web analytics

Alienígenas estão manipulando a realidade, diz famosa abduzida

COMPARTILHE COM A GALÁXIA:
Tempo de leitura: 5 min.

As informações no artigo abaixo podem ser chocantes para alguns leitores e é aconselhável que aquelas pessoas mais sensíveis não prossigam com a leitura. Porém, deve-se enfatizar que essas informações podem não ser verdadeiras.

[ATENÇÃO: Não há comprovação da veracidade de alguma ou todas as informações constantes neste artigo, o qual é publicado aqui meramente para cumprir a missão do OH e estimular uma discussão entre leitores na área de comentários.]

Alienígenas estão manipulando a realidade, diz famosa abduzida
Crédito da imagem ilustrativa não relacionada à abduzida em questão, mas sim ao tema: n3m3/leonardo.ai

Karla Turner foi uma das poucas abduzidas por alienígenas que encontrou uma posição respeitável na ovnilogia depois de ter feito algumas afirmações fortes sobre abduções por alienígenas. Sua extensa pesquisa sobre o assunto revelou que os alienígenas manipulam a percepção, controlam a consciência, causam doenças inexplicáveis ​​e declínio mental e se envolvem em atividades horríveis em instalações subterrâneas.

Suas descobertas destacam as alarmantes consequências físicas, psicológicas e espirituais enfrentadas pelos abduzidos, levantando questões sobre a verdadeira natureza e as intenções desses encontros extraterrestres.

A Dra. Turner foi uma intrépida ativista de direitos humanos e investigadora de abduções alienígenas. Com formação em Old English Studies e ex-instrutora universitária, ela escreveu três livros sobre o fenômeno de abdução: Into the Fringe (1992), Taken (1994) e Masquerade of Angels (1994), co-escrito com o psíquico Ted Rice. Seu trabalho levantou questões importantes sobre a verdadeira natureza e as intenções desses encontros extraterrestres.

A Dra. Turner esteve envolvida no estudo de abduções alienígenas desde 1988. Em seus livros “Into the Fringe” e “Taken”, ela compartilhou suas experiências de abdução e as histórias de outros abduzidos, destacando a natureza perturbadora desses eventos. Em “Masquerade of Angels”, ela contou as experiências de Ted Rice, que inicialmente acreditava que os alienígenas eram benevolentes, mas depois percebeu sua natureza predatória. Um relato particular envolveu Rice como um menino de 8 anos, testemunhando seu falecido avô se transformando em um reptoide e exigindo intimidade com ele, resultando na morte de sua avó logo depois.

Turner perdeu sua batalha contra o câncer de mama em 1996 e somente depois disso seu trabalho foi publicado onde ela descreveu os encontros de sua família em primeira mão. Em seu trabalho, ela também sugeriu que os abduzidos são indivíduos-alvo e não escolhidos aleatoriamente. Ela estava convencida de que os militares visavam os abduzidos em resposta aos relatórios que as pessoas haviam feito.

Em uma de suas entrevistas, a Dra. Turner explicou como ela se envolveu na área. Inicialmente, sua família não tinha conhecimento do fenômeno até que começaram a ter avistamentos de OVNIs e abduções. Insatisfeita com a literatura disponível sobre OVNIs, ela assumiu a responsabilidade de conduzir pesquisas e encontrar respostas confiáveis. Ela começou documentando as experiências de sua família em seu livro “Into the Fringe”, que narra o despertar e o processo de enfrentamento. Eventualmente, ela trabalhou com Barbara Bartholic, pesquisadora de OVNIs/abduções baseada na cidade de Tulsa, estado do Oklahoma, em seu caso e começou a trabalhar com ela em outros casos.

