NASA deve levar humanos à Lua até 2026 para evitar as erupções do Sol

Tempo de leitura: 2 min.

Um novo relatório da Universidade de Reading prevê que haverá uma série de enormes erupções de plasma do Sol entre 2026 e 2030, potencialmente colocando os astronautas em perigo.

Crédito da imagem: NASA

A NASA deve enviar humanos à lua “dentro de cinco anos” para salvar os astronautas de “eventos climáticos extremos” perigosos, alertaram cientistas do Reino Unido.

Especialistas da Universidade de Reading afirmam que a agência norte-americana precisará enviar mais pessoas à superfície lunar para evitar uma série de eventos climáticos extremos no espaço.

Em um novo relatório – publicado na revista científica Solar Physics – a equipe de acadêmicos prevê que haverá vários eventos climáticos severos, incluindo grandes erupções de plasma do Sol, entre 2026 e 2030.

Tendo pesquisado dados meteorológicos espaciais dos 150 anos, eles avisaram que provavelmente ocorrerão no final do atual ciclo solar de 11 anos.

A próxima missão lunar tripulada da NASA – Artemis III – está programada para lançamento no final de 2024 – 52 anos depois que Gene Cernan da Apollo 17 se tornou o último homem a andar na superfície lunar.

Mas especialistas alertaram que qualquer atraso no programa pode colocar os astronautas em perigo.

O professor Mathew Owens, físico espacial da Universidade de Reading, informou:

“Até agora, pensava-se que os eventos de clima espacial mais extremos eram aleatórios em seu tempo e, portanto, pouco podia ser feito para planejá-los.”

Esta pesquisa também revelou eventos climáticos espaciais tipicamente começam mais cedo durante os ciclos solares pares e mais tarde nos ímpares.

O ciclo solar 25 começou em 2019, o que significa que os eventos são mais prováveis ​​de ocorrer no segundo semestre – entre 2024 e 2030.

Owens disse:

“Essas novas descobertas devem nos permitir fazer melhores previsões do clima espacial para o ciclo solar que está apenas começando e será executado na próxima década ou mais.

Isso sugere que quaisquer missões espaciais significativas nos próximos anos – incluindo o retorno de astronautas à Lua e, posteriormente, a Marte – terão menos probabilidade de encontrar eventos espaciais extremos na primeira metade do ciclo solar do que na segunda.

O lançamento da Apollo 17 foi quase cancelado em agosto de 1972 devido a uma enorme erupção solar, que poderia ter problemas sérios para os astronautas e seus equipamentos.

(Fonte)


Eu, particularmente, baseado no histórico de alerta dos astrônomos a respeito dos ciclos solares, acho que o Sol faz o que quer, e quando ele quer. Mas eu também posso estar errado. 😁

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO… e (importante) se puder, colabore na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo:

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
astronautasejeção solarmissão lunar
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (0)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.