web analytics

Relatos históricos indicam a existência de portais interdimensionais

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 4 min.
Ouça este artigo...

Pesquisadores afirmam que portais interdimensionais são inexistentes, considerando a ideia completamente absurda. No entanto, isso não é totalmente preciso.

Relatos históricos indicam a existência de portais interdimensionais
Crédito da imagem ilustrativa: n3m3/leonardo.ai

Entre as atrações turísticas, inúmeros lugares estão impregnados de rumores e lendas incríveis. Como sugere o conhecimento comum, as pessoas não se entregam a conversas infundadas. Alguns desses locais são, de fato, considerados portais de entrada para outras dimensões. Quer se trate de portais interdimensionais, portais estelares ou portais dos deuses, o conceito subjacente permanece inalterado.

Por exemplo, na região de Puerta de Jaumarca, no Peru, a chamada ‘Portal dos Deuses‘ foi descoberta em 1996. Segundo os habitantes locais, esse portal era usado por seres superiores para entrar em nosso mundo. Ele possui duas aberturas: uma quadrada medindo 7 por 7 metros, e outra que tem 6,5 metros de altura. Reza a lenda que a abertura maior era destinada aos deuses, enquanto a menor era destinada aos mortais. Diz-se que aqueles que se aventuraram por este portal foram agraciados com a imortalidade e o privilégio de habitar entre os deuses.

A mitologia inca postulava a existência de três reinos: o nosso mundo, o mundo de cima e o mundo de baixo. Acreditava-se que passagens ou canais permitiam o movimento entre essas dimensões. O último indivíduo a atravessar os portões para o reino divino foi um sumo sacerdote inca, escapando dos conquistadores espanhóis.

A tradição local conta que, durante o século XVI, quando os espanhóis começaram a saquear tesouros incas, um sacerdote chamado Amaru Maru fugiu do templo com um disco de ouro, considerado a chave para os deuses dos sete raios. Amaru Maru chegou ao portal dos deuses, entregou o disco às sentinelas e, seguindo um ritual, o portal se abriu, revelando um túnel banhado de luz azulada. Ele atravessou esse portal, desaparecendo do mundo humano, com destino à morada das divindades.

Certamente, pode-se atribuir essas ocorrências a mitos e lendas, se não por um detalhe em particular. Na seção inferior direita do nicho arqueado, os arqueólogos encontraram um pequeno recesso circular, aparentemente projetado para segurar um objeto plano redondo, semelhante a um disco sagrado, que poderia ser pressionado com um dedo, como um botão de interfone. Além disso, a aldeia situada na base da cordilheira no Peru está abandonada há algum tempo.

Os habitantes não suportavam os implacáveis fenômenos anômalos: bolas de fogo, anomalias auditivas, poltergeists, vibrações inexplicáveis nas paredes e ar oscilante. O surgimento intermitente de indivíduos desconhecidos e animais peculiares nas ruas da aldeia sugeria ainda a existência de portais para outros reinos. De fato, com uma busca diligente, pode-se descobrir lendas semelhantes em todo o mundo.

Isso se refere ao famoso templo de Abu Garab, ao templo de Abidos, ao portal de Tiwanaku ou a uma estrutura enigmática no fundo do lago Michigan, que provocam inúmeras perguntas. Da mesma forma, há Stonehenge, onde, em 1971, um brilho misterioso teria sequestrado um grupo de adolescentes hippies, que desapareceram sem deixar vestígios.

O ovniólogo norte-americano Harry Hart associa esses eventos a um aumento na força do campo magnético, que pode ser simplesmente medido com uma bússola padrão. Ele observa que as tensões aumentam notavelmente antes da suposta abertura dos portais, durante a qual se dizem que nevoeiros peculiares se formam. O pesquisador postula que a atividade das formações de energia de vórtices poderia explicar a abertura de passagens para outras dimensões e reinos. Relatos sobre neblina costumam acompanhar histórias de pessoas desaparecidas.

