamentável disso tudo é que a sonda daria, de uma vez por todas, um fim nas dúvidas de que este satélite de Marte seria artificial, ou não.

Como pode ser visto neste outro artigo que publicamos aqui no OVNI Hoje, há teses de que Fobos e Deimos, as duas luas de Marte, não sejam naturais: https://ovnihoje.com/2011/04/cientista-diz-que-luas-de-marte-podem-nao-ser-naturais/

n3m3

Fontes da notícia: g1.globo.com, www.apolo11.com

Colaboração: Sel, Gobatto

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.