web analytics

Portais dimensionais, atividade alienígena no litoral de São Paulo e o Racho Skinwalker: Uma ligação?

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 8 min.

Quem assiste o excelente documentário, transmitido pelo History Channel, das investigações no Rancho Skinwalker, ou Rancho Sherman, iniciadas depois que o bilionário de Utah e mórmon Brandon Fugal adquiriu a propriedade do também bilionário Robert Bigelow, deve ter assistido o episódio onde um membro da tribo Navajo mostra petróglifos interessantes e fala de visitantes de outros mundos.

Foto meramente ilustrativa.

A equipe de investigação no Rancho Skinwalker é constituída de vários especialistas, com destaque para o muito conhecido na mídia Dr. Travis Taylor, engenheiro aeroespacial, físico e astrônomo que já trabalhou para a Nasa e presta consultoria ao governo norte-americano. (Veja aqui a entrevista de Brandon Fugal sobre porque resolveu adquirir o Rancho – matéria do OVNIHoje – que pode ser lida clicando aqui).

Já publiquei aqui uma matéria falando de um caso ocorrido no Rancho Skinwalker, em que um cachorro foi morto, literalmente esmagado, esbagaçado, depois de ser perseguido por um orbe de luz azul, conforme relato dos antigos moradores da família Sherman, comparando os efeitos com o que ocorreu com um dos antigos visitantes do OVNIHoje que tinha o pseudônimo de Menis, o qual relatou sua terrível experiência com um OVNI emitindo luzes azuis, que o comprimiram fortemente contra o solo, sentindo essa sensação de esmagamento, o que o deixou quase morto, com o corpo totalmente queimado, da cabeça aos pés, ficando em coma por 3 dias, e sequelas das quais nunca mais se recuperou totalmente.

Orbes alias foram registradas em vídeo pela equipe que atualmente investiga o rancho, mostradas no documentário exibido pelo History Channel.

Num dos episódios, dois auxiliares da equipe, que moram no rancho, foram até o Rancho McConky, vizinho ao Rancho Skinwalker, se encontrar com um ex Ranger Navajo Jonathan Dover, que lhes mostra uma série de petróglifos onde estão representados seres estranhos,

Portais dimensionais, atividade alienígena no litoral de São Paulo e o Racho Skinwalker: Uma ligação?

O navajo Jonathan Dover mostrou também os símbolos em forma de espiral gravados nas pedras, dizendo que existe uma crença entre esses indígenas de que visitantes de outros mundos vem até este mundo por meio de portais e utilizaram a simbologia das espirais para representa-los.

Portais dimensionais, atividade alienígena no litoral de São Paulo e o Racho Skinwalker: Uma ligação?

Ainda segundo o ex-Ranger Navajo, o seu povo acredita que veio de outro mundo, passando por vários até chegar no nosso através de um portal no céu.

A conexão entre petróglifos e locais onde aparecem OVNIs não parece ser coincidência. O mesmo em relação a sítios arqueológicos. Em Manaus, existe um local de um sitio arqueológico onde aparições de OVNIs tem sido muito frequentes.

Em princípio, pode parecer que os aliens tem interesse em visitar essas áreas ocupadas outrora por povos humanos, mas acredito que é o contrário: esses povos presenciarem os OVNIs, pousos e até aliens no local e então começaram a construir monumentos ou locais para prática de rituais nesses locais. São áreas talvez onde os aliens tem portais dimensionais para entrar e sair, e continuam até hoje utilizando-os.

Em se tratando de portais, talvez exista um no litoral de São Paulo, próximo da praia de Martim de Sá, em Caraguatatuba.

Há uma história na Internet publicada muitos anos atrás, contando que no pequeno riacho que desemboca na praia Martim de Sá, em Caraguatatuba, anos atrás uma pessoa desapareceu de repente, na frente da noiva: sumiu, evaporou como se tivesse entrado em outra dimensão (ou teria sido “puxado” por um OVNI que estaria nas alturas, tão rapidamente que ela pensou ter sumido no ar? Ou, mais provavelmente, foi teletransportado para a nave?).

Apesar do riacho ser muito raso, dava para atravessar a pé. O jovem nunca mais foi encontrado. A noiva em desespero reportou o caso na fábrica de automóveis onde ele trabalhava, localizada numa cidade de São Paulo.

(Não sei se o que o relato denomina riacho e o mesmo rio Guaxinduba que também desagua na praia ou são cursos de agua distintos).

Portais dimensionais, atividade alienígena no litoral de São Paulo e o Racho Skinwalker: Uma ligação?
Foz do Guaxanduba

Continuando…  Segundo o relato a montadora providenciou então uma equipe de busca que vasculhou o local, mas não encontraram nada, nem um possível buraco em que ele pudesse ter afundado (e mesmo assim seria estranho pois era um riacho, e se ele tivesse afundado teria gritado por socorro, e se afundasse como um corpo afogado, ele iria boiar depois, a não ser que ficasse preso no fundo. De qualquer modo isso foi descartado, pois a equipe de busca não encontrou nada.).

Ainda segundo o relato, o funcionário da montadora teria sido homenageado, passando a figurar o seu nome como designação de uma rua no interior dessa fábrica de automóveis.

Nesse caso do riacho que deságua na praia Martim de Sá, não por acaso, que há um grande número de avistamentos de OVNIs. Em um outro relato, no mesmo riacho (Rio Guaxanduba), mais a montante (subindo o riacho), um pai e seu filho viram, quando acampavam, um OVNI enorme e luminoso que ficou sobre eles por um tempo e depois disparou na noite (Acredito que se trata mesmo do Guaxanduba, pois falaram que havia muitas cachoeiras onde estavam acampados).

Em outro caso ainda mais incrível, em um quiosque na mesma praia de Martim de Sá, o proprietário e sua empregada viram, abismados, um disco voador pousar bem próximo deles. Da nave saiu um ser baixinho que andou por um tempo ao redor e depois retornou à nave que sumiu no céu. Durante o evento, os dois ficaram totalmente paralisados, não podiam mexer seus membros, apenas puderam ficar observando o que ocorria.

A história do desaparecimento do jovem noivo na frente da noiva quando atravessavam o riacho (ou seria o Rio Guaxanduba?) pode parecer ficção, mas há muitos casos semelhantes, com testemunhas, que ocorreram pelo mundo. Pessoas que sumiram de repente, à vista de todos. Eu acho provável que elas tenham sido teletransportadas por um OVNI que estaria no alto. A hipótese de entrar em algum rasgo do espaço tempo é outra alternativa, e se há um portal dimensional ali isso pode ser ligado a um petróglifo existente ali perto segundo constatei pesquisando relatos na Internet, mas não consegui uma foto sobre isso.

Se algum visitante do OH conhece essa área e o petróglifo seria interessante postar nos comentários.

De qualquer forma, como no Rancho McConky, no Rancoh Skinwalker, onde também existem petróglifos, talvez não seja coincidência registros em pedras deixados pelos nativos. São possivelmente representações sobre as suas experiências com OVNIs, seres e também sobre o conhecimento da existência de portais nesses locais.

Indo mais além, a existência de um petróglifo em uma das praias de Caraguatatuba (seria próximo ao riacho (Rio Guaxanduba ?), onde desapareceu o funcionário da montadora de automóveis seria um aviso sobre o perigo do local?

Me reporto a isso, pois alguns anos atrás postei aqui o relato de um visitante do OH, H. G. Segundo ele, no pantanal, os indígenas parecem ter deixado uma mensagem na rocha sobre os perigos que rondam os que transitam pela área envolvendo OVNIs e orbes.

Eis o relato dele, já publicado em matéria no OH:

Eu tinha na época vinte e poucos anos, pantanal do MT. Eu fazia parte da polícia florestal, criada na época para combater os caçadores, em especial os famosos “coureiros’, caçadores de jacarés do pantanal.

A nossa base ficava em uma ilha no coração do pantanal, depois de um dia exaustivo (fazíamos de tudo para a população ribeirinha), dávamos remédios, levávamos pessoas doentes até onde dava para se tratarem, etc…

Numa noite sem lua e muito estranha, capivaras e antas que eram ariscas começaram a chegar em volta do acampamento. Somente eu estava acordado fazendo a manutenção do barco para o dia seguinte. Achei aquilo incrível e fantástico.

Fui buscar a minha Kodak e tirar algumas fotos, só que não tinha flash, então a câmera era inútil, mas a minha maior surpresa quando voltei é que todos os animais estavam agrupados como se fosse um só rebanho, capivaras, antas, pequenos roedores. Por si só já era muito estranho, mas o que aconteceu logo após foi “apoteótico”: vários pequenos discos multicoloridos circulavam em volta da pequena ilha. Tínhamos uma baía que ficava entre nossa ilha e outra pequena ilha do outro lado da baía, e foi pra lá que os objetos se deslocaram pouco tempo depois. Nessa outra ilha moravam dois velhos índios que eram amistosos mas eu nunca tinha visto eles.

Peguei uma carabina 38, meu revólver e entrei no bote, fui até onde as luzes me levaram, que era essa ilhota com o nome de morro do cara – cara. Cheguei rápido com a carabina a tira colo, andei uns 10 metros na praia e ouvi alguém gritar pra eu me abaixar, na hora nem vi onde estava a “voz” mas obedeci.

Fiquei um bom tempo com a cara colada no chão, depois fui conhecer os dois idosos da ilha. [Eles] me disseram que era melhor se esconder das luzes pois (segundo eles) elas perseguiam e pegavam pessoas e animais. Essas coisas eram velhas conhecidas dos índios Avam canoeiros, tribo da região pantaneira. Na manhã seguinte me levaram até o pico do morro e me mostraram estranhas marcas na rocha nua, me contaram que aquilo estava ali há gerações e não era coisa de índio. Ainda tenho as fotos dos petróglifos, mas a explicação para as luzes e discos multicoloridos não me passaram.

Sei que aquelas coisas sumiram por trás do morro e não mais as vi.

Uma das fotos tiradas por H. G. mostra o que parece muito com uma espiral retratada em petróglifos em todo sudoeste americano (e que muitos acham ser representações de portais associados aos OVNIs):

Portais dimensionais, atividade alienígena no litoral de São Paulo e o Racho Skinwalker: Uma ligação?

           Há uma indiscutível a semelhança com a espiral gravada em um petróglifo no Rancho McConky mostrada pelo ex-Ranger Jonathan Denver aos investigadores do Rancho Skinwalker:

Portais dimensionais, atividade alienígena no litoral de São Paulo e o Racho Skinwalker: Uma ligação?

Embora arqueólogos convencionais forneçam explicações “convencionais” para esses pictogramas, quando se analisa pelo lado ufológico podemos acreditar que há uma mensagem gravada na pedra relacionada sim aos OVNIs e, como acredita o navajo John Denver, essas espirais representam pontos de passagem para OUTROS MUNDOS (o que nos hoje denominamos de portais dimensionais).

Não sei quais são os petróglifos supostamente existentes numa pedra na Praia Martim de Sa… Se ele existe, teria alguma referência, também, a portais com imagem de uma espiral gravada? 

Se assim for, talvez seja uma advertência, também, sobre a existência deles na área…. o que poderia ser conectado ao desaparecimento do funcionário da montadora na frente da noiva ao atravessar o riacho (ou seria, o rio Guaxanduba?)…  teria o infeliz jovem entrado acidentalmente num portal que estava aberto ali?  Teria sido levado pelos aliens através desse portal, por onde também transitam (intensamente digamos de passagem, já que Caraguatatuba tem altíssimos índices de avistamento de OVNIs não há décadas, mas provavelmente há centenas de anos – a ponto dos indígenas terem, como fizeram os nativos americanos, gravado pictogramas numa rocha)…

Seja como for, a história do funcionário de uma montadora desaparecido em pleno ar permanece um mistério… Não há maiores detalhes sobre a história na Internet…  Talvez alguém possa confirmar o caso, seja a noiva dando seu depoimento, ou alguém que conheceu esse jovem e o que teria acontecido com ele… talvez algum funcionário de alguma montadora de São Paulo confirme isso e o fato de que o nome do desaparecido acabou homenageando uma rua interna da fábrica… 

De qualquer forma, quando se trata de portais dimensionais (ou de portas para outros mundos como fala a cultura Navajo) sabemos que sempre há a possibilidade de quem entra neles DESAPARECER PARA SEMPRE… uma explicação alias há muito firmada como resposta ao mistério de locais como o Triangulo das Bermudas, o Triangulo do Alaska, o Mar do Diabo no Japão, entre outros locais da terra onde pessoas, aviões ou navios desaparecem de repente, sem deixar quaisquer vestígios…

Há quem diga que existem portais dimensionais em diferentes pontos da terra, envolvendo forças eletromagnéticas e gravitacionais que distorcem o tecido espaço tempo…. Talvez sejam elas do conhecimento dos aliens há muito tempo, utilizadas como atalhos dimensionais para irem e virem dos seus mundos ano nosso.

Parece que Caraguatatuba e o Rancho Skinwalker estão conectados a esse mistério, assim como certamente outros pontos da terra. Quando você visitar Caraguatatuba na próxima vez, esteja atento…. Você pode ver um OVNI nos céus, saindo ou entrando do mar, até mesmo se tiver sorte (ou azar?) alienígenas descendo de uma nave quase na sua frente….  Só espero que não seja a próxima vítima de um PORTAL DIMENSIONAL ….

P. S.: Lembrei agora do relato da nossa visitante Veronica que disse ter visto quando criança uma espécie de portal se abrir na mata onde adentrou um sujeito estranho e desapareceu nele. Isso ocorreu em Mauá, São Paulo…. 

Em memória do funcionário da montadora (se a história for verídica) e a todos que, em algum lugar do mundo, desaparecem da face da Terra para todo o sempre como se tivessem evaporado no ar.


Se você tem alguma experiência semelhante que sugere portais por aí relate nos comentários. Se tem alguma experiência que não quer revelar abertamente, me escreva.  E-mails:  [email protected] ou  [email protected]

-PREDADOR


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Paulo Sanchez ❤️ Edward Vaz Jr. ❤️ Jose Carlos Mamede ❤️ Sila Raposo ❤️

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta, portanto aja com responsabilidade.
  • O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com éticasempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code