NASA afirma que cometas não causam explosões solares… mas podemos realmente confiar em suas declarações?

Tempo de leitura: 2 min.
Em 2003, o enorme cometa NEAT não chegou a atingir o Sol, mas "coincidentemente" várias ejeções solares ocorreram apontadas para ele.

No dia 4 de outubro, publicamos aqui no OVNI Hoje um vídeo mostrando um pequeno cometa que atingiu o Sol, liberando uma ejeção solar.

De acordo com a NASA, aquela ejeção foi simplesmente uma coincidência, nada mais.  Contudo, eles esqueceram que a Internet conta com dezenas de vídeos de outros cometas que chegaram próximos ao Sol, os quais também irritaram o nosso astro rei ao ponto dele ‘vomitar’.

Teriam ocorridas coincidências em cima de coincidências, ou estaria a NASA tapando o Sol com a peneira… literalmente?

Veja o que o site Space Weather comentou a respeito do recente incidente, colocando alguma dúvida no posicionamento atual da NASA:

“Um cometa descoberto por um astronomo amador na sexta-feira, 30 de setembro, desintegrou de forma espetacular no dia seguinte à sua descoberta, quando ele mergulhou no Sol.  O Observatório Solar e Heliosférico (SOHO) registrou as últimas horas do cometa.  Seu final foi pontuado por uma explosão inesperada (CME).  O sincronismo da CME logo após o mergulho do cometa sugere uma ligação.

Mas a verdade é que não há qualquer mecanismo conhecido em cometas que possa disparar uma explosão solar.   Antes de 2011 a maioria dos físicos solares teriam descartado o evento de primeiro de outubro como pura coincidência — e esta ainda é a resposta dada por eles.  Contudo, no início deste ano, o Observatório de Dinâmica Solar (SDO) assistiu a outro cometa que desintegrou na atmosfera solar.  Em 5 de julho de 2011, um cometa sem nome pareceu interagir com o plasma e os campos magnéticos em sua volta e se desintegrou.  Poderia um pequeno cometa causar uma instabilidade magnética, a qual poderia propagar em crescer até causar uma explosão solar fabulosa?  A resposta não parece ser tão louca quando uma vez foi.”

Apesar das mudanças postadas no site do Space Weather, que parece estar começando a abrir os olhos para certas coisas, a NASA ainda está irredutível, referindo-se aos cometas como ‘insignificantes’ para o Sol e concluindo que as descargas solares são “nada mais que coincidências”.  Sim, dezenas de coincidências, uma após a outra. 

Vamos falar sério pessoal: Deixando de lado qualquer teoria da conspiração e analisando estes ocorridos friamente, podemos realmente confiar nas informações vindas de uma agência espacial que nega o óbvio, na ‘cara dura’?  Se o orgulho dos cientistas da NASA não os deixa voltar atrás na afirmação de que cometas sejam somente insignificantes bolas de gelo, e admitir que estes possam sim carregar consigo um potencial elétrico diferente do Sol, a qual poderia provocar descargas solares, como poderíamos confiar neles quando falam sobre a existência, ou não, de vida extraterrestre?

OK, admito, não há razão alguma para alguém confiar naquilo que um mero administrador de um blog sobre OVNIs escreve.  Afinal, quem é esse cara para fazer tais afirmações? 

Mas não sou só eu quem está falando isso. Como pôde ser lido acima, o próprio site Space Weather está mudando seu ponto de vista após assistir as alegadas coincidências filmadas por um projeto da própria NASA.

Mas não para por aí. De acordo com o Físico e Professor James MacCanney, a NASA está deliberadamente acobertando as enormes explosões solares quando cometas chegam até o Sol.  MacCanney diz que o modelo de que cometas sejam somente bolas de gelo, apresentado pela maioria dos cientistas, inclusive a NASA, é errôneo. 

Ainda não está satisfeito com a tese do Professor MacCanney, com o início de ‘mudança de paradigma’ do site Space Weather, ou com a minha opinião?  Então assista dois, dos muitos de vídeos disponibilizados na Internet, que foram feitos pela própria NASA, e chegue você à sua própria conclusão:

 

Cometa 11/05/2011

[youtube 7PMqJ1mAgDU nolink]

Fonte do vídeo: rvermill47

 

Cometa 06/07/2011

[youtube OwpieoRGD4w nolink]

Fonte do vídeo: astrotometry

Ah, eu já ia esquecendo.  Logo a NASA irá anunciar que a Lua é um queijo.

n3m3

 

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.