web analytics

Nosso Universo pode ter um “gêmeo” que retrocede no tempo

COMPARTILHE COM A GALÁXIA:
Tempo de leitura: 2 min.

Trata-se de uma nova ideia maluca dos físicos – mas desta vez com provas experimentais. Outro mundo está “inserido” em nosso mundo, que é exatamente o mesmo – mas retrocede no tempo. Lá, todos nós primeiro aparecemos como velhos, e depois nascemos?

Nosso Universo pode ter um "gêmeo" que retrocede no tempo

Parece inacreditável, mas aparentemente, de alguma forma isso acontece. O problema é que não podemos olhar para lá, pois há uma parede impenetrável entre nós.

O estudo foi publicado pela Universidade de Cornell. Pode ser chamado de “muito aguardado”, pois o novo conceito elimina muitos problemas. A matéria escura e a energia escura não são necessárias, assim como outras dimensões. Mais importante ainda, o estudo se encaixa perfeitamente nos fatos conhecidos e você pode obter novos fatos para testá-lo – os cientistas gostam especialmente disso.

Então, quando aconteceu o Big Bang, nasceu nosso universo e ao mesmo tempo outro, seu gêmeo. Eles começaram a se expandir um em relação ao outro. Apenas um avança no tempo e o outro retrocede.

Por que é provável que isso seja verdade? Vamos raciocinar. O universo é perfeitamente simétrico. Exceto pelo tempo. Ele só flui em uma direção, para a frente. Em teoria, isso significa que em algum lugar há um tempo simétrico fluindo para trás. Os físicos durante muito tempo não puderam decidir sobre esse salto teórico, e buscavam as razões pelas quais se “permitiu” que o tempo fosse assimétrico. Agora foi dado o passo decisivo.

Além disso, o mundo está cheio de neutrinos: as partículas mais leves e até sem massa, e todas giram para a direita. Não há nenhuma girando à esquerda. Mas em algum lugar, há neutrinos virados para a esquerda. Agora está claro onde – em outro universo.

Se o Big Bang deu origem a um universo, ele deve estar repleto de ondas gravitacionais. Mas não vemos nada disso. Só recentemente começamos a notar ondas gravitacionais, e elas são incrivelmente fracas. Agora está claro que todas as ondas gravitacionais foram para a separação de nossos universos.

Finalmente, a gravidade não obedece às regras gerais; nem a mecânica quântica nem a teoria da relatividade conseguiram “contê-la” até o fim. A nova teoria diz que a gravidade é apenas o efeito desse outro mundo sobre o nosso. Uma espécie de ilusão.

Até agora, acredita-se que não temos como entrar no tempo oposto. Talvez haja tal maneira. Mas é importante que a nova teoria preveja algumas propriedades interessantes dos mesmos neutrinos.

Infelizmente, é impossível para nós entrarmos no gêmeo do nosso Universo, já que ele existe antes do Big Bang. Mas isso não significa que a ideia não possa ser testada. Verdade ou não, futuros experimentos com ondas gravitacionais ou cálculos da massa dos neutrinos poderão responder.

De acordo com cientistas japoneses, um desequilíbrio de neutrinos pode explicar a existência do universo gêmeo. Essas partículas subatômicas quase sem peso e pouco visíveis, formadas no centro das estrelas e como resultado de reações nucleares, se comportam de maneira diferente de suas contrapartes de antimatéria.

Se isso for confirmado, o tempo está oficialmente retrocedendo. A correção da teoria será irrefutável.

(Fonte)


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward Vaz Jr. ||| Silas Raposo ||| Franklin Viana ||| Karin Gottert ||| Leopoldo Della Rocca

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta, portanto aja com responsabilidade.
  • O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com éticasempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

COMPARTILHE COM A GALÁXIA:
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code