Muitos relatos sugerem que uma névoa espessa pode aparecer de repente, levando a desaparecimentos ou pessoas emergindo em lugares ou horários inesperados. Tal evento pode ter ocorrido com Dee Strong em novembro de 1960.

O evento teria acontecido em uma estrada de Ottenburg em Northumberland, na Inglaterra, local de uma batalha histórica do século XII. A mulher e o taxista teriam sido poupados devido à brevidade do ocorrido. O motor do táxi parou abruptamente, indicativo de anomalias eletromagnéticas. O medidor rodopiou descontroladamente, e o veículo encontrou uma barreira invisível – uma parede de energia. Soldados vestidos com trajes militares do século XII teriam cercado o carro antes de desaparecerem.

Relatos históricos indicam a existência de portais interdimensionais
Ninurta.

Um selo sumério mostrando a divindade Ninurta emergindo de um portal estelar, cercado por pilares brilhantes, atraiu interesse significativo entre os estudiosos. Artefatos adicionais com a divindade também podem sugerir a existência de um portal estelar. Ninurta é retratada usando o que se assemelha a um relógio de pulso moderno e interagindo com o que parecem ser controles do portal.

Alguns pesquisadores acreditam que o portal estelar dos deuses sumérios estava situado no rio Eufrates, no que hoje é o Iraque, sob os restos da antiga cidade de Eridu, que foi destruída nos tempos de A.C. Atualmente, especula-se que múltiplos portais desse tipo para outras dimensões tenham sido construídos. De acordo com alguns relatos, alguns deles estão localizados na Área classificada 51, também conhecida como “Dreamland” (‘Terra dos Sonhos’).

Localizado na cidade de Groom Lake, dentro de uma região desértica dos Estados Unidos, há alegações de dois enormes hangares, tão altos quanto um prédio de sete andares, supostamente contendo dispositivos que criam vórtices espaço-temporais para viagens interdimensionais.

Apesar das autoridades norte-americanas negarem a existência desta área, vários investigadores e cientistas, incluindo Morton, Bilazer, Dee Hough, Bee Cooper e Dee Lear – alguns alegadamente envolvidos em projetos científicos secretos – confirmaram-no. A natureza desses portões e suas funções permanecem em grande parte desconhecidas. No entanto, a atenção foi atraída para o Grande Colisor de Hádrons, onde os envolvidos provavelmente entendem a magnitude de seu trabalho. O projeto do colisor de hádrons, sugerido por seu financiamento significativo, vai além de meros experimentos de partículas.

Mais de 10 bilhões de euros foram investidos na construção do Grande Colisor de Hádrons. Alguns cientistas, como Sergei Salm, um candidato das ciências físicas e matemáticas, expressaram oposição a esses experimentos, sugerindo que eles são financiados pela elite global para criar portas de entrada para mundos ou universos paralelos.

Além disso, pesquisadores independentes postularam que esses experimentos poderiam contribuir para um aumento nas anomalias climáticas, como furacões e tornados, citando fenômenos atmosféricos incomuns observados sobre o Lago Genebra e outras regiões globalmente como evidência potencial dos efeitos colaterais do colisor.

A misteriosa morte do ex-diretor do CERN, o físico Edward Montila, no final de 2016, levanta questões. Antes de sua morte, ele destruiu todas as suas anotações científicas e limpou seu computador, deixando para trás apenas um arquivo de texto alegando que o colisor foi projetado não para estudar partículas, mas para abrir um portal. A natureza do que pode emergir de tal portal permanece especulativa.

A intriga se aprofundou quando arquivos desclassificados do FBI sugeriram que seres de outras dimensões e planetas poderiam ter visitado a Terra. Essas revelações dão alguma credibilidade aos mitos que cercam os portões estelares e portais para mundos paralelos.

As culturas antigas há muito falam de portais para outros mundos e portas de entrada para sistemas estelares onde os criadores residem.

(Fonte)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Leopoldo Della Rocca ❤️ Egídia L dos Santos ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:


Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code