web analytics

A história de Paul Villa e suas fotos de um OVNI

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 4 min.

16 de junho de 1963 – perto de Albuquerque, Novo México – EUA – Apolinar A. Villa (Paul Villa), Jr., 49 (nascido em 24 de setembro de 1916), mecânico, teve o privilégio único de ter reuniões pré-agendadas com “pessoas do espaço” com o propósito específico de tirar fotos de suas naves.

A história de Paul Villa e suas fotos de um OVNI
Foto tirada em 18 de abril de 1965, de outro contato. Outra das fotografias de Paul Villa.

Aparentemente, contatos de um tipo ou de outro com pessoas do espaço não são novidade para Villa. Ele diz que aprendeu telepatia com inteligência extraterrestre desde os cinco anos de idade. Embora não tenha concluído a décima série no ensino médio, parece ter bons conhecimentos em matérias como matemática, eletricidade, física e mecânica, e possui um “dom” incomum para detectar defeitos em motores, geradores, etc.

Villa diz que antes de fotografar sua primeira série de discos voadores em 1963, ele tinha visto cerca de cinco discos voadores nos cinco anos anteriores e já havia conversado com um astronauta anteriormente. Ele disse que seu primeiro contato fotográfico foi seu segundo encontro pessoal com seres extraterrestres.

O primeiro foi em 1953, enquanto trabalhava para o Departamento de Água e Energia de Los Angeles. Certo dia, enquanto trabalhava em Long Beach, ele sentiu um forte desejo de ir à praia, um sentimento que não entendia. Lá ele conheceu um homem de cerca de 2,10 metros de altura. No início Villa ficou com medo e quis fugir. Mas o homem chamou-o pelo nome e contou-lhe muitas coisas pessoais sobre si mesmo.

Ele mesmo relatou:

“[Percebi] que estava se comunicando com uma inteligência muito superior e então percebeu que esse ser era um astronauta. Ele sabia tudo o que eu tinha em mente e me contou muitas coisas que aconteceram na minha vida. Ele então me disse para olhar além do recife. Eu vi um objeto metálico em forma de disco que parecia estar flutuando na água. Então o astronauta me perguntou se eu gostaria de embarcar na nave e dar uma olhada, e fui com ele.”

Villa disse que os ocupantes do disco tinham aparência inteiramente humanoide, embora em geral fossem mais bonitos do que as pessoas da Terra, já que eram definitivamente mais refinados no rosto e no corpo. Também tinham um conhecimento avançado da ciência, como evidenciado pela sua arte e pela conversa com ele.

Os seres teriam dito a ele que toda a galáxia à qual pertence a nossa Terra é um grão de areia numa enorme praia, em relação ao insondável número de galáxias habitadas em todo o Universo. Devido ao seu avanço tecnológico, as suas naves espaciais podem penetrar no sistema de detecção de radar da Terra, de modo que só são detectadas nas nossas telas de radar quando decidem chamar a atenção para a sua presença nos nossos céus. Parece que as suas naves estão constantemente ativas sobre a nossa superfície, e que planejam mais avistamentos e pousos, a fim de aumentar a consciência pública da sua existência. Disseram também que estavam aqui numa missão amigável para ajudar o nosso povo; que eles têm bases na nossa Lua; que Fobos, uma das duas luas de Marte, é oca e construída artificialmente; e que é uma Inteligência Superior que governa o Universo e tudo que nele há.

Para sua primeira série de fotos, o Sr. Villa diz que seus contatos espaciais lhe disseram, telepaticamente, para dirigir sua caminhonete em 16 de junho (1963), até o local do encontro, sozinho. Lá ele viu um disco voador pousado, que estimou ter cerca de 21 metros de diâmetro. Havia nove pessoas a bordo da nave: quatro homens e cinco mulheres. Eles desembarcaram por uma porta hermeticamente fechada. Esses seres, diz ele, variavam em altura de dois a três metros e eram bem proporcionados. Alguns eram loiros; alguns eram ruivos; (como cobre polido); e alguns tinham cabelos pretos. Eles lhe disseram que vieram da galáxia de Coma Berenices, a muitos anos-luz de distância. Eles eram capazes de falar muitas línguas, bem como de se comunicar telepaticamente.

Villa foi informado de que a nave operava como uma Nave-Mãe por seus nove discos de monitoramento controlados remotamente, com 14 polegadas (35 cm) de diâmetro e controlados a partir dos painéis de instrumentos da Nave-Mãe. Eles podiam captar imagens e sons de qualquer área de onde fossem direcionados e então retransmiti-los para painéis de TV a bordo da Nave Mãe.

Eles permitiram que Villa tirasse fotos de sua nave, que posou e pairou perto da superfície entre 14h e 16h. Ele usou uma câmera Rokuoh-Sha de fabricação japonesa com lente f4.6 de 75 mm carregada com filme Kodak 120. Duas das fotos mostram a nave em posição vertical, de lado, para indicar que os extraterrestres criaram uma gravidade artificial dentro da nave e, portanto, estão completamente confortáveis, não importa em que posição a nave esteja, em relação à superfície de um planeta. Aliás, na foto nº 7…???, as aberturas no casco, consideradas por alguns como aberturas de bombordo, não são janelas, mas sim aberturas diretamente relacionadas à propulsão da nave. Villa diz que lhe disseram que as aberturas de ventilação são abertas apenas na atmosfera do planeta – nunca no espaço sideral.
(OVNI Internacional, outubro de 1965, Gabriel Green)

Outro contato

Para seu segundo conjunto de fotos, Villa foi guiado telepaticamente para outra área perto de Bernalillo, Novo México – cerca de 24 quilômetros ao norte de Albuquerque. Isso foi no domingo de Páscoa, 18 de abril de 1965. A nave vista nas fotos 1,2 e 3 projetou um raio que causou um pequeno incêndio na mata. A fumaça do incêndio é visível (com cores mais claras) nas árvores logo abaixo da embarcação, e logo acima e à esquerda da porta traseira da caminhonete de Villa.

Em uma foto, eles chamuscaram o topo de uma árvore – usando um raio direcionado da nave. Essas coisas foram feitas para demonstrar algumas de suas capacidades. A nave pousou e Villa calculou que tinha 90 metros de diâmetro. Ela tinha um trem de pouso telescópico com tripé, que se projetava da parte inferior da nave nas fotos. Os três tripulantes tinham cabelos castanhos claros e pele bronzeada. Eles pareciam ter cerca de 1,5 metros de altura.

Villa conversou com eles por quase duas horas sobre assuntos pessoais e gerais. Disseram-lhe que os nossos astronautas, Edward White e James McDivitt, no seu agora famoso voo GT-4, estavam realmente vendo uma nave espacial quando relataram ter avistado o objeto semelhante a Pégaso. Eles também disseram que o nosso governo não divulgará as fotos da Mariner-4 porque mostram estações de bombeamento para os sistemas de canais em Marte. Acrescentaram que, em 1966, 17 nações terão a Bomba Atômica.

Villa diz que eles conversaram tanto em espanhol (sua língua nativa) quanto em inglês. Seguindo o conselho deles, diz o contatado, ele parou de fumar para melhorar sua capacidade de receber comunicações telepáticas.

(Fonte)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Franklin Viana ❤️Leopoldo Della Rocca ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:


Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code