“Podemos ser exterminados por superpredadores IA”, diz Nick Pope

Tempo de leitura: 3 min.

A civilização humana pode ser exterminada pela Inteligência Artificial (IA) extraterrestre ‘super predadores’, afirma um especialista em OVNIs.

"Podemos ser exterminados por superpredadores IA", diz Nick Pope

Nick Pope, ex-chefe da “mesa de OVNIs” do Ministério da Defesa do Reino Unido, disse ao The U.S. Sun que podemos um dia encontrar “máquinas pensantes imortais” criadas por uma civilização avançada de outras partes do universo.

E ele teme que a IA alienígena possa ver formas de vida concorrentes, como seres humanos, como uma ameaça potencial à sua própria existência.

Mas a tecnologia revolucionária também pode ajudar os humanos a criar uma estratégia para alcançar tal civilização ou detectar impressões digitais extraterrestres escondidas em dados já disponíveis.

Falando exclusivamente ao The U.S. Sun em uma conferência do Programa Espacial Secreto realizada no Vale do Silício, Pope disse:

“Que tecnologias uma civilização significativamente à frente da nossa teria? Sistemas de propulsão, obviamente; fontes de energia, mas também biotecnologia e inteligência artificial.

O ex-historiador-chefe da NASA, Steven Dick, disse que podemos estar vivendo em um universo amplamente pós-biológico povoado por máquinas pensantes imortais.

Se estamos lidando com extraterrestres e parte disso é IA, em vez de pousar no gramado da Casa Branca, essa IA não pode alcançar nossa IA?”

Pope ainda advertiu:

“O primeiro contato pode acontecer dessa maneira?

Stephen Hawking alertou que seria como quando os europeus encontraram os nativos americanos, com toda a humanidade no papel dos nativos americanos.

Isso também está de acordo com a teoria da Floresta Negra, que sugere que todas as civilizações mantêm a cabeça baixa e não transmitem por causa do medo de que possa haver uma espécie de superpredador por aí, possivelmente IA.

Qualquer IA hipotética extraterrestre provavelmente foi originalmente programada pela vida biológica. Ela pode ter destruído a vida biológica original ou apenas evoluído e viajado, mas qualquer programa de IA senciente provavelmente tem autopreservação programada nele.

Seu primeiro princípio seria não se deixar destruir por nada. Se ela percebesse que outra civilização evoluindo para um nível mais alto poderia destruí-la, poderia decidir que a estratégia mais segura seria acabar com essas civilizações antes que elas se tornem uma ameaça.”

Pope disse que está acompanhando de perto os desenvolvimentos recentes sobre a inteligência artificial vinda do Vale do Silício devido ao seu potencial impacto na busca da humanidade por civilizações alienígenas.

Em particular, ele está de olho na história do ex-engenheiro do Google, Blake Lemoine, que foi demitido pela gigante da Big Tech em julho depois de afirmar que seu chatbot de IA, LaMDA, havia se tornado senciente.

Pope explicou:

“A IA terrestre avançada pode ser nosso melhor alerta precoce e nossa melhor defesa.

A IA pode encontrar um sinal que já podemos ter, mas que pode ter sido perdido em todos os dados disponíveis.

Talvez a IA possa procurar padrões em materiais que já temos e ver se há impressões digitais, por assim dizer, que possam ser detectadas.

Com as salvaguardas apropriadas para impedir que ela se volte contra nós, devemos acelerar rapidamente nosso desenvolvimento de IA e prestar atenção especial a quaisquer programas como o LaMDA que já possam ter alcançado a senciência.”

Apesar da perspectiva aterrorizante do extermínio da humanidade pela IA extraterrestre, Pope disse que o desejo de fazer contato é simplesmente da nossa natureza – e pode levar a um salto maciço no conhecimento científico.

E ele acredita que não vale a pena tentar manter a cabeça baixa e se esconder de qualquer ameaça que possa estar vindo do espaço sideral.

Ele disse:

“Em primeiro lugar, acho que é tarde demais. Provavelmente somos uma civilização detectável há décadas por meio de nossas transmissões de rádio e TV.

E qualquer telescópio um milhão de anos à frente do nosso provavelmente pode ler as placas dos nossos carros.

Mas a outra razão é mais filosófica e mais fundamental. Acho que se tivéssemos essa atitude, nunca teríamos ousado sair das primeiras aldeias para explorar a serra. Nós nunca teríamos viajado pelos oceanos. Nunca teríamos ido à Lua. Se você quer que a raça humana fique estagnada e morra, claro, mantenha a cabeça baixa.

Mas a curiosidade, a sede de conhecimento e o desejo de explorar estão, eu acho, inextricavelmente ligados à inteligência, e é isso que somos como espécie.”

Ele ainda acrescentou:

“Queremos sair e ver o que está lá fora, e não acho que podemos ou devemos nos esconder, mesmo que haja riscos.

Se houver extraterrestres inteligentes por aí um milhão de anos à nossa frente e pudermos fazer contato, pode ser o atalho final, como olhar para o final do livro e encontrar as respostas.

Cada campo da ciência tem seu próprio conjunto de problemas não resolvidos – física, ciência da computação, matemática. Se há uma civilização um milhão de anos à nossa frente, eles provavelmente resolveram tudo isso. Eles podem ter seus próprios problemas não resolvidos, mas tudo isso é informação que pode existir se pudermos aproveitá-la.”

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Participe dos comentários mais abaixo… e (importante) se puder, colabore na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo, ou use a chave PIX “OVNIHoje” (sem as aspas):

Agradecimentos aos colaboradores dos últimos meses: Edward de Lima, José de Castro, Teogenis de Oliveira, Egídia dos Santos, Silas Raposo, Reinaldo Galhardo, Luiz Buria, Silas Raposo, Maria Dorotea Soares..

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende exclusivamente dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!