web analytics

O trágico incidente OVNI de Mantell ainda intriga 75 anos depois

Ouça este artigo...
Tempo de leitura: 2 min.

Sábado passado (7) marcou o 75º aniversário da morte do piloto Thomas Mantell, que caiu enquanto perseguia um OVNI.

O trágico incidente OVNI de Mantell ainda intriga 75 anos depois
Aeronave P-51 Mustang, similar à que Mantell voava aquele dia. Crédito da imagem: CC BY 2.0 Paul Hudson

Mantell, que esteve em ação durante a Segunda Guerra Mundial como membro da 101ª Divisão Aerotransportada dos EUA, mais tarde serviu como piloto de caça na Guarda Nacional de Kentucky, durante a qual teve um encontro inexplicável que lhe custou a vida.

O incidente começou em 7 de janeiro de 1948, quando a Patrulha Rodoviária do Estado de Kentucky começou a receber ligações por volta das 13h20 sobre um estranho objeto no céu sobre Maysville.

Mantell fazia parte de um grupo encarregado de se aventurar a investigar o fenômeno.

Quando ele, ao lado de seus dois alas, atingiu 15.000 pés (4.500 metros), eles encontraram um objeto descrito como ‘metálico’ e ‘tremendo em tamanho’ que se movia a cerca de metade da velocidade dos aviões.

O tenente B. A. Hammond, que era um dos dois alas que acompanhavam Mantell naquele dia, d isse:

“Eu me senti um pouco trêmulo a 15.000 pés porque percebi que deveríamos usar oxigênio a 12.000.

Quando atingi 22.000 (6.700 m), estava vendo em dobro. Puxei ao lado de Clements e indiquei com gestos que não tinha máscara de oxigênio. Ele entendeu a situação e voltamos.”

Mantell, porém, decidiu manter o curso, apesar da situação do oxigênio.

Por volta das 15h50, o objeto havia desaparecido e Mantell, que teria desmaiado por falta de oxigênio, caiu do céu e morreu alguns minutos depois.

Nos meses que se seguiram, perguntas sérias foram feitas sobre como isso poderia ter acontecido. A Força Aérea dos EUA, no entanto, descartou o OVNI como pouco mais que um balão meteorológico.

Para muitos, incluindo o neto de Mantell, essa resposta simplesmente não foi boa o suficiente.

Ele disse:

“Para ele voltar para casa da Segunda Guerra Mundial e morrer do jeito que morreu, foi muito doloroso e o governo não fez justiça a Thomas.

Ele não era um piloto de pulverização agrícola que viu um OVNI, ele foi instruído por Fort Knox a perseguir essa coisa e dar uma olhada.”

(Fonte)


Para mais informações sobre o caso, bem como um vídeo sobre o incidente, acesse este link aqui.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Participe dos comentários mais abaixo… e (importante) se puder, colabore na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo, ou use a chave PIX “OVNIHoje” (sem as aspas):

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Egídia dos Santos, Edward de Lima.

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!