web analytics

Cientistas não conseguem encontrar o fundo de caverna subaquática

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.
Ouça este artigo...

Uma equipe de pesquisadores identificou o buraco mais profundo conhecido na Terra – tão profundo que ainda não chegaram ao fundo.

Cientistas não conseguem encontrar o fundo de caverna subaquática
O Buraco Azul Taaam Ja’ fotografado de cima, comparado com um barco (boat) de 8,5 metros de comprimento. Crédito: Juan C. Alcérreca-Huerta, Teresa Álvarez-Legorreta, Laura Carrillo, Laura M. Flórez-Franco, Oscar F. Reyes-Mendoza and Joan A. Sánchez-Sánchez, CC BY 4.0 https://creativecommons.org/licenses/by/4.0, via Wikimedia Commons

O Taam Ja’ Blue Hole (TJBH – Buraco Azul Taam Ja’), que está localizado debaixo d’água, ao largo da costa, perto da fronteira entre o México e Belize, já foi considerado o segundo mais profundo do gênero, como relata a CBS News.

Mas de acordo com um novo artigo publicado na revista Frontiers in Marine Science, o local pode ser muito mais profundo do que se pensava anteriormente, estendendo-se pelo menos até uns assustadores 1.380 pés (420 m) abaixo do nível do mar, tornando-o o buraco azul mais profundo conhecido na Terra.

Para colocar esse número em perspectiva, o ponto mais profundo conhecido na Terra é chamado Challenger Deep, na Fossa das Marianas, que tem cerca de 11 quilômetros de profundidade. O TJBH, no entanto, está localizado a apenas três quilômetros da costa do México, enquanto o Challenger Deep fica a quase 320 quilômetros de Guam, uma ilha extremamente remota no meio do Oceano Pacífico.

Ainda mais atraente é o fato dos investigadores acreditarem que o buraco está ligado a uma extensa rede de grutas e túneis subaquáticos, tornando-o num local tentador para procurar biodiversidade marinha ainda por descobrir, uma vez que buracos como este estão frequentemente repletos de vida.

A descoberta destaca o quanto ainda há para aprender sobre os oceanos do nosso planeta. De acordo com a Administração Oceânica e Atmosférica Nacional (EUA), exploramos apenas 5% dos oceanos da Terra, apesar de eles cobrirem quase 70% da superfície do planeta.

Como o nome sugere, os buracos azuis são cavernas verticais ou sumidouros cheios de água do mar. Muitos se formaram durante eras glaciais anteriores, quando o baixo nível do mar permitiu que a chuva e o desgaste químico penetrassem em paisagens ricas em calcário.

A equipe de pesquisadores mexicanos realizou uma expedição de mergulho em dezembro, na tentativa de mapear as condições ambientais do TJBH. Usando um conjunto de sondas ligadas a um instrumento implantado por cabo, eles tentaram medir a incrível profundidade do buraco, concluindo no seu artigo que é “o buraco azul mais profundo conhecido do mundo, com o seu fundo ainda não alcançado”.

A equipe também descobriu que as propriedades da água abaixo de 1.312 pés se assemelhavam muito às do Mar do Caribe, sugerindo que o buraco pode estar conectado ao oceano através de “potenciais conexões subterrâneas”.

Compreensivelmente, a equipe está agora interessada em voltar para descobrir a sua verdadeira profundidade máxima e explorar o suposto sistema de cavernas e túneis – um esforço que provavelmente é tão indutor de ansiedade quanto hipnotizante.

(Fonte)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Leopoldo Della Rocca ❤️ Egídia L dos Santos ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:


Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code