web analytics

Chefe da agência espacial russa ameaça jogar a ISS nos EUA

COMPARTILHE COM A GALÁXIA:
Tempo de leitura: < 1 min.

Dmitry Rogozin, chefe da agência espacial russa Roscomos, não é estranho às declarações bizarras. E agora ele está de volta.

Chefe da agência espacial russa ameaça jogar a ISS nos EUA
Crédito: NASA

Após a invasão da Ucrânia pela Rússia, Rogozin reiterou que apontar novas sanções contra o programa espacial da Rússia pode ter algumas consequências desastrosas para seus adversários.

De fato, Rogozin chegou ao ponto de nivelar o que parece ser uma ameaça direta aos Estados Unidos.

Rogozin escreveu em um discurso genuinamente no Twitter na quinta-feira.

“Se você bloquear a cooperação conosco, quem salvará a ISS da desorbitação descontrolada e da sua queda nos Estados Unidos.”

Ele também parecia ameaçar vários outros países, apenas para garantir.

Ele escreveu:

“Há também a opção de entregar uma estrutura de 500 toneladas para a Índia e a China. Você quer ameaçá-los com tal perspectiva? A ISS não sobrevoa a Rússia, então todos os riscos são seus. Você está pronto para eles?”

Na quinta-feira, Biden impôs mais uma nova onda de sanções contra o país, com o objetivo de isolá-lo economicamente do resto do mundo – e minar ativamente o programa espacial do país.

Rogozin escreveu:

“Como você notou, nós, no entanto, continuamos a fazer nossa própria espaçonave. E vamos construí-las expandindo a produção dos componentes e dispositivos necessários em casa.

Você quer proibir todos os países de lançarem suas naves espaciais nos foguetes russos mais confiáveis ​​do mundo?”

Rogozin também reclamou que as sanções iriam destruir a competição espacial, acrescentando que Biden estava atrapalhando a cooperação entre a Rússia e os EUA quando se trata de treinar astronautas…

(Fonte)

Colaboração: NINGUEM


…E não esqueça: Nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui para acessá-la.

ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

IMPORTANTE: Se puder, colabore para manter o OVNI Hoje no ar, pois cada doação, por menor que seja, é crucial para manter este espaço de informação e conhecimento disponível para todos os interessados. Ao utilizar o QR code do PIX abaixo ou a chave PIX “OVNIHoje” (sem aspas), você está desempenhando um papel fundamental na sustentação deste site.

Lembre-se que as doações não são apenas um ato de generosidade, mas também uma demonstração do seu compromisso em apoiar o compartilhamento de informações relevantes e o crescimento da comunidade interessada em assuntos tão fascinantes, possibilitando a continuação das pesquisas, análises e publicações que enriquecem nosso entendimento.

Seja parte deste movimento contínuo em prol do conhecimento. O OVNI Hoje e seus leitores agradecem sinceramente por seu apoio dedicado.

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Paulo Sanchez ||| Edward Vaz Jr. ||| Silas Raposo ||| Franklin Viana ||| Karin Gottert ||| Leopoldo Della Rocca

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta, portanto aja com responsabilidade.
  • O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com éticasempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

COMPARTILHE COM A GALÁXIA:
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code