web analytics

Existem “civilizações perdidas” no fundo do mar

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.

Não sabemos quase nada” sobre civilizações antigas cujas terras foram submersas pela elevação do mar, dizem os cientistas, e devemos investigar antes que seja impossível.

Existem "civilizações perdidas" no fundo do mar
Crédito da imagem ilustrativa: n3m3/leonardo.ai

Os remanescentes de algumas civilizações humanas antigas estão atualmente perdidos no fundo do mar, e os cientistas estão correndo para encontrá-los e estudá-los antes que fatores modernos, como o desenvolvimento costeiro, tornem isso impossível.

Conforme relatado pela Popular Mechanics, a Universidade de Bradford, no Reino Unido. recebeu recentemente uma subvenção no valor de cerca de 12 milhões de dólares do Conselho Europeu para, como afirmou um comunicado de imprensa, “caçar civilizações perdidas sob [o] Báltico e o Mar do Norte”. Os investigadores planeiam utilizar a mais recente tecnologia, incluindo IA, para mapear o fundo do mar e procurar assentamentos pré-históricos que foram submersos há milhares de anos, quando o nível do mar subiu devido a fatores climáticos.

o professor Vincent Gaffney, arqueólogo da Universidade de Bradford, disse num comunicado:

“Há 20 mil anos, o nível global do mar era 130 metros mais baixo do que é atualmente. Com o progressivo aquecimento global e a subida do nível do mar, desapareceram paisagens únicas, que abrigaram sociedades humanas durante milénios. Não sabemos quase nada sobre as pessoas que viveram nestas grandes planícies.”

Utilizando a mais recente tecnologia, investigadores na Europa descobriram recentemente numerosos sinais subaquáticos de povos pré-históricos. Um Stonehenge subaquático composto por 170 marcos de pedra foi descoberto sob o Lago Constança, que fica entre a Alemanha, a Áustria e a Suíça; Os cientistas agora acreditam que foi feito por humanos há cerca de 5.500 anos. Na Baía de Gradina, na costa ocidental da ilha croata de Korčula, os cientistas encontraram uma estrada com 7.000 anos.

São estes tipos de descobertas que os investigadores da Universidade de Bradford esperam descobrir como parte da SUBNORDICA, uma colaboração entre instituições na Dinamarca, Alemanha e Reino Unido. que recebeu mais de US$ 16 milhões em financiamento até o momento. O seu trabalho tornou-se mais urgente à medida que o desenvolvimento costeiro aumenta para construir soluções de energia verde, como parques eólicos.

Um local de interesse para os investigadores é Doggerland, que uma página web da Universidade de Bradford explica que “teria sido um centro de ocupação humana e central para o processo de reassentamento e colonização do norte da Europa Ocidental durante o Mesolítico e o Neolítico”.

A página continua:

“Dentro desta paisagem submersa encontram-se evidências fragmentárias, mas valiosas, do estilo de vida dos seus habitantes, incluindo as mudanças resultantes tanto da invasão do mar como da introdução de tecnologias neolíticas.”

Com mais financiamento e trabalho de campo, poderemos em breve aprender ainda mais sobre os povos antigos cujas sociedades se perderam sob a subida dos mares.

(Fonte)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Franklin Viana ❤️Leopoldo Della Rocca ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:


Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code