web analytics
Tempo de leitura: 2 min.

Jornalistas criticam a NASA por falta de transparência

Tempo de leitura: 2 min.

A NASA tomou a decisão sem precedentes de realizar um grande teste de seu Sistema de Lançamento Espacial (de sigla em inglês, SLS) sem a presença da imprensa – e os repórteres encarregados de cobrir a agência estão compreensivelmente irritados.

Jornalistas criticam a NASA por falta de transparência
Sistema de Lançamento Espacial (de sigla em inglês, SLS). Crédito: NASA

Esse tipo de “wet dress rehearsal“, que é a linguagem dos voos espaciais para testes finais de pré-lançamento, nos quais os foguetes são lançados na plataforma de lançamento e preparados para a decolagem, é quase sempre aberto ao público e à imprensa, e membros da mídia como o editor do Spaceflight Now, Steven Young, dizem ele define um tom preocupante para a missão lunar Artemis 1 super cara.

Young tuitou:

“Nunca na história dos voos espaciais tripulados dos EUA a imprensa ou o público ficaram tão no escuro sobre um novo veículo da NASA.”

Young também observou que, mesmo com a data do ensaio para 1º de abril cada vez mais próxima, “a NASA ainda está trabalhando em uma contagem regressiva para divulgar à imprensa e ao público” e isso contrastou o sigilo desfavoravelmente com o acesso concedido durante o desenvolvimento do ônibus espacial programa.

De acordo com um comunicado de Tom Whitmeyer, da NASA, a imprensa está barrada do pré-lançamento do megafoguete SLS porque isso poderia comprometer a segurança militar. De acordo com o repórter espacial do New York Times, Joey Roulette, Whitmeyer acrescentou que a NASA não forneceria nenhuma informação adicional sobre o pré-lançamento porque poderia “inadvertidamente dar uma indicação sobre características específicas das operações”.

Escusado será dizer que essa é uma justificativa fraca e uma ladeira escorregadia para entrelaçar o mandato científico da NASA com o militar. Em resposta a isso, Michael Baylor, da NASASpaceflight, disse que a “desculpa” da agência era “total BS“*.

*(BS é a sigla em inglês para “Bull Shit”, que na gíria significa “mentira”.)

Baylor tuitou:

“É padrão da indústria transmitir o loop principal de contagem regressiva. Praticamente todos os fornecedores de lançamento dos EUA fazem isso.”

Até agora, a NASA não parece ter revertido sua decisão antes do pré-lançamento de sexta-feira, embora tenha realizado uma coletiva de imprensa em 29 de março para discuti-lo.

Como Eric Berger, da Ars Technica, twittou, a decisão da NASA de manter os jornalistas no escuro sobre os lançamentos da Missão Artemis provavelmente é menos provável de ser sobre esconder um erro e mais de “um advogado do governo excessivamente zeloso em algum lugar“.

Mas ainda é uma situação estranha”, concluiu Berger.

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

Plugin Kapsule Corp

hit counter code