web analytics

Os numerosos avistamentos de OVNIs na Coreia, início do século XVII

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 3 min.

Quem entre nós nunca pensou em criaturas e fenômenos misteriosos de mundos alienígenas? Mistérios dos céus, fenômenos luminosos inexplicáveis ​​e objetos misteriosos no céu noturno sempre atraíram a atenção das pessoas.

Os numerosos avistamentos de OVNIs na Coreia, início do século XVII
Crédito da imagem ilustrativa: n3m3/Bing/DALL-E

O apelo de tais mistérios reside na sua singularidade e ligação potencial com espaços e inteligência desconhecidos.

Se nos voltarmos para os registros antigos de diferentes culturas, descobriremos que os segredos e mistérios dos OVNIs ocupam um lugar especial em sua literatura e história.

Vamos dar uma olhada, por exemplo, nos registros antigos de avistamentos de OVNIs nos céus da Coreia em 1609.

Durante a era dos antigos reinos coreanos, havia uma divisão única de escribas no país, responsáveis ​​por documentar todos os eventos. Esses escribas eram especialmente treinados e sua tarefa era descrever tudo o que acontecia no país, inclusive fenômenos naturais, doenças, guerras e acontecimentos secretos. Graças ao seu trabalho meticuloso, muito do que poderia ter passado despercebido aos investigadores foi documentado.

Numerosos volumes de texto manuscrito foram intitulados: “Registros Autênticos da Dinastia Joseon”. Eles são conhecidos em todo o mundo como a mais longa documentação da humanidade. Afinal, os eventos foram descritos continuamente por mais de 500 anos – de 1392 a 1897. Durante muito tempo, ninguém estudou os registros e até hoje o conteúdo de muitos volumes é desconhecido. Porém, a parte estudada contém informações muito interessantes.

Uma das descrições mais famosas de fenômenos OVNIs antigos na Coreia foi em 22 de setembro de 1609. Na província de Gangwon, centenas de camponeses e comerciantes testemunharam um espetáculo incrível. Eles ouviram o toque alto de um sino, que, por algum motivo, veio inesperadamente do céu, enquanto estava absolutamente claro, sem nuvens. O som deste sino tocando lembrava parcialmente o trovão durante uma tempestade.

Porém, sons inusitados não foram o único fenômeno registrado naquele dia. As pessoas sofriam de dores de cabeça e problemas auditivos como resultado do ruído contínuo. Quando esse som diminuiu, foi substituído por outro, que lembrava fortemente a tambores.

O céu perturbava a vida residencial, a província enfrentava problemas devido a questões de saúde e o governante de Gwanghae-gun até permitia que as pessoas não trabalhassem nos campos.

Então apareceu um pano vermelho no meio do céu, que, estranhamente, bloqueou o disco solar; parecia um enorme pedaço de tecido. Mas então essa tela mudou de formato e assumiu o contorno de uma maçã ou abóbora.

E então ocorreu um fenômeno ainda mais surpreendente – a tela começou a emitir um brilho vermelho enorme. Um “algo” vermelho brilhante pairou no céu por vários minutos, após os quais um som foi ouvido, semelhante a um sino alto tocando, mas dez vezes mais forte. A terra e o céu tremeram. Depois disso tudo acabou rapidamente.

Ao meio-dia, as nuvens começaram a aparecer. No entanto, isso não impediu que os moradores da cidade de Suncheon vissem uma bola de fogo aproximadamente às 15h. A bola moveu-se rapidamente e também mudou de forma. Os moradores também testemunharam flechas de fogo perfurando os céus e se movendo para o norte. E logo depois disso, um objeto semelhante a uma tigela ou ampulheta apareceu no sopé da montanha.

Fenômenos misteriosos também ocorreram na cidade de Yangyang. O oficial local Moon-wi Kim descreveu as anomalias que viu:

“Uma pequena esfera apareceu no céu claro, de cor bordô. Aumentou de tamanho para 5-7 metros. Nesse momento, observou-se que o objeto pulsava, o que emitia um rugido alto, como se pedras estivessem rolando montanha abaixo. Poucos minutos depois, ele se partiu ao meio e seus componentes se espalharam em diferentes direções.”

O que poderia estar acontecendo no céu da Coreia naquele momento? Cientistas levantam a hipótese de que podemos estar falando de formas antigas de fogos de artifício. Mas será que tal espetáculo poderia durar vários minutos no céu? E poderia mudar de forma e emitir sons altos e repetidos?

Os coreanos podem ter testemunhado um OVNI. Contudo, é importante lembrar que a interpretação destes registos continua a ser uma questão complexa. Nossa compreensão dos OVNIs e nossa percepção de tais eventos são fortemente influenciadas pela tecnologia moderna e pelas crenças mitológicas.

No entanto, estes registros de fenômenos OVNI na antiga Coreia permanecem documentos únicos na história da humanidade. Eles ainda continuam despertando interesse e surpresa entre os pesquisadores. Tais observações místicas nos levam a pensar nos limites da nossa existência e na possibilidade da existência de inteligências e civilizações que estão além da nossa compreensão.

Assim, registos antigos de avistamentos de OVNIs nos céus da Coreia proporcionam uma visão fascinante do passado e levantam questões sobre a natureza de objetos voadores não identificados e o seu impacto na vida humana.

(Fonte)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Paulo Sanchez ❤️ Edward Vaz Jr. ❤️ Jose Carlos Mamede ❤️ Silas Raposo ❤️ Franklin Viana ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta, portanto aja com responsabilidade.
  • O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com éticasempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code