Arquivos Nacionais divulgam imagens de artefatos de OVNIs – Projeto Blue Book

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 3 min.
Ouça este artigo...

Histórias e rumores sobre equipes especiais dos EUA coletando fragmentos de OVNIs acidentados ou abatido são ouvidos há décadas. Agora, graças a uma declaração dos Arquivos Nacionais, o público pode finalmente dar uma olhada em alguns dos artefatos suspeitos de OVNIs coletados durante a era do Projeto Livro Azul.

Fragmento de nave alienígena ou outra coisa?

Esses fragmentos de artefatos foram coletados de casos ocorridos entre junho de 1947 e dezembro de 1969, sendo registrados e catalogados a partir de 1952 por uma divisão do Projeto Blue Book da Força Aérea dos Estados Unidos destinada a estudar suposto material OVNI.

De acordo com os Arquivos Nacionais, grande parte dos artefatos teria arquivos de avistamentos de OVNIs associados; em alguns casos, com detalhes das pessoas que enviaram os artefatos, sua correspondência com a Força Aérea e relatórios de análise dos próprios objetos. No entanto, no que é publicado online, tais informações chamam a atenção por sua ausência. Muitas imagens não possuem uma descrição anexa ou análise correspondente do que estamos vendo.

Ainda assim, muitos dos artefatos podem surpreendê-lo. Por exemplo, abaixo estão os artefatos coletados do “Physical Specimen 7-3745-446 (Artifact 341-20-484) de Bristol, estado de Rhode Island, 20 de outubro de 1962″, intitulado simplesmente como ‘Pieces of Plastic Material‘.

Os artefatos talvez se assemelhem a cabos de fibra ótica derretidos, embora o físico alemão Manfred Börner, do Telefunken Research Labs em Ulm, não tenha desenvolvido essa tecnologia até 1965, seguido pelo primeiro pedido de patente para essa tecnologia em 1966. Isso significa que este material poderia ter sido ultrassecreto, usado em nossos próprios satélites secretos, ou talvez engenharia reversa de artefatos recuperados no notório incidente de Roswell? Ou poderia ser algo completamente diferente? Realmente não sabemos…

Aqui estão as imagens de alguns dos artefatos coletados na data especificada:

Há também outro ‘espécime físico’, marcado com o número 7-3745-438 (Artefato 341-19-483), cujos fragmentos -neste caso metálicos- foram recuperados em Newark, estado de Ohio, em 13 de setembro de 1962:

A Administração Nacional de Arquivos e Registros (de sigla em inglês, NARA) é uma agência independente do governo federal dos EUA que protege e registra documentos governamentais e históricos para garantir o acesso público. E embora a recente publicação de imagens de ‘artefatos de OVNIs’ (disponíveis AQUI) seja interessante por parte desta agência, deve-se notar que é muito incompleta no sentido de que nenhum outro detalhe analítico ou outra evidência de evidência pode ser encontrado.

As imagens, no entanto, são tentadoras e indicam que já em 1952 as pessoas suspeitavam que o governo dos EUA havia recuperado – para fins de estudo e replicação – tecnologia de fabricação alienígena. Isto chegou ao ponto das testemunhas de OVNIs tentarem colaborar fisicamente com o Projeto Blue Book, cuja tarefa, segundo seu consultor científico, J. Allen Hynek, era tentar por todos os meios desacreditar o fenômeno OVNI.

(Fonte)


ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Apoie o OVNI Hoje: Cada Doação é Essencial!

Agradecimentos aos colaboradores do mês: ❤️Eneias Vieira ❤️Silas Raposo ❤️Leopoldo Della Rocca ❤️Cristina Vilas Boas

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

artefatos de OVNIsOVNIsProjeto Blue BookUFOs
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.