Descobriu-se que as abduções eram transgeracionais na família de seu marido, com relatos que datam do início dos anos 1900. Turner e seus familiares, incluindo seu filho, irmão, cunhada e seus filhos, tiveram experiências relacionadas a abduções. Alguns membros da família inicialmente hesitaram em discutir seus encontros até que aprenderam sobre as experiências de Turner. A hipnose foi usada em suas pesquisas, embora tenha sido controversa, com alguns pesquisadores sugerindo que poderia levar a falsas memórias. A opinião de Turner sobre essas questões não é declarada no trecho fornecido.

Em seu livro chamado “Taken”, ela discutiu a ideia de que alguns proeminentes teóricos da abdução devem ser evitados – não pense em alienígenas como bons e maus. Turner afirmou que “isso não pode ser feito, nem deveria ser”. Ela continuou que aqueles que foram abduzidos têm o direito de saber como sua “participação” seria usada por seus abdutores, em que circunstâncias e por qual motivo os abduzidos “seriam incluídos nesta agenda”, uma vez que foram “implantados, treinados e programados para participar de algum cenário futuro”. Os abduzidos não têm o direito de saber para que propósito “nossas mentes, corpos e almas serão usados?”

As principais preocupações da Dra. Turner em relação às abduções alienígenas eram a crueldade dos alienígenas para com os abduzidos, tanto física quanto mentalmente. As vítimas experimentaram eventos traumáticos, como gravidez forçada, abortos dolorosos e ferimentos graves. Turner acreditava que os alienígenas tinham controle total sobre as mentes dos humanos, usando tecnologia psíquica para manipular suas percepções e memórias.

Ela discordou daqueles que viam o fenômeno como positivo, argumentando que entendê-lo estava além de nossa capacidade. Ela questionou o propósito por trás da agenda dos alienígenas e expressou sua crença de que alguns grupos alienígenas, particularmente reptoides, consumiam corpos humanos para vibrações emocionais ou de alma. Ela especulou que os corpos clonados careciam dessas qualidades e se perguntou se os seres híbridos foram criados como fonte de alimento para os reptoides.

Antes de sua morte, ela frequentemente falava em conferências sobre OVNIs nos Estados Unidos e em outros países, instando as pessoas a agirem. Ela alegou que os alienígenas estavam manipulando nossas percepções e espalhando desinformação para nos enfraquecer e nos enganar fazendo-nos pensar que se importavam conosco, quando na realidade suas intenções eram egoístas e desconsideravam nosso bem-estar. Turner enfatizou a necessidade de recuperar o controle sobre a situação e enfrentar esses alienígenas. A Dra. Turner descobriu estes sete elementos básicos do fenômeno de abdução alienígena publicado por John Chambers na UFO Magazine:

1. Os alienígenas podem controlar o que pensamos que vemos. Eles podem aparecer para nós em vários disfarces e formas;
2. Os alienígenas podem nos tirar – nossa consciência – de nossos corpos físicos, desabilitar nosso controle de nossos corpos, instalar uma de suas próprias entidades e usar nossos corpos como veículos para suas próprias atividades antes de devolverem nossa consciência a nossos corpos;
3. Os alienígenas podem estar presentes conosco em um estado invisível e podem se tornar apenas parcialmente visíveis;
4. Um número surpreendente de abduzidos sofre de doenças graves que não tinham antes de seus encontros. Isso levou à cirurgia, debilitação e até morte por causas que os médicos não conseguem identificar;
5. Alguns abduzidos experimentam uma degeneração de seu bem-estar mental, social e espiritual. Comportamento excessivo frequentemente irrompe, como abuso de drogas, alcoolismo, excessos alimentares e promiscuidade. Estranhas obsessões se desenvolvem e causam a interrupção da vida normal e a destruição dos relacionamentos pessoais;
6. Alguns abduzidos relatam ter sido levados para instalações subterrâneas onde viram grotescas criaturas híbridas, berçários de fetos humanoides híbridos e cubas de líquido colorido cheios de partes de corpos humanos;
7. Os abduzidos relatam ter visto outros humanos nestas instalações sendo drenados de sangue, sendo mutilados, esfolados e desmembrados, e sendo empilhados, sem vida, como cordas de madeira. Alguns abduzidos foram ameaçados de que também acabariam nessa condição se não cooperassem com seus captores alienígenas.

