web analytics

A Terra será bombardeada por intensas tempestades solares em 2024

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 3 min.

Os cientistas previram que a Terra será bombardeada por intensas tempestades solares no próximo ano. A previsão indica que “atingiremos o máximo solar” em 2024, com explosões fortes o suficiente para paralisar a Internet durante várias semanas.

A Terra será bombardeada por intensas tempestades solares em 2024
Crédito da imagem ilustrativa: n3m3/Bing/DALL-E

Aproximadamente a cada 11 anos, o Sol passa pelo que é conhecido como “máximo solar”, quando as mais estranhas manchas escuras aparecem em sua superfície. Estas “manchas solares”, que podem aglomerar-se e formar o que parece ser um arquipélago, são causadas por mudanças massivas no campo magnético da nossa estrela. Elas também lançam violentas rajadas de energia em direção à Terra, causando “tempestades solares” que podem danificar satélites e perturbar a Internet.

O máximo solar deve ocorrer em 2024

Infelizmente, um novo estudo revela que este máximo solar ocorrerá mais cedo do que o esperado, provavelmente no início de 2024. A nova previsão vem de uma equipa de investigadores da Índia e contrasta com as últimas previsões da NASA, que situam a sua chegada no final de 2025.

Os investigadores descobriram uma nova relação entre o campo magnético do Sol e o seu ciclo de manchas solares, o que pode ajudar a prever quando ocorrerá o pico da atividade solar.

O novo estudo foi liderado por Dibyendu Nandi, físico do Centro de Excelência em Ciências Espaciais IISER Kolkata em Calcutá (Índia). Na sua opinião, “não é possível prever a intensidade e as consequências” das tempestades solares com tanta antecedência, mas devemos saber mais à medida que o novo ano se aproxima.

Nandi disse em um comunicado:

“Tempestades mais intensas podem por vezes causar degradação orbital catastrófica de satélites em órbita baixa da Terra e perturbar serviços baseados em satélite, como redes de comunicações e navegação. Elas também podem induzir fortes perturbações no campo geomagnético que desconectam redes elétricas localizadas em regiões de altas latitudes. Claro, elas também criam belas auroras, então podemos esperar que 2024 seja um bom ano para os caçadores de auroras.

Uma nova forma de detectar o “máximo solar”

Nandi e os seus colegas conseguiram criar uma nova forma de detectar o máximo solar, mas compreendê-la requer algum conhecimento básico sobre a estrela que dá vida ao nosso sistema solar.

O Sol é uma enorme bola de gás quente e eletricamente carregado que se move, gerando um poderoso campo magnético, oficialmente conhecido como campo dipolo. Esse campo dipolo – que se estende de um polo ao outro do Sol, como o da Terra – passa por um ciclo, denominado ciclo solar.

A cada 11 anos, o campo dipolo magnético do Sol (que se estende de um polo ao outro como o da Terra) muda completamente, o que significa que os polos norte e sul do Sol mudam de lugar. Este ciclo solar afeta a atividade da superfície do Sol, incluindo manchas solares escuras causadas pelos campos magnéticos do Sol. Os cientistas podem acompanhar o ciclo solar contando o número de manchas solares e a hora exata em que aparecem, principalmente usando satélites.

O início de um ciclo solar de 11 anos, quando o Sol tem menos manchas solares, é conhecido como mínimo solar, mas com o tempo o número de manchas solares aumenta. O meio do ciclo solar é o máximo solar, quando o Sol tem o maior número de manchas. É durante este máximo solar que se espera o clima espacial mais violento.

Os pesquisadores dizem que prever exatamente quando esse máximo ocorrerá – e, portanto, quando ocorrerá o clima espacial mais violento da Terra – tem sido um desafio.

O Dr. Nandi explica:

“Sabemos que os ciclos solares duram aproximadamente 11 anos, mas esta é apenas uma média. Onze anos é uma periodicidade média, o que implica que seja determinada pela média dos períodos individuais de todos os ciclos solares observados na era moderna. A duração de cada ciclo pode variar entre nove e quatorze anos.”

Os cientistas usaram os seus novos conhecimentos para prever exatamente quando o máximo solar do ciclo atual seria alcançado: no início de 2024.

Os pesquisadores afirmam:

“Prever o momento de amplitude máxima do ciclo de manchas solares é importante para avaliar quando são esperadas as condições ambientais espaciais mais adversas (clima espacial).”

Os novos resultados da pesquisa foram publicados em Monthly Notices of the Royal Astronomical Society.

(FonteCO)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Paulo Sanchez ❤️ Edward Vaz Jr. ❤️ Jose Carlos Mamede ❤️ Sila Raposo ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta, portanto aja com responsabilidade.
  • O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com éticasempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code