Advogado afirma que Vaticano sabe que ETs estão aqui e que eles vêm de diferentes sistemas estelares

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 5 min.

Este ano, muita coisa tem acontecido na comunidade OVNI. Após as audiências de OVNIs de julho de 2023, o burburinho sobre OVNIs está se espalhando pelos Estados Unidos. Muitas pessoas estão discutindo os OVNIs, o que levou à divulgação de informações nunca antes compartilhadas.

O Vaticano está ciente de que estamos sendo monitorados por outros seres.

O denunciante do Pentágono, David Grusch, chamou muita atenção para o enigma dos OVNIs, motivando alguns indivíduos importantes a escalar o assunto no Congresso dos EUA.

Daniel Sheehan, advogado que representou Lue Elizondo, revela tudo e fala de coisas que nunca compartilhou antes. Ele culpa esses cinco políticos por resistirem à legislação sobre OVNIs (a Lei do Desacobertamento de OVNIs de 2023, apresentada pelo líder do Senado, Chuck Schumer): os senadores Wicker e Mitch McConnell (líder da minoria do Senado) e os deputados Mike Turner, Mike Rogers e Mike Johnson (presidente da Câmara).

Sheehan, um advogado e ativista de interesse público, tem uma longa história de enfrentar o governo federal em nome de clientes importantes, incluindo a defesa do The New York Times no caso dos Documentos do Pentágono, bem como de um dos envolvidos no Watergate. Ele também é amplamente visto como um provocador que tem um interesse permanente em OVNIs e tem falado publicamente sobre visitas alienígenas. Ele também atuou como conselheiro do Disclosure Project, liderado pelo pesquisador de OVNIs Steven Greer, que tem procurado forçar mais transparência governamental sobre os OVNIs.

O jornalista Christopher Sharp escreve que Sheehan disse ao Liberation Times que “a resistência contra a linguagem OVNI é liderada pelos representantes Mike Rogers e Mike Turner, presidentes do Comitê de Serviços Armados e do Comitê de Inteligência da Câmara. Sheehan e outras fontes revelaram que ambos os indivíduos enfrentaram pressão de empreiteiros privados de defesa e da comunidade de inteligência, influenciando a sua oposição.

Segundo Sheehan, certas entidades, como empresas aeroespaciais privadas (Lockheed Martin, Raytheon, Radiance Technologies) e a Direção de Operações da CIA, estão pressionando os representantes Turner e Rogers, possivelmente através de contribuições de campanha ou ameaças. Ele destacou o envolvimento da CIA em operações secretas, especialmente relacionadas com materiais não humanos e tecnologia OVNI.

Declarações estranhas sobre OVNIs de Sheehan

Sheehan está ativamente dando entrevistas onde revela algumas informações sobre OVNIs que seriam chocantes para as pessoas que não estão cientes do que está acontecendo com o assunto OVNI. No recente episódio de “The UFO Podcast”, Sheehan disse que 40 testemunhas apresentaram evidências convincentes que apoiam a existência de OVNIs. Estas testemunhas, afirma ele, estão cientes não só da existência de tais naves, mas também do envolvimento da indústria aeroespacial na engenharia reversa das mesmas para fins de desenvolvimento de armas. Sheehan enfatizou a gravidade da situação, rotulando-a de “problema extraordinariamente sério”.

O projeto de lei proposto, conforme descrito por Sheehan, busca estabelecer um tratado internacional que proíba qualquer país de usar tecnologia OVNI para obter vantagem militar. O objetivo geral é impedir o desenvolvimento de sistemas de armas baseados na tecnologia OVNI. Apesar do amplo apoio bipartidário, Sheehan revelou obstáculos encontrados durante o processo legislativo.

Sheehan explicou:

“O chefe individual do comitê de inteligência do lado da Câmara, o chefe republicano Michael Turner, interveio. Ele vem do segundo distrito congressional de Ohio, onde está localizada a Base Aérea Wright-Patterson.”

Ele observou que os laços de Turner com a área, onde fica a Base Aérea de Wright-Patterson, podem ter influenciado sua posição sobre o desacobertamento dos OVNIs.

Em seguida, Sheehan apontou para Michael Rogers, do segundo distrito congressional do Alabama, chefe do comitê das forças armadas, ligando seu envolvimento à base de mísseis de Redstone. Alegadamente, esta base é um local chave onde estão em curso esforços para utilizar a tecnologia OVNI para o desenvolvimento de mísseis mais eficazes, incluindo mísseis nucleares.

De acordo com Sheehan, o termo “revelação catastrófica” varia em definição entre diferentes indivíduos. Alguns interpretam-no como a revelação de atos criminosos cometidos contra aqueles que tentam divulgar informações, resultando em potencial responsabilidade criminal para várias pessoas. Traçando paralelos com casos históricos, Sheehan aponta para o incidente dos Documentos do Pentágono durante a administração Nixon.

No caso dos Documentos do Pentágono, o governo argumentou que a divulgação de informações contidas nos documentos confidenciais prejudicaria irreparavelmente a segurança nacional. Sheehan sublinha a importância de distinguir entre preocupações genuínas com a segurança nacional e potenciais abusos de poder. Ele recorda uma recusa semelhante por parte dos funcionários em divulgar detalhes específicos em tribunal durante o caso Pentagon Papers, enfatizando o abuso do poder discricionário dentro das agências de inteligência.

