web analytics

NASA deve levar humanos à Lua até 2026 para evitar as erupções do Sol

Tempo de leitura: 2 min.

Um novo relatório da Universidade de Reading prevê que haverá uma série de enormes erupções de plasma do Sol entre 2026 e 2030, potencialmente colocando os astronautas em perigo.

NASA deve levar humanos à Lua até 2026 para evitar as erupções do Sol
Crédito da imagem: NASA

A NASA deve enviar humanos à lua “dentro de cinco anos” para salvar os astronautas de “eventos climáticos extremos” perigosos, alertaram cientistas do Reino Unido.

Especialistas da Universidade de Reading afirmam que a agência norte-americana precisará enviar mais pessoas à superfície lunar para evitar uma série de eventos climáticos extremos no espaço.

Em um novo relatório – publicado na revista científica Solar Physics – a equipe de acadêmicos prevê que haverá vários eventos climáticos severos, incluindo grandes erupções de plasma do Sol, entre 2026 e 2030.

Tendo pesquisado dados meteorológicos espaciais dos 150 anos, eles avisaram que provavelmente ocorrerão no final do atual ciclo solar de 11 anos.

A próxima missão lunar tripulada da NASA – Artemis III – está programada para lançamento no final de 2024 – 52 anos depois que Gene Cernan da Apollo 17 se tornou o último homem a andar na superfície lunar.

Mas especialistas alertaram que qualquer atraso no programa pode colocar os astronautas em perigo.

O professor Mathew Owens, físico espacial da Universidade de Reading, informou:

“Até agora, pensava-se que os eventos de clima espacial mais extremos eram aleatórios em seu tempo e, portanto, pouco podia ser feito para planejá-los.”

Esta pesquisa também revelou eventos climáticos espaciais tipicamente começam mais cedo durante os ciclos solares pares e mais tarde nos ímpares.

O ciclo solar 25 começou em 2019, o que significa que os eventos são mais prováveis ​​de ocorrer no segundo semestre – entre 2024 e 2030.

Owens disse:

“Essas novas descobertas devem nos permitir fazer melhores previsões do clima espacial para o ciclo solar que está apenas começando e será executado na próxima década ou mais.

Isso sugere que quaisquer missões espaciais significativas nos próximos anos – incluindo o retorno de astronautas à Lua e, posteriormente, a Marte – terão menos probabilidade de encontrar eventos espaciais extremos na primeira metade do ciclo solar do que na segunda.

O lançamento da Apollo 17 foi quase cancelado em agosto de 1972 devido a uma enorme erupção solar, que poderia ter problemas sérios para os astronautas e seus equipamentos.

(Fonte)


Eu, particularmente, baseado no histórico de alerta dos astrônomos a respeito dos ciclos solares, acho que o Sol faz o que quer, e quando ele quer. Mas eu também posso estar errado. 😁

– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


Meus sinceros agradecimentos aos que doaram ao OH neste mês de maio:

  • Boris G. K.
  • Ricardo C. A.
  • Eduardo S. S.
  • Egidia L.
  • Joaquim F. P. C.
  • Helio S Jr.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol