web analytics

Os OVNIs e o domínio eminente

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 3 min.
Ouça este artigo...

A atual onda de interesse em OVNIs (ou, se preferir – revirar os olhos – UAPs) ainda parece forte o suficiente para os políticos pensarem que deveriam se envolver.

Os OVNIs e o domínio eminente
Crédito da imagem ilustrativa: n3m3/Bing/DALL-E

Por Andrew Stuttaford
Reuters:

Espera-se que o Senado nos próximos dias considere uma medida bipartidária que obrigaria o governo dos EUA a divulgar publicamente registros relacionados a possíveis avistamentos de OVNIs após décadas de bloqueio.

O líder da maioria no Senado, Chuck Schumer, um democrata, juntou-se ao senador Mike Rounds, um republicano, na liderança de um esforço para forçar a divulgação de informações relacionadas ao que o governo chama oficialmente de “fenômenos anômalos não identificados” ou UAPs. Sua proposta de 64 páginas segue o modelo de uma lei dos EUA de 1992 que especifica o tratamento de registros relacionados ao assassinato de 1963 do presidente John Kennedy.

Esse pode não ser o precedente mais encorajador, mas tudo bem, é melhor do que nada.

Eu segui lendo:

A emenda exigiria que a Administração Nacional de Arquivos e Registros dos EUA coletasse registros de OVNIs de todos os escritórios governamentais relevantes sob “uma presunção de divulgação imediata” e um conselho de revisão teria que fornecer uma justificativa para manter os documentos classificados. . .

De acordo com a medida, os registros devem ser divulgados publicamente na íntegra no máximo 25 anos depois de terem sido criados, a menos que o presidente dos EUA certifique que o adiamento contínuo é necessário devido a um dano direto à segurança nacional.

Bom, bom, isenção de segurança nacional, multa, cláusula de caducidade, bom.

Mas então:

Também estabelece que o governo federal teria “domínio eminente” sobre quaisquer tecnologias recuperadas de origem desconhecida e qualquer evidência biológica de “inteligência não humana” que possa ser controlada por pessoas físicas ou jurídicas.

Não tão rápido.

Se essas “tecnologias recuperadas” são potencialmente perigosas, posso ver porque os federais deveriam poder tomá-las, sujeitas às considerações da Segunda Emenda, é claro. Sabre de luz, mãos frias e mortas, etc.

Se, no entanto, algum fazendeiro sortudo no alto deserto do Novo México tropeçar em peças suficientes de tecnologia alienígena acidentada em sua propriedade que possa ser usada para fazer engenharia reversa de carros voadores, digamos, um combustível milagroso, replicadores ou similares, ele ou ela deve poder explorar isso. A revolução do fracking neste país foi essencialmente possibilitada pelo fato de que os proprietários de terras dos EUA (ao contrário de seus equivalentes em quase qualquer outro lugar do mundo) possuem os direitos minerais sob sua propriedade. Permitir que os federais simplesmente expropriem a recompensa alienígena encontrada em terras privadas não é apenas antiamericano, mas também pode significar que ela será desperdiçada, enterrada na burocracia ou em algum depósito remoto e secreto.

Dar a Washington o direito de verificar os destroços por alguns meses seria prudente, mas, na ausência de preocupações legítimas de segurança, o fazendeiro sortudo deveria ter permissão para vender ou desenvolver esse presente dos céus. O governo, no entanto, estaria justificado em impor restrições à exportação. Vender tecnologia alienígena avançada para a China seria. . . imprudente.

Quanto à questão de permitir que os federais apreendam evidências biológicas de inteligência “não-humana” (um termo muito amplo), isso parece mais razoável. Se for um alienígena vivo, isso seria inquestionavelmente um assunto para o governo lidar, e não apenas por causa de questões de imigração. Afinal, o que pode parecer benigno a princípio pode mudar. Um dia é uma criaturinha atrevida pulando do estômago de alguém, no outro é uma máquina de matar capaz de causar devastação em todo o planeta. Um dia é um Tribble fofinho e inofensivo, e então. . .

E se for um espião, nos observando antes da invasão? Não podemos ser cuidadosos demais.

Da mesma forma, mesmo que tudo o que for encontrado seja matéria alienígena morta, é melhor deixar isso para os federais também. Todos nós já vimos filmes suficientes para saber que nada de bom vem de mexer com o DNA alienígena. Qualquer exame de seu potencial só deve ser conduzido em nível federal, talvez com a ajuda de especialistas confiáveis ​​de, digamos, Wuhan, a corporação Weyland-Yutani ou o pessoal da Umbrella.

(Fonte)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ❤️ Silas Raposo ❤️ Leopoldo Della Rocca ❤️ Egídia L dos Santos ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:


Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code