Nova referência maia ao fim do mundo é encontrada por cientistas

Tempo de leitura: < 1 min.
Templo de Comalcalco. (Clique na foto para ampliá-la).

De acordo com a agência de notícia Associated Press, arqueólogos mexicanos descobriram uma segunda referência ao ‘fim do mundo’, que teria sido previsto pelos maias.

Como já não deve ser novidade para ninguém, muito se fala na Internet que algo grandioso ocorrerá em dezembro de 2012, mas estas alegações provinham de somente um achado.

O Instituto Nacional de Arqueologia do México teria emitido um comunicado anunciando um debate sobre o assunto e admitindo existir uma segunda referência ao fim do calendário maia.  Arturo Mendez, representante do instituto, falou que o achado foi feito há alguns anos e foi submetido a um estudo completo, mas está guardado e não é exibido ao público.

A data no texto descoberto coincide com o fim do 13º Baktun, que é um ciclo maia, o qual se encerraria em 21 de dezembro do ano que vem.

Tanto as inscrições da primeira descoberta (Tortuguero), quanto ao do tijolo de Camalcalco, foram criadas há 1,3 mil anos.

O mais interessante de tudo, e o porquê da divulgação desta notícia neste blog, é que a primeira inscrição descreve algo relacionado ao deus Bolon Yote, que é associado à guerra e à criação, mas a erosão e um rachado na pedra ocultaram o final da escrita.  Contudo, alguns cientistas acreditam que lá esta escrito:ele irá descer dos céus.

Já, no texto de Camalcalco, os símbolos estariam invertidos, ou cobertos com estuque, o que indica que quem escreveu não queria que estes textos fossem lidos.

Vale lembrar, que os cientistas envolvidos nas pesquisas afirmam que a idéia de fim do mundo em 2012 é apenas uma má interpretação do calendário e que ele simplesmente indica o fim de uma era, e o início de outra.

De qualquer forma, logo saberemos.

n3m3

Fonte da notícia: http://noticias.terra.com.br

Colaboração: Derico

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.