web analytics

Engenheiro diz ter encontrado maneira de superar a gravidade da Terra

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 3 min.
Ouça este artigo...

Este novo sistema de propulsão poderia reescrever as regras do voo espacial – para não mencionar desafiar completamente a física convencional.

Engenheiro diz ter encontrado maneira de superar a gravidade da Terra
Crédito da imagem ilustrativa: n3m3/Bing/DALL-E

Em 2001, o engenheiro elétrico britânico Roger Shawyer apresentou pela primeira vez o “drive impossível”, conhecido como EmDrive. Foi chamado de “impossível” porque seu criador pretendia que o impulso não reagisse, o que significa que não era necessário propulsor – em outras palavras, desafiava as leis conhecidas da física (especificamente, a conservação do momento).

Como acontece com qualquer coisa que pareça desprezar Newton e Einstein, os cientistas levantaram muitas sobrancelhas, e duas décadas de testes eventualmente se resumiram a uma conclusão inevitável (e um tanto previsível) em 2021: o EmDrive não funciona. Mas essa é a natureza do método científico: pegar numa ideia aparentemente impossível, submetê-la a testes rigorosos e, esperançosamente, chegar a uma conclusão incontestável (ou a novas descobertas que conduzam a outras direções). Mas o sonho não baseado na física de uma máquina sem propulsor não morreu com o EmDrive. Agora, um novo desafiante se aproxima, e este tem um ex-cientista da NASA apoiando-o.

Enquanto estava na NASA, Charles Buhler ajudou a estabelecer o Laboratório de Eletrostática e Física de Superfícies no Centro Espacial Kennedy, na Flórida – um laboratório muito importante que basicamente garante que os foguetes não explodam. Agora, como cofundador da empresa espacial Exodus Propulsion Technologies, Buhler disse ao site The Debrief que eles criaram um propulsor movido por uma “Nova Força” fora de nossas atuais leis da física conhecidas, dando impulso suficiente ao propulsor sem propulsor para superar a gravidade.

Buhler disse ao The Debrief:

“A mensagem mais importante a transmitir ao público é que ocorreu uma grande descoberta. Esta descoberta de uma Nova Força é fundamental porque os campos elétricos por si só podem gerar uma força sustentável sobre um objeto e permitir a translação do centro de massa desse objeto sem expelir massa.”

Buhler enfatizou que este trabalho não é afiliado à NASA e que recentemente apresentou suas descobertas na Conferência de Energia de Propulsão Alternativa (APEC), que é um clube de engenheiros e entusiastas ansiosos por encontrar maneiras de superar as limitações da gravidade e da física – e não sempre com os métodos mais cientificamente sólidos.

Em entrevista ao cofundador da APEC, Tim Ventura, Buhler explicou como sua experiência em eletrostática levou à descoberta. Ele diz que sua equipe – composta por pessoas da NASA, da Blue Origin e da Força Aérea – investigou unidades sem propulsor durante décadas antes de chegar à eletrostática. Durante anos, seus dispositivos produziram impulso insignificante, mas aumentaram a cada nova iteração. Isto culminou em 2023, quando este impulso movido pela “Nova Força” gerou impulso suficiente para superar a gravidade da Terra.

Buhler disse ao The Debrief:

“Essencialmente, o que descobrimos é que sistemas que contêm uma assimetria na pressão eletrostática ou algum tipo de campo eletrostático divergente podem dar a um sistema de centro de massa um componente de força diferente de zero. Então, o que isso basicamente significa é que existe alguma física subjacente que pode essencialmente colocar força em um objeto caso essas duas restrições sejam atendidas.”

Obviamente, as afirmações de Buhler são bastante “uau, se forem verdadeiras”, mas a história dos motores sem propulsores está repleta de resultados aparentemente positivos que acabam por ser destruídos nas rochas da realidade científica. Para o EmDrive, as esperanças do dispositivo dispararam depois que a equipe Eagleworks da NASA, que se dedica a investigar novas formas de propulsão (ou seja, motores de dobra espacial), afirmou ter medido o impulso do motor “impossível” em 2016. No entanto, estudos subsequentes – incluindo um estudo exaustivo na Universidade de Tecnologia de Dresden – encontrou impulso zero.

Antes que qualquer entusiasta da propulsão alternativa comece a abrir garrafas de champanhe, pesquisas rigorosas de terceiros terão que verificar os resultados repetidas vezes. Embora não seja impossível que Buhler et. al encontraram alguma peculiaridade desconhecida da física, é um resultado extremamente improvável.

Por enquanto, vamos chamá-lo de “mecanismo improvável”.

(Fonte)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Leopoldo Della Rocca ❤️ Egídia L dos Santos ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:


Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code