Entrevistador: Os abduzidos contam histórias de seres – nórdicos angelicais, por exemplo – e então, quando eles se concentram e tentam se concentrar em suas memórias desses seres, eles desaparecem e atrás deles estão essas “pessoas lagartos”.

KT: Não estou familiarizado com vários casos. Já ouvi outros pesquisadores falarem sobre a mesma coisa. Em um caso que conto em “Into the Fringe”, James tinha principalmente lembranças conscientes e quase nenhuma hipnose. Ele se lembra de ter se aproximado de uma bela mulher “Pleiadiana”, que era muito atraente e terna, e quase sedutora. Ela queria que ele entrasse em seu abraço. Quando ele se envolveu no abraço e pensou que ela iria beijá-lo, ela desapareceu completamente, e o que restou em seu lugar foi um personagem preto-arroxeado, irregular, de aparência quase viscosa, com traços bastante assimétricos.

Encontrei esse mesmo tipo de criatura em alguns outros casos. A entidade era muito forte. Em vez de abraçar James, a criatura o jogou no chão e enfiou um tubo de meio metro em sua garganta, em seu estômago, e puxou os sucos estomacais. No dia seguinte, ele ainda tinha um pouco do gosto de bile, o interior de sua garganta estava dolorido e ele descobriu marcas de garras em ambos os lados do pescoço, onde havia sido pressionado. Qualquer que fosse a entidade, havia algo semelhante a uma garra nela (que, é claro, combina com os reptilianos). Talvez, por mais próximo que estivesse, não pudesse perceber a figura inteira. Mas ele podia ver uma cobertura esburacada, que poderia equivaler ao exterior áspero e escamoso, às vezes relatado como reptiliano. É descrito como esburacado, estriado, ossudo, forte, com garras.

CF: Aparentemente esses seres têm a capacidade de projetar diferentes imagens.

KT: Algumas pessoas dizem que se transformam – que sofrem mutações ou mudam suas próprias formas reais. Eu não aceito isso como preciso. Eu não acredito que eles realmente se pareçam com um loiro, e eles fazem algo para enganar você e de repente parecem um réptil. Acho que o que eles alteram é a percepção humana. Eles certamente podem projetar imagens falsas – assim como a avó de Ted [Ted Rice] viu seu marido morto, para que ela consentisse em ter um encontro sexual. O avô de Ted estava morto há seis anos. E no meio do encontro com o que ela pensava ser seu marido restaurado, a imagem desapareceu – suponho que porque os alienígenas queriam tirar o “suco emocional” dela – e ela viu um “reptoide” em cima dela.

[Para instruções de como ativar a legenda em português do(s) vídeo(s) abaixo, embora esta não seja precisa, clique aqui.]

(Fonte)


Há uma quantidade tão grande e diversificada de relatos sobre a presença alienígena em nosso planeta que se torna difícil distinguir o que é real do que é inventado. No entanto, aqueles que estudam o fenômeno OVNI a fundo podem afirmar categoricamente uma coisa: existe uma presença que nos acompanha desde os primórdios da civilização. No entanto, ainda não sabemos ao certo quais são suas intenções em relação a nós, seja para o bem ou para o mal.

Portanto, continuamos nossa jornada, incapazes de reagir, até chegarmos à transição desta vida, onde esperamos encontrar todas essas respostas – pelo menos assim esperamos.

n3m3

…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ||| Silas Raposo ||| Franklin Viana ||| Karin Gottert ||| Leopoldo Della Rocca

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta, portanto aja com responsabilidade.
  • O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com éticasempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

COMPARTILHE COM A GALÁXIA:
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code