web analytics

Esqueça ETs viajantes – nosso primeiro encontro poderá ser com suas sondas

COMPARTILHE COM A GALÁXIA:
Tempo de leitura: 3 min.

Se uma sonda espacial alienígena entrasse em nosso Sistema Solar, como ela seria?

Esqueça ETs viajantes - nosso primeiro encontro poderá ser com suas sondas
Crédito da imagem ilustrativa: depositphotos

Supondo que alguém realmente esteja lá fora, e supondo que eles enviem algo em nossa direção, a primeira sonda alienígena que chegar até nós provavelmente será um modelo altamente avançado, não um esforço inicial como nossas sondas Voyagers.

E isso pode ter implicações na forma como interpretamos os OVNIs, como procuramos sinais de inteligência extraterrestre em nosso próprio quintal e como planejamos futuras missões interestelares, de acordo com o astrônomo Graeme Smith da Universidade da Califórnia, em Santa Cruz, .

Smith descreve seu cenário em um trabalho recente publicado no International Journal of Astrobiology.

O que há de novo

Smith começou seu estudo com uma ideia simples: as civilizações que constroem espaçonaves ficam melhores com o tempo. Com o passar dos anos, gerações posteriores de sondas espaciais provavelmente viajarão mais rápido que suas predecessoras. Já vimos isso acontecer, ou estamos prestes a ver. A NASA lançou a espaçonave Pioneer 10 em 1972. Cinco anos depois, lançou a Voyager 2, com propulsão, sistemas e instrumentos um pouco mais avançados. Durante todo esse tempo, a Voyager 2 viajou pelo espaço em maior velocidade, alcançando constantemente a espaçonave mais antiga. E em abril de 2023, a Voyager 2 ultrapassará a Pioneer 10 enquanto ambas as sondas correm para a galáxia além do nosso Sistema Solar.

Se a NASA lançasse uma sucessora da Voyager em algum momento da década de 2030 (não há planos para isso), essa espaçonave provavelmente passaria pelas duas Voyagers em menos tempo do que a Voyager 2 levou para passar pela Pioneer 10. E quaisquer que sejam as sondas que estaremos enviando no universo no século XXII provavelmente deixará todos os nossos esforços dos séculos XX e XXI na poeira (interestelar).

Mas o inverso também é verdadeiro: qualquer versão alienígena da Pioneer e da Voyager que chegar até nós provavelmente será extremamente avançada, e não um esforço de engenharia bastante básico de primeira geração. Ou, como Smith coloca:

“Se um objeto enviado por uma CET interestelar entrasse no Sistema Solar, é provável que não seria um artefato relíquia que talvez seja análogo a uma sonda Voyager desgastada pelo tempo, mas sim pode-se esperar um veículo de muito maior sofisticação, mesmo que não estivesse mais funcionando.”

Aqui está a base

Décadas de estudos exploraram a possibilidade de uma civilização alienígena se ramificando para colonizar a galáxia, ou pelo menos um canto dela. Dezenas de pesquisadores ao longo dos anos tentaram estimar a rapidez com que uma civilização alienígena espacial poderia se expandir para novos sistemas estelares. Mas Smith estava interessado em uma fase anterior desse processo – não em naves coloniais tripulados, mas em sondas não tripuladas.

Afinal, se o primeiro contato com alienígenas acontecer, é improvável que envolva enormes naves espaciais vaporizando grandes cidades, ou mesmo pequenos astronautas verdes exigindo serem levados aos nossos líderes. Em vez disso, os pesquisadores do Search for Extraterrestrial Intelligence (SETI) provavelmente localizarão um sinal de rádio que é claramente o produto de alguém enviando uma mensagem, não apenas astrofísica aleatória. Os pesquisadores também podem encontrar uma sonda não tripulada enviada para fazer, bem, praticamente as mesmas coisas que enviamos as Voyagers ao universo para fazer: coletar dados e levar provas de que existimos.

Portanto, vale a pena pensar em como essa sonda pode parecer e o que podemos fazer com ela se a encontrarmos.

Porque isto é importante

Tudo isso – incluindo uma quantidade impressionante de cálculos para o que Smith chama de ‘modelos de verso do envelope’ – é pura especulação, é claro. Mas vale a pena ter isso em mente para responder a duas grandes perguntas:

PRIMEIRO, algum Objeto Voador Não Identificado conhecido é realmente uma sonda alienígena (e se sim, como poderíamos saber?). Mas Smith propõe uma maneira rápida de avaliar possíveis avistamentos de OVNIs:

“As características do OVNI estão muito além do que a inovação terrestre pode realizar atualmente para serem consistentes com a primeira chegada de veículos de uma civilização extraterrestre distante com um programa espacial interestelar?”

E com base em seu estudo recente, essa probabilidade em particular está bem alta.

SEGUNDO, como os pesquisadores da SETI devem procurar por artefatos alienígenas, como sondas extintas, em nosso próprio Sistema Solar? O que eles devem estar preparados para encontrar?

Smith escreve:

“Poderia um veículo de primeiro encontro hipotético de uma civilização extraterrestre ser tão sofisticado a ponto de ainda estar funcionando na chegada ao Sistema Solar? Como Hawking e outros chamaram a atenção, algumas consequências potenciais de tal evento de primeiro contato podem ser uma séria preocupação para a humanidade. Este é um tópico que novamente encontrou solo frutífero dentro dos reinos da ficção científica, mas está além do contexto no qual o presente artigo foi enquadrado.”

Enquanto isso, o mesmo princípio pode tornar as coisas muito interessantes para qualquer civilização alienígena que se depare com nossos exploradores robóticos.

Smith escreve:

“Pode-se supor a partir dos exemplos acima, que se as espaçonaves Pioneer 11 ou Voyager 2 chegarem ao sistema doméstico de uma civilização extraterrestre… elas podem ter sido precedidas por espaçonaves terrestres de natureza muito mais avançada. Nesse caso, o estudo da placa ou do disco fonográfico (o Voyager Golden Record), a bordo dessas duas espaçonaves, respectivamente, pode não dizer muito a uma civilização extraterrestre inquisitiva que ela já não saiba sobre a Terra e seus habitantes.”

(Fonte)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Paulo Sanchez ||| Edward Vaz Jr. ||| Silas Raposo ||| Franklin Viana ||| Karin Gottert ||| Leopoldo Della Rocca

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta, portanto aja com responsabilidade.
  • O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com éticasempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

COMPARTILHE COM A GALÁXIA:
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code