Diretrizes da Força-Tarefa OVNI são aprovadas pelo Comitê de Inteligência da Câmara (EUA)

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 3 min.
Ouça este artigo...

O Comitê de Inteligência da Câmara dos EUA aprovou a Lei de Autorização de Inteligência de 2022, que inclui diretrizes sobre o governo e os OVNIs (que chamam de UAPs, sigla em inglês para Fenômenos Aéreos Não Identificados).

Em um comunicado à imprensa divulgado pelo presidente do comitê, Adam Schiff, ele escreve:

“O projeto traz uma cláusula bicameral obrigando o compartilhamento de inteligência com a força-tarefa UAP do Departamento de Defesa”.

Veja mais:

Busca Persistente Perseguição de Fenômenos Aéreos Não Identificados. Após uma audiência de supervisão bipartidária sobre Fenômenos Aéreos Não Identificados, o projeto traz uma cláusula bicameral obrigando o compartilhamento de inteligência com a força-tarefa UAP do Departamento de Defesa. A disposição garantirá que a força-tarefa será capaz de aproveitar totalmente todos os relatórios confidenciais sobre os UAPs enquanto continuam a investigar esta misteriosa ameaça ao espaço aéreo dos EUA e às nossas forças militares.

Abaixo está a seção 312 da Lei da Câmara mostrando a linguagem pertinente envolvendo UAPs no ato:

SEC. 312. APOIO E SUPERVISÃO DA FORÇA TAREFA DE FENÔMENOS AÉREOS NÃO IDENTIFICADOS.

(a) DISPONIBILIDADE DE DADOS SOBRE FENÔMENOS AÉREOS NÃO IDENTIFICADOS. – O Diretor de Inteligência Nacional deve garantir que cada elemento da comunidade de inteligência com dados relacionados a fenômenos aéreos não identificados disponibiliza tais dados imediatamente para a Força-Tarefa de Fenômenos Aéreos Não Identificados, ou entidade sucessora, e ao Centro Nacional de Inteligência Aérea e Espacial.

(b) RELATÓRIOS TRIMESTRAIS.
(1) EM GERAL.- No mais tardar 90 dias após a data da promulgação desta Lei, e não menos frequentemente do que trimestralmente a partir de então, a Força-Tarefa de Fenômenos Aéreos Não Identificados, ou entidade sucessora, deve apresentar aos comitês parlamentares apropriados um relatório sobre as descobertas da Força-Tarefa de Fenômenos Aéreos Não Identificados, ou entidade sucessora.

(2) CONTEÚDO.- Cada relatório apresentado nos termos do parágrafo (1) deve incluir, no mínimo, o seguinte:
(A) Todos os eventos relacionados a fenômenos aéreos não identificados relatados que ocorreram durante o período coberto pelo relatório.
(B) Todos os eventos relacionados a fenômenos aéreos não identificados relatados que ocorreram durante um período diferente do período coberto pelo relatório, mas não foram incluídos em um relatório anterior.
(3) FORMULÁRIO – Cada relatório submetido de acordo com o parágrafo (1) deve ser apresentado de forma classificada, de acordo com a proteção de fontes e métodos de inteligência.

(c) DEFINIÇÕES.- Nesta seção:
(1) COMITÊS DO CONGRESSO ADEQUADOS.-O termo ” comitês do Congresso apropriados ” significa o seguinte:
(A) Os comitês de inteligência do Congresso.
(B) Os Comitês de Serviços Armados da Câmara dos Representantes e do Senado.
(2) FORÇA-TAREFA DE FENÔMENOS AÉREOS NÃO IDENTIFICADOS. – O termo ” Força-Tarefa de Fenômenos Aéreos Não Identificados ” significa a força-tarefa criada pelo Departamento de Defesa em 4 de agosto de 2020, a ser liderada pelo Departamento da Marinha, sob o Gabinete do Subsecretário de Defesa de Inteligência e Segurança.

O projeto do Senado dos EUA inclui linguagem semelhante.

A primeira indicação de que a Força-Tarefa OVNI continuaria seu trabalho e se tornaria mais integrada às comunidades de defesa e inteligência veio no mesmo dia em que o Escritório do Diretor de Inteligência Nacional divulgou um relatório não classificado de nove páginas sobre OVNIs.

A vice-secretária de Defesa, Kathleen Hicks, emitiu um memorando dirigindo a formalização da missão da Força TErefa (de sigla em inglês, UAPTF.

No documento de uma página publicado na página de publicação do Departamento de Defesa dos EUA, a vice-secretária apresentou três componentes principais:

  • Estabeleça procedimentos para sincronizar a coleta, relatórios e análises no conjunto de problemas UAP e para estabelecer recomendações para proteger testes militares e intervalos de treinamento.
  • Identificar os requisitos para o estabelecimento e operação da nova atividade, de forma a incluir o alinhamento organizacional, os recursos e pessoal necessários, bem como as autoridades necessárias e um cronograma para a implementação.
  • Ser desenvolvido em coordenação com os Assistentes do Estado-Maior Principal, o Presidente do Estado-Maior Conjunto, os Secretários dos Departamentos Militares e os Comandantes dos Comandos Combatentes e com o DNI e outros parceiros interinstitucionais relevantes.

Termina com esta declaração:

“Todos os membros do Departamento utilizarão esses processos para garantir que a UAPTF, ou sua atividade subsequente, tenha relatórios de observações de UAPs dentro de duas semanas de uma ocorrência.”

(Fonte)


Mas é claro, a maior questão que fica é: todos esses novos relatórios serão disponibilizados aos olhos de meros mortais como nós?

Bem, acho que você já sabe a resposta.

…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar. Cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

As doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês!

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

Congresso dos EUAForça Tarefa OVNIOVNIsUAPsUFOs
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.