Uma das principais preocupações de Sheehan é o sigilo que cerca as informações relacionadas a objetos voadores não identificados (OVNIs) e a potencial existência de uma civilização extraterrestre. Ele critica a ideia de que um grupo seleto tem o direito de reter tais informações do público, rotulando-as como absurdas, fundamentalmente inconstitucionais, antidemocráticas e, na sua opinião profissional, criminosas.

Durante a discussão sobre a existência de civilizações extraterrestres, o apresentador do podcast, Andy, perguntou a Sheehan:

“Você usou [o termo] ‘civilização extraterrestre’ algumas vezes e é um advogado cuidadoso. Por que você diz “civilização” e não “civilizações”? Você acha que há apenas uma ou está dizendo que pode não haver mais de uma interagindo conosco?”

Sheehan respondeu com confiança:

“Ah, sim, definitivamente existem espécies diferentes aqui. Cerca de meia dúzia foram identificados e provavelmente vêm de sistemas estelares diferentes… Não sabemos se eles têm algum tipo de coalizão ou federação, ou como cooperam entre si. Simplesmente não temos as respostas.”

Sheehan expressou preocupação com a possível comunicação entre indivíduos do governo e esses seres, com informações importantes sendo mantidas em segredo.

Ele declarou:

“Há evidências de que houve comunicação com esses seres extraterrestres e estamos sendo mantidos no escuro. Isso vai contra a nossa Constituição.”

O envolvimento do Vaticano com OVNIs e vida alienígena

Na sua outra entrevista com James Landoli em “Engaging The Phenomenon”, Sheehan, que foi membro do Conselho Chefe da ordem jesuíta dos Estados Unidos, revelou detalhes intrigantes sobre as suas conversas com o chefe dos arquivos do Vaticano sobre o conhecimento deste a respeito da vida extraterrestre. Sheehan lançou luz sobre o seu envolvimento numa iniciativa inovadora para abordar as implicações teológicas e filosóficas da descoberta da inteligência extraterrestre.

Durante a entrevista, James levantou o tema da afirmação de David Grusch de que o Vaticano possuía conhecimento de fenômenos extraterrestres. Sheehan discutiu seu acesso aos arquivos confidenciais do Projeto Blue Book, onde encontrou fotos de recuperações de OVNIs e evidências concretas de veículos pilotados por não humanos.

Ele propôs a formação de um grupo de trabalho envolvendo todas as 54 principais denominações religiosas para abordar a questão de uma perspectiva teológica. Porém, naquela época, não havia consenso suficiente e a proposta foi recusada. Sheehan está atualmente trabalhando através de seu New Paradigm Institute para organizar uma conferência de cúpula global envolvendo líderes religiosos mundiais para discutir a recente recuperação de uma espaçonave extraterrestre.

“O governo dos Estados Unidos possui evidências biológicas e realmente levou sob custódia viva uma pessoa extraterrestre. Eles estão mantendo esse segredo, interrogando o ser e distorcendo as informações para justificar gastos massivos no desenvolvimento de armas sob o pretexto de uma ameaça percebida.”

–Daniel Sheehan

Sheehan destacou o reconhecimento do Vaticano sobre a possibilidade de vida extraterrestre. Ele fez referência a uma declaração formal emitida pela Igreja Católica em 10 de novembro de 2009, autorizada pelo Papa Bento XVI. A declaração, emitida pelo Padre José Gabriel Alfuz, diretor do Pontifício Observatório de Roma, reconheceu a crescente descoberta de exoplanetas e apelou a uma discussão global sobre as implicações filosóficas e teológicas da iminente descoberta de vida extraterrestre.

Sheehan revelou que o governo estava interrogando telepaticamente a entidade biológica extraterrestre (EBE) sob custódia. Apesar de reconhecer a natureza bizarra da revelação, Sheehan manteve a credibilidade da informação, tendo entrevistado pessoas diretamente envolvidas no processo. A EBE alegadamente transmitiu que uma coligação de sistemas estelares na nossa galáxia monitoriza a evolução da vida em diferentes planetas, inclusive na Terra.

“O Papa Bento XVI emitiu uma declaração formal pela Igreja Católica, dizendo que com a descoberta de mais exoplanetas, tornou-se claro que iremos descobrir vida noutros locais do Universo. Isto suscitou a necessidade de uma discussão global sobre as questões filosóficas e teológicas colocadas pela descoberta de vida extraterrestre.”

–Daniel Sheehan

The Hill relatou que no plenário do Senado, Chuck Schumer afirmou:

“Os republicanos da Câmara também estão tentando matar outra medida bipartidária de bom senso aprovada pelo Senado, que tive orgulho de co-patrocinar… para aumentar a transparência em torno do que o governo faz e não sabe sobre fenômenos aéreos não identificados [OVNIs].”

(Fonte)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Danilo Tercariol ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:


Daniel Sheehandesacobertamento dos OVNIsOVNIsUAPUFOsVaticano
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.