Schrödinger acreditava que havia apenas uma mente no Universo

Tempo de leitura: 3 min.

O físico quântico e autor do famoso “Paradoxo do Gato” acreditava que nossas mentes individuais não são únicas, mas sim como a luz refletida de prismas.

Schrödinger acreditava que havia apenas uma mente no Universo
Imagem de Daniel Roberts por Pixabay

O pesquisador da consciência Robert Prentner e o psicólogo cognitivo Donald Hoffman dirão a um prestigioso festival de música e filosofia em Londres no próximo mês que o grande físico quântico Erwin Schrödinger (1887-1961) acreditavam que “o número total de mentes no universo é uma”. Isto é, uma Mente universal é responsável por tudo.

Em um mundo onde muitos cientistas se esforçam muito para explicar como a mente humana pode surgir de matéria não viva, Prentner e Hoffman dirão ao festival HowtheLightGetsIn em Londres (17 a 18 de setembro de 2022) que o autor do famoso paradoxo do gato dificilmente foi um materialista:

“Em 1925, apenas alguns meses antes de Schrödinger descobrir a equação mais básica da mecânica quântica, ele escreveu os primeiros esboços das ideias que mais tarde desenvolveria mais detalhadamente em “Mente e Matéria”. Já então, seus pensamentos sobre questões técnicas foram inspirados pelo que ele considerou serem questões metafísicas (religiosas) maiores. Desde cedo, Schrödinger expressou a convicção de que a metafísica não vem depois da física, mas inevitavelmente a precede. A metafísica não é uma questão dedutiva, mas especulativa.”

-ROBERT PRENTNER, DONALD HOFFMAN, “SCHRÖDINGER AND THE CONSCIOUS UNIVERSE” AT IAI NEWS (25 DE JULHO DE 2022)


Inspirado pela filosofia indiana, Schrödinger tinha uma visão do universo que priorizava a mente e não a matéria. Mas ele era um não-materialista de um tipo bastante especial. Ele acreditava que há apenas uma mente no universo; nossas mentes individuais são como a luz espalhada de prismas:

“Uma metáfora que Schrödinger gostava de invocar para ilustrar essa ideia é a de um cristal que cria uma infinidade de cores (eus individuais) refratando a luz (representando o eu cósmico que é igual à essência do universo). Somos todos menos aspectos de uma única mente que forma a essência da realidade. Ele também se referiu a isso como a doutrina da identidade. Assim, uma forma não-dual de consciência, que não deve ser confundida com nenhum de seus aspectos únicos, fundamenta a refutação da distinção (meramente aparente) em eus separados que habitam um único mundo.”

-ROBERT PRENTNER, DONALD HOFFMAN, “SCHRÖDINGER AND THE CONSCIOUS UNIVERSE” AT IAI NEWS (25 DE JULHO DE 2022)

Mas em Mind and Matter (1958), Schrödinger, nos dizem, levou essa visão um passo adiante:

“Schrödinger tirou disso consequências notáveis. Por exemplo, ele acreditava que qualquer homem é igual a qualquer outro homem que viveu antes dele. Em seu ensaio inicial ‘Seek for the Road‘, ele escreve sobre olhar para as montanhas à sua frente. Milhares de anos atrás, outros homens também gostavam dessa visão. Mas por que alguém deveria supor que é diferente desses homens anteriores? Existe algum fato científico que possa distinguir sua experiência da de outro homem? O que faz de você você mesmo e não outra pessoa? Da mesma forma que John Wheeler uma vez presumiu que existe realmente apenas um elétron no universo, Schrödinger presumiu que realmente existe apenas uma mente. Schrödinger pensava que isso é apoiado pelo ‘fato empírico de que a consciência nunca é experimentada no plural, apenas no singular’. Não apenas nenhum de nós experimentou mais de uma consciência, mas também não há vestígios de evidências circunstanciais de que isso tenha acontecido em qualquer lugar do mundo.”

-ROBERT PRENTNER, DONALD HOFFMAN, “SCHRÖDINGER AND THE CONSCIOUS UNIVERSE” AT IAI NEWS [ (25 DE JULHO DE 2022)

A maioria dos não-materialistas desejará ter descido duas paradas atrás. Começamos com a Mente primeiro, que – ao explicar porque existe algo em vez de nada – tem sido considerada uma suposição razoável ao longo da história em todo o mundo (exceto entre os materialistas). Mas a suposição de que nenhuma mente finita poderia experimentar ou agir independentemente da Mente por trás do universo é uma limitação do poder dessa Mente. Por quê então?

Não está logicamente claro – e a lógica é nosso único instrumento disponível aqui – porque a Mente original não poderia conceder a cães, chimpanzés e humanos o poder de apreender e agir como mentes por direito próprio em suas esferas naturais – não simplesmente como extensões contínuas da Mente universal.

Com humanos, as suposições subjacentes da visão de Schrödinger são especialmente problemáticas. Os seres humanos abordam questões do bem e do mal. Se Schrödinger estiver certo, por exemplo, o Dr. Martin Luther King e o camarada Josef Stalin são realmente “uma só mente” porque cada um experimentou apenas sua própria consciência. Mas espere. Como um ser humano coerente, cada um só poderia ter experimentado sua própria consciência e não a do outro homem.

No entanto, isso não significa que eles eram meros prismas exibindo diferentes partes do espectro de luz quebrada. A analogia do prisma não leva em conta que os humanos podem agir para o bem ou para o mal. Alternativamente, está dizendo que o bem e o mal, como os percebemos, são apenas cores diferentes em um espectro. Como observado anteriormente, muitos de nós deveriam ter descido duas paradas atrás…

De qualquer forma, as opiniões de Schrödinger certamente serão uma discussão interessante no HowLightGetsIn.

Schrödinger dificilmente foi o único físico ou matemático moderno a discordar do materialismo. O matemático Kurt Gödel (1906-1978), para dar um exemplo, destruiu uma forma popular de ateísmo (positivismo lógico) por meio de seus Teoremas da Incompletude.

Os dois pensadores tinham visões muito diferentes, é claro. Mas ambos viram as limitações fatais do materialismo (naturalismo) e abordaram essas limitações de maneira bem diferente. Em uma época em que o desdém de Stephen Hawking pela filosofia é considerado representativo de grandes cientistas, é bom que festivais como HowLightGetsIn ofereçam uma perspectiva mais ampla – e corretiva.

(Fonte)


Se Schrödinger e alguns outros físicos que compartilham desse pensamento estiverem certos, isso abre uma “Caixa de Pandora” sobre a nossa realidade. Daria para escrever um enorme livro com variadas teses sobre o porquê de nossa existência. E algumas dessas possibilidades podem ser muito assustadoras, enquanto outras nem tanto.

Só espero que o “Bem” impere como sendo a derradeira razão de tudo isso.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO… e (importante) se puder, ajude na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo:

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende exclusivamente dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!