web analytics

Sinal misterioso do espaço se repete a cada hora

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.
Ouça este artigo...

O radiotelescópio ASKAP, na Austrália, registrou um estranho sinal repetitivo que muda de característica a cada 53,8 minutos, movendo-se para três estados diferentes.

Sinal misterioso do espaço se repete a cada hora
Crédito da imagem ilustrativa: n3m3/Bing/Copilot

O sinal, apelidado de ASKAP J1935+2148, é diferente de tudo o que já vimos. Emite flashes brilhantes com duração de 10 a 50 segundos com polarização linear.

Em outros casos, emite pulsos mais fracos, circularmente polarizados, com duração de apenas 370 milissegundos. Às vezes, o sinal desaparece completamente. O estudo foi publicado na revista Nature Astronomy.

A autora principal, Dra. Manisha Caleb, disse:

“O que é intrigante é que este objeto exibe três estados diferentes de radiação, cada um com propriedades completamente diferentes dos outros.”

Os astrônomos consideram duas versões principais: uma estrela de nêutrons e uma anã branca. Mas nenhuma dessas opções explica as estranhas propriedades do sinal. As estrelas de nêutrons são conhecidas por seus sinais de rádio, mas normalmente giram a velocidades de segundos ou frações de segundo por rotação.

O sinal ASKAP J1935+2148 está girando muito lentamente, o que contradiz nossa compreensão de estrelas de nêutrons. Anãs brancas, embora possam girar lentamente, não devem emitir sinais de rádio com essas propriedades.

Esta não é a primeira vez que sinais de rádio repetidos do espaço deixam os astrônomos perplexos. Há alguns anos, foi descoberto um sinal com um ciclo de 18 minutos, que também contradizia as teorias existentes. O novo sinal é ainda mais misterioso; Não só tem um ciclo mais longo, mas também exibe características mais complexas.

Mais observações são necessárias para desvendar o mistério do ASKAP J1935+2148. Estudar o sinal poderia levar a uma revisão de nossa compreensão da física de estrelas de nêutrons e anãs brancas.

Caleb disse:

“Isso pode até nos levar a reconsiderar nossa compreensão de longa data de estrelas de nêutrons ou anãs brancas. Sobre como emitem ondas de rádio e qual é a sua população na Via Láctea.”

(Fonte)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Leopoldo Della Rocca ❤️ Egídia L dos Santos ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:


Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code