web analytics

‘Sem comentários’ do Departamento de Defesa e os OVNIs água-viva na pré-história

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.
Ouça este artigo...

Não há comentários do Departamento de Defesa dos EUA (DoD) sobre o vazamento do vídeo do OVNI água-viva gravado no Iraque. Mas e quanto a tipologia presente na pré-história?

'Sem comentários' do Departamento de Defesa e os OVNIs água-viva na pré-história

A porta-voz do Departamento de Defesa dos EUA, Susan Gough, emitiu um comunicado no qual afirma:

“Não comentamos a autenticidade do suposto material que pode ter vazado do Departamento de Defesa […] Que eles levem o interesse público seriamente em fenômenos anômalos não identificados e que estão comprometidos com a abertura e a responsabilização perante o povo americano”.

Mas, acrescenta:

“Este compromisso deve ser equilibrado com a obrigação do departamento de proteger informações, fontes e métodos confidenciais.”

Ela ainda disse:

“Para esse fim o AARO (Escritório de Resolução de Anomalias de Todos os Domínios) fornecerá atualizações ao público por meio de seu site à medida que resolve casos de OVNIs, incluindo o compartilhamento da abordagem analítica e do método usado para resolver casos de OVNIs, bem como imagens, quando aprovadas para divulgação pública.”

O tom da comunicação revela a raiva do Pentágono com o vazamento das imagens de um OVNi em forma de água-viva que sobrevoou a base aérea americana de Al-Taqaddum, no Iraque.

O Departamento de Defesa leva muito a sério a potencial divulgação não autorizada de informações de segurança nacional.

A declaração termina dizendo:

“O DoD leva a sério o interesse público em fenômenos anômalos não identificados e está comprometido com a abertura e a responsabilização perante o povo americano. As organizações do DOD, incluindo o AARO, enfatizam regularmente aos seus funcionários a importância de proteger as informações de segurança nacional de acordo com as leis, regulamentos e processos de segurança da informação.”

O último parágrafo equivale a validar a origem da filmagem do OVNI água-viva vazada para a mídia pelo produtor Jeremy Corbell e também é um alerta aos “gargantas profundas” que fornecem essas evidências.

Neste sentido, o promotor do site The Black Vault, John Greenewald, perguntou o que o Departamento de Defesa está fazendo especificamente em relação aos vazamentos não autorizados, uma vez que constituem um grande problema para a administração. Greenewald fica surpreso com a aparente falta de interesse nesse ponto.

Ele lembra:

“Há alguns anos, eu costumava receber declarações confirmando vazamentos, mas agora isso mudou.”

O jornalista Ross Coulthart também falou no News Nation:

“Há um reconhecimento implícito de que eles estão chateados porque o vídeo vazou… A negação contínua de provas não é boa para a democracia americana.”

O “sem comentários” do Departamento de Defesa aumenta o debate causado pela veracidade das imagens. Há certos antecedentes de OVNIs água-viva que aparecem nos arquivos dos pesquisadores. Também, imagens pré-históricas impressionantes foram divulgadas no Reddit que mostraam esses objetos nos céus com o título: OVNI água-viva confirmado por pinturas rupestres antigas.

“Já na onda de 1954, principalmente francesa, Aimé Michel (e acho que também Jacques Vallée) já falava de casos registrados que chamava de OVNIs água-viva; não sei se seriam semelhantes aos recentes ou não… e esta suposta pintura rupestre?.. embora não pareça real… pic.twitter.com/9dwIaGaId9— WezenStar (@wezenstar) 18 de janeiro de 2024”

A busca reversa pelas imagens nos leva a um fórum Midjourney que, caso não lhe pareça familiar, é o nome de um programa de inteligência artificial com o qual podem ser criadas imagens a partir de descrições textuais, semelhante ao Dall-e da OpenAI e para o código aberto Stable Diffusion.​​

Consequentemente, não existem OVNIs de águas-vivas na pré-história, mas sim fraudadores criativos, ansiosos por deixar tontos os pesquisadores e entusiastas de OVNIs, contribuindo para a desinformação.

Como sempre dizemos, é aconselhável ver mais dados do que imagens para dar credibilidade a um assunto. São necessárias citações, fontes e estudos que confirmam que não estamos diante de notícias falsas.

(Fonte)


Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Leopoldo Della Rocca ❤️ Egídia L dos Santos ❤️

Muito obrigado